Dicas e fotos das 10 MELHORES COISAS PARA FAZER na SERRA CATARINENSE

Publicidade

Selecionamos dicas e fotos das 10 melhores coisas para fazer na Serra Catarinense. Anota aí!

10 melhores Hotéis e Pousadas da Serra Catarinense

Quando se fala em turismo de inverno no Brasil, o primeiro lugar que se tem em mente é a Serra Gaúcha, com Gramado e Canela principalmente. Depois, é possível que a segunda opção lembrada seja Campos do Jordão, a Suíça Brasileira. Mas a verdade é que a Serra Catarinense também possui encantos incríveis e pode ser o destino perfeito para a viagem durante os meses de junho, julho e agosto em território nacional. E não falta o que fazer por lá.

A região serrana de Santa Catarina inclui algumas cidades já famosas – principalmente pelo clima – e outras ainda não muito conhecidas pelo grande público brasileiro. São Joaquim e Urubici, por exemplo, são considerados os lugares mais frios do Brasil e não é estranho ver neve por lá. E o melhor é que há uma forte influência das colonizações alemã e italiana na região, tornando a viagem também um grande passeio cultural pelo interior do estado. E há ainda uma boa quantidade de características gaúchas.

Por ainda ser bastante desconhecida como destino turístico, muita gente pode ter dúvida na hora de escolher o roteiro e descobrir as atrações da região. Para ajudar os interessados em conhecer esse pedacinho incrível do Sul, selecionamos as 10 melhores coisas para fazer na Serra Catarinense. Confira abaixo e arrume as malas (sem esquecer o casaco!).

1 – Visitar o Morro da Boa Vista

Ir até a Serra Catarinense e não aproveitar para conhecer o ponto mais alto do estado é praticamente uma heresia. O Morro da Boa Vista é o maior de Santa Catarina com 1824 metros de altitude, e fica próximo à pequena cidade de Uribici, hoje considerada a mais fria do país – há acesso também por Rancho Queimado e Bom Retiro.

6 motivos para visitar Urubici, Urupema e São Joaquim no inverno

O mirante tem uma vista de tirar o fôlego para toda a região e sua beleza incrível. É um contato intenso com a natureza enquanto se aprecia os vales, montanhas e planícies ao redor.

Para o inverno, o destino é perfeito: é lá no Morro da Boa Vista que caem as primeiras neves e que surgem as temperaturas mais baixas do Brasil, chegando até a quase 20 graus negativos. Brrr…

2 – Curtir um passeio a cavalo

Uma das melhores experiências para aproveitar ao máximo a Serra Catarinense é se hospedar em um dos muitos hotéis-fazenda da região. E a maioria deles oferece passeios a cavalo, que ajudam a sentir aquele gostinho da vida no interior – como acontece muito nos pampas gaúchos, por exemplo, mas também existe bastante em Santa Catarina.

Além de todo o agradável ambiente do campo, dá para explorar a região cavalgando e conhecer melhor as extensas planícies próximas. Parece cena de filme, mas você pode viver isso por lá.

Foto passeio a cavalo na Serra Catarinense.

Os passeios a cavalo são tradicionais e ótima pedida para conhecer a Serra Catarinense seguindo as tradições!
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

3 – Ir até o Morro da Igreja ver a Pedra Furada

Outra opção na Serra Catarinense é a visita ao Morro da Igreja. Terceiro maior pico do estado, com 1822 metros de altura, ele fica perto de São Joaquim, que por muitos anos foi considerada a cidade mais fria do Brasil.

Lá no topo dele é possível avistar a magnífica Pedra Furada, uma formação rochosa com circunferência de cerca de 30 metros – ponto turístico procurado por muitos que estão na região.

Veja mais fotos do Morro da Igreja e Pedra Furada aqui

Também vale a pena esticar até a Cascata Véu da Noiva, que fica próxima dali. Com quedas d’água de até 60 metros e paredão inclinado que lembra mesmo um véu, o local é um cenário exuberante e que merece a visita.

Foto Morro da Igreja e Pedra Furada, Urubici, SC.

Do alto do Morro da Igreja é possível avistar a Pedra Furada, essa formação rochosa curiosa e que é um dos cartões-postais da Serra Catarinense, em Urubici, SC.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

4- Descer a Serra do Rio do Rastro e ver as belezas da região

Uma das estradas mais exuberantes do Brasil está na Serra do Rio do Rastro. Para quem viaja de carro, não dá para perder essa oportunidade.

Tudo sobre a Serra do Rio do Rastro

Vale muito a pena percorrer a subida ou descida sinuosa e parar em alguns pontos de mirante para observar as paisagens maravilhosas da região através de suas 284 curvas (sim, o número exato é esse mesmo!).

É uma beleza incomparável e um passeio inesquecível.

O acesso pode ser feito pelo município de Lauro Muller e segue por 25 km até Bom Jardim da Serra. Por parecer pouco, mas o trajeto, por ser muito sinuoso, leva cerca de uma hora – com alguns trechos bastante estreitos e íngremes.

Foto Serra do Rio do Rastro, SC.

A Serra do Rio do Rastro é um dos cenários mais incríveis de Santa Catarina. Você precisa conhecer e passear por suas 284 curvas!
Foto de Thaisy Sluszz / www.guiaviagensbrasil.com

5- Ver a Serra do Corvo Branco

Já outra estrada panorâmica com visuais imperdíveis para a região é a da Serra do Corvo Branco, que liga os municípios de Grão Pará e Urubici.

