PRAIA GUARDA DO EMBAÚ (SC): o que saber antes de ir, fotos e o que fazer

Publicidade

Pensando em tirar suas férias e descansar? Guarda do Embaú pode ser seu destino! Saiba tudo sobre esse lugar lindo e o que fazer por lá!

9 motivos para você visitar a GUARDA DO EMBAÚ

Que tal conhecer um paraíso bem pertinho de Florianópolis? Para quem viaja em Santa Catarina, a Guarda do Embaú deveria ser um destino imperdível, daqueles marcados com destaque no roteiro. Mas, ainda assim, continua sendo não tão conhecida por quem não mora no estado. E definitivamente merecia, visto que engloba uma beleza incrível, muita natureza e o charme de pequena vila de pescadores que é.

Localizada na cidade de Palhoça (que tem outras belas praias), a Guarda do Embaú fica dentro do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro.

Então tente imaginar o cenário: uma praia belíssima, cortada pelo Rio da Madre – é preciso atravessar para chegar na areia – e com muito verde da Mata Atlântica nativa ao redor. E o centrinho é bem pequeno e agradável, com apenas mil moradores fixos e turistas de todos os cantos em busca dessa maravilha toda. Ah, e é a primeira Reserva Mundial de Surfe do Brasil (nona em todo o mundo).

Não imagine, veja fotos em 360 graus da Guarda do Embaú aqui

Escondida em um cantinho da divisa entre Palhoça e a vizinha Paulo Lopes, essa pérola do litoral catarinense passou a ser mais explorada somente a partir dos anos 70. E justamente pelos surfistas, que encontraram lá um dos melhores points de ondas de todo o Brasil.

O surfe e o turismo dominam o local, que também conta ainda com a força da pesca da tainha, muito presente no mar da região, e que gera festivais gastronômicos no meio do ano – outra atração bastante interessante para quem prefere fugir da alta temporada no verão.

A origem do nome é curiosa: diz a lenda que um navio naufragado por lá continha um tesouro “guardado em baú”. E, aos poucos, foi sendo adaptado para a grafia atual.

Foto barquinhos em Guarda do Embaú, SC.

A vila de pescadores ganhou fama por ser um lugar lindo, tranquilo e excelente para relaxar nas férias. Guarda do Embaú, SC.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Como Chegar em Guarda do Embaú

A Guarda do Embaú fica a cerca de 50 km de Florianópolis. O percurso pode ser feito em apenas uma hora, descendo pela BR 101 até o trevo de entrada para lá.

O aeroporto mais próximo é mesmo o da capital, e é da Ilha da Magia que chega a maior parte dos visitantes locais – assim como do Rio Grande do Sul, já que Porto Alegre não está tão longe a 400 km de distância e menos de 5 horas de estrada.

Seja de onde vier, norte ou sul, não há mistério para acessar a Guarda do Embaú quando sair da BR 101. O trajeto segue direto pela Rua Manoel Joaquim da Silveira, pela Estrada Geral de Morretes e pela Rua Hercílio Nicolau dos Santos. E tudo quase em linha reta, já chegando ao centro da vila.

Onde Ficar na Guarda do Embaú

Não espere redes de hotéis ou resorts de luxo na Guarda do Embaú. Por ficar dentro de uma unidade de conservação brasileira, o Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, estas grandes estruturas não existem na região.

Para visitar o destino, no entanto, não faltam pousadas, hostels ou casas de temporada para alugar. Além, é claro, da possibilidade de conhecer em um passeio de bate e volta, indo e voltando no mesmo dia, saindo de Florianópolis – ou qualquer outra cidade próxima em que estiver hospedado.

10 Melhores Hotéis e Pousadas na Guarda do Embaú

A Morada Flor da Terra, a Stolz Chalés, a Maktub, a Canto da Guarda, a Santuário da Madre e a Raízes da Guarda estão entre as pousadas de melhor custo-benefício, todas bem perto da entrada para a praia. E, é claro, a mais famosa: a Zululand, do ator Paulo Zulu, que quando foi morar lá trouxe ainda mais atenção para a vila. Entre os albergues, o Guarda Encantada Surf Hostel e o Hostel Surf Paradise são os principais. E há também campings, para quem gosta de mais contato com a natureza.

O Que Fazer em Guarda do Embaú

Se sua temporada em Guarda do Embaú é para descansar e relaxar em meio a um cenário paradisíaco, sem dúvida não faltará atividades. Mas, há outros atrativos