PRAIA DO ROSA (SC): o que saber antes de ir, fotos e o que fazer

Publicidade

Santa Catarina costuma ser um dos mais procurados por quem viaja dentro do Brasil. E se as cidades do estado que se destacam no mapa turismo nacional são Florianópolis e Balneário Camboriú, existem muitos outros encantos por lá que merecem atenção. Blumenau, como capital da cultura alemã, São Joaquim, pelo frio intenso, e Imbituba, pela Praia do Rosa.

Localizada no sul de Santa Catarina, a Praia do Rosa é um destino voltado para quem busca muito contato com a natureza, sossego e uma alternativa ao tumulto que pode haver em Floripa na alta temporada. Por ficar próxima da capital do estado, já era conhecida pelos moradores da Ilha da Magia como refúgio de fim de semanas e feriados. Mas aos poucos foi ganhando fama no resto do país.

Confira as praias mais PARADISÍACAS de SANTA CATARINA!

O surfe foi o que trouxe a Praia do Rosa de vez para o mapa. Imbituba já recebeu a etapa de elite do campeonato mundial do esporte, entre 2003 e 2010, assim como torneios de kitesurfe e windsurfe, e aí muita gente passou a olhar para aqueles lados e descobriu a imensa beleza da região, com suas trilhas, lagos e, claro, algumas das praias mais bonitas e agradáveis do litoral catarinense. Com apenas 40 mil habitantes fixos, a cidade recebe um bom número de turistas no verão atualmente.

Como chegar na Praia do Rosa (SC)

Imbituba fica a apenas 80 km de Florianópolis. Então o ideal mesmo é descer no Aeroporto Internacional Hercílio Luz e se dirigir até a Praia do Rosa. Para quem vai alugar um carro na ilha, basta seguir a BR 101 e a SC 434 para chegar na localidade – entrando no trevo de Garopaba no Km 274.

Para ir de ônibus, as empresas Itapemirim e Viação Catarinense fazem o percurso, com opções saindo do Terminal Rodoviário de Floripa – que fica a 11 km do aeroporto. A terceira alternativa é negociar com motoristas de táxi ou uber para fazer o traslado, o que pode valer a pena para grupos maiores dividindo o valor.

Reserve sua pousada na Praia do Rosa aqui!

O centrinho da Praia do Rosa é pequeno, com apenas uma rua principal, então a maior parte das opções de hospedagem por lá ficam próximas. Não existem grandes hotéis, e sim muita variedade de pousadas charmosas, hostels descolados ou campings rústicos para quem visita a localidade.

Quando ir

Existe uma grande diferença entre a Praia do Rosa no verão e fora dele. A alta temporada traz muito mais gente e deixa a cidade fervilhando, embora não fique lotada. Para quem gosta de festas badaladas, o Revéillon do local é um dos mais famosos do país – incluindo a presença de famosos vez ou outra, como já foi o caso de Neymar e do surfista campeão mundial Gabriel Medina.

Entre dezembro e fevereiro não falta gente jovem e muita festa por lá. Fora dessa época, entre junho e novembro é o período de aparições das baleias francas, e muita gente fica observado os mamíferos dos costões na beira da praia. O frio de Santa Catarina, porém, costuma deixar a cidade bem mais vazia.

Foto baleia-franca em Imbituba - SC.

Baleia-franca pertinho da costa na época da reprodução, junho a agosto, em Imbituba, SC.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Praia do Rosa: o que fazer

A Praia do Rosa é um incrível recanto natural catarinense, com praias e lagoas cercadas por muito verde e que faz parte do Parque Nacional da Serra do Tabuleiro. A principal, que leva o nome da região, tem cerca de 2 km de extensão com mata nativa ao redor, além de costões em seus dois cantos. A areia é clarinho e o mar é bem azul, com boas ondas que atraem surfistas – principalmente no inverno, quando ficam maiores.

Que tal curtir algumas fotos da Praia do Rosa para ter uma ideia? É só clicar aqui.

Quem viaja até a Praia do Rosa com crianças costuma aproveitar bastante a lagoa que existe bem no meio (e que, não por acaso, recebe o nome de Lagoa do Meio), com apenas a areia separando ela do mar agitado. Muita gente pratica stand up paddle ou caiaque nela. E é exatamente essa parte central a mais família. No cantão norte, mais vazio, e no sul, onde há mais bares, os surfistas e a galera jovem imperam.

Para quem vai no segundo semestre, a observação de baleias francas é um programa imperdível. Entre junho e novembro elas visitam a região para fins de procriação e amamentação dos filhotes. E a galera marca presença nos costões com uma vista privilegiada para o espetáculo proporcionado pelos mamíferos. Definitivamente é o que mais atrai os turistas em Imbituba fora do verão.