Com muita Mata Atlântica e paisagem verde ao redor, é realmente de tirar o fôlego. As paradas com quiosques no caminho são ótimas para relaxar e admirar a natureza.

O local foi transformado em caminho pelos primeiros colonizadores para ligar o litoral ao interior de Santa Catarina – isso mesmo, as rochas foram literalmente “cortadas” e formaram um vão que hoje é estrada asfaltada.

E na passagem também é possível esticar até a gruta Nossa Senhora de Lourdes, já nos limites de Urubici. O ponto turístico tem uma imagem da Santa no meio dos paredões naturais e virou alvo de peregrinações religiosas por conta disso.

Foto Gruta Nossa Senhora de Lourdes, em Urubici, SC.

A cascata da Gruta Nossa Senhora de Lourdes, um dos passeios tradicionais em Urubici, SC.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Você está conferindo dicas e fotos das 10 melhores coisas para fazer na SERRA CATARINENSE. Se está gostando das dicas, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide a família e os amigos!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

6- Visitar a Vinícola Villa Francioni

Quem pensa que vinho bom no Brasil só se faz no Rio Grande do Sul está muito enganado. Com o clima frio da Serra Catarinense, a Vinícola Villa Francioni aproveita o fato de ser a maior do estado para produzir muitos vinhos bons.

E quem visita a região não pode deixar de fazer o tour guiado pela propriedade – e com direito a degustação! Ainda dá para aprender sobre o cultivo nos vinhedos e sobre a produção da bebida em geral.

A vinícola fica na zona rural de São Joaquim, e não poderia haver local mais adequado para isso no Brasil do que um dos pontos mais frios do país.

7- Conhecer a Cachoeira do Avencal

Com mais de 100 metros de altura, a Cachoeira do Avencal certamente é uma das mais deslumbrantes do Sul. Ela fica nos limites de Urubici, a menos de 10 km do centro da cidade.

É um excelente ponto para a prática de rapel, com paisagens simplesmente maravilhosas. Para quem gosta de trilhas, também vale visitar o local – que fica no Parque Cascata do Avencal.

A propriedade é particular e há cobrança de entrada, mas a preço baixo. A estrutura é boa e vale a pena para conhecer a intensa beleza do parque, com muita área verde, vales, morros e, é claro, a cachoeira em si. Para quem gosta de ecoturismo, não dá para perder esse passeio.

Neve na Serra Catarinense: um ótimo programa para o inverno

8- Saborear um chimarrão e experimentar pratos típicos com pinhão

A maioria dos turistas compartilha do gosto por conhecer também tudo que puder sobre cultura e gastronomia do lugar que visita. Não seria diferente com a Serra Catarinense, cheia de influências, sejam elas gaúchas ou européias – principalmente alemã e italiana, mas também poloneses, ucranianos e da ilha de Açores, entre outros.

Do lado do Rio Grande do Sul, o apreço por um bom chimarrão quentinho é o que mais se encontra, então não deixe de experimentar a iguaria.

Na culinária, o pinhão é cultivado (e coletado) na região serrana, e não faltam pratos baseados na semente. E, é claro, vale a pena explorar ao máximo comidas e bebidas típicas dos povos europeus que imigraram para o estado no passado e mantêm suas culturas ainda muito vivas na Serra.

Foto panela com pinhão.

Pratos a base de pinhão são tradicionais na Serra Catarinense. Não deixe de experimentar!
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

9- Ir no Morro do Campestre ver o pôr do sol

O Morro do Campestre fica na região de Urubici, a cerca de 10 km da cidade. E o local ficou famoso por seu belíssimo pôr do sol, certamente um dos mais lindos de toda Santa Catarina.

Veja fotos em 360 graus de Urubici

Com entrada por uma fazenda particular, é possível subir e aguardar o Astro Rei sumir, para depois também observar a beleza das estrelas e da Lua em céu limpinho – pela pouca poluição e poucas luzes dos arredores.

Outra opção de trilha próxima, em Bom Retiro, é o Morro do Costão do Frade. Nele, que se chama assim pela silhueta lembrar um padre, há antigas inscrições jesuítas que são a atração turística do local. E a subida é feita em pedras construídas por escravos e índios. Um verdadeiro mergulho no passado a quase 1.500 metros de altura.

Foto do Morro do Campestre, em Urubici, SC.

O Morro do Campestre, com os arenitos em formatos diferentes e inscrições rupestres. Ótimo ponto também para ver o pôr do Sol em Urubici, SC.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

10 – Curtir uma tarde no Snow Valley

Nada melhor de curtir na Serra Catarinense, conhecida pelas cidades mais frias do Brasil e pelas paisagens belíssimas, do que a sensação de realmente estar em contato com a natureza. E o Snow Valley Eco Lodge, em São Joaquim, traz isso ao visitante.

Entre as atrações, estão esportes de aventura como tirolesa, arvorismo e trilhas – tudo em meio à mata nativa da região. Há ainda hospedagem disponível em lodges, para a experiência máxima de imersão na cultura do campo.

E no inverno, com sorte, dá para se sentir realmente no meio do frio com a neve cobrindo a copa das árvores e um pouco do chão. Paisagem inesquecível!

***
Agora que você já sabe dicas das 10 melhores coisas para fazer na Serra Catarinense, bóra planejar sua viagem!

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  02 de julho de 2018

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2018 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site