Você está conferindo tudo sobre a PRAIA DO ROSA (SC): o que saber antes de ir, fotos e o que fazer. Se está gostando das dicas, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide os amigos!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

Outras praias das redondezas podem ser acessadas via trilha. E fazer trekking por lá é garantia de belos cenários no caminho, com o bônus de chegar ao final em uma nova bela praia. A Praia Vermelha, por exemplo, é bem grande e rústica, muitas vezes quase deserta. Seguindo pelo costão norte do Rosa, a vista no trajeto é espetacular e a trilha é fácil e bem indicada. A caminhada dura cerca de meia hora, apenas. E seguindo adiante chega-se até a Praia do Ouvidor, já na cidade vizinha de Garopaba.

Já para chegar na Praia da Luz é preciso seguir pelo costão sul através de 2,5 km. O visual permite avistar outras praias de Imbituba e também a Ilha do Batuta. A praia em si costuma receber carros na areia, já que há uma estradinha levando até lá. Ainda é possível seguir através dela para a Praia do Portinho, sede da colônia de pescadores local, e também para a Lagoa do Ibiraquera.

Imagem da Praia do Rosa vista do mirante, em Imbituba, SC.

A linda Praia do Rosa vista do mirante, em Imbituba, SC.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

A Praia do Rosa é cerca de costões rochosos e muita natureza, o que a deixa tranquila e quase selvagem, em Imbituba, SC.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Foto da Praia do Luz, em Imbituba, SC.

A Praia do Luz é ainda mais rústica e preservada, recanto dos ecoturistas em Imbituba, SC.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Imagem de casal caminhando na Praia do Luz, Imbituba, SC.

Casal caminha pelas areias da Praia do Luz, ótima para se exercitar vendo a paisagem deslumbrante do mar de Santa Catarina.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

E por falar no Ibiraquera, nem só de praia é feito o destino. A região possui muitas lagoas, e a mais frequentada por turistas é justamente a Lagoa de Ibiraquera. Nela se concentram os praticantes – além dos campeonatos – de windsurfe e kitesurfe graças aos ventos favoráveis. Mas é a beleza da paisagem que tanto atrai as pessoas até lá. Principalmente o pôr do sol, considerado o melhor dos arredores e de todo o sul catarinense.

O centrinho da Praia do Rosa reúne um grande número de bares, restaurantes e lojinhas – além de algumas casas de show para animar a noite. Como já era de esperar, a culinária do sul catarinense é especializada em frutos do mar, e a da região é muito bem conceituada. Quem vai na alta temporada possui mais opções, já que alguns estabelecimentos fecham as portas fora do verão. Entre maio e julho, porém, é possível provar as comidas tipicas locais por conta do período de pesca da tainha – com direito a festivais gastronômicos voltados ao peixe.

Quem está com mais tempo para aproveitar o resto do litoral sul de Santa Catarina, conhecido como Encantos do Sul, pode e deve esticar até Garopaba (você precisa conhecer!), vizinha do norte – como se estivesse voltando para Florianópolis no caminho. E o destaque por lá é a Praia da Ferrugem, famosa pelo carnaval mais badalado da região, que fica a cerca de 20 km e 45 minutos de estrada do Rosa. Dunas, mar cristalino, ondas fortes em um canto e piscinas naturais em outro… e muito movimento de turistas, principalmente gente jovem e surfistas, durante o verão. E são muitas as opções de bares e restaurantes para o dia ou a noite em Ferrugem.

Confira a Praia do Rosa em um tour virtual em 360 graus!

Outra opção ainda mais ao norte, logo depois de Garopaba, é o município de Palhoça. E quem brilha por lá é a Guarda do Embaú (já escrevemos sobre esse destino incrível nesse post aqui!). A distância até lá, saindo da Praia do Rosa, é de 45 km e pouco mais de uma hora de carro. E a recompensa no fim do caminho é alta. A paisagem do local é belíssima, com a preservação da natureza ditando o tom. As ruas são de terra e o Rio da Madre precisa ser atravessado – a nado ou de barquinho – para se chegar até a praia. O cenário entre rio e mar é paradisíaco, completado pela Mata Atlântica ao redor. Apesar de ser bastante rústica e isolada, como colônia de pescadores, o surfe também impera na Guarda, mas sempre cuidando do meio ambiente em um dos lugares mais intocados de Santa Catarina.

Com esse clima rústico de vila de pescadores, preservação ambiental e uma mistura incomparável de sossego e agito ao mesmo tempo, a Praia do Rosa e arredores rapidamente caiu nas graças dos turistas que vão a Santa Catarina. E quem chega lá não sai decepcionado. Toda a região é belíssima, rendendo uma ótima viagem para quem sai de Florianópolis e estica até lá.

Pronto para curtir a Praia do Rosa também?

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  02 de Março de 2018

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2018 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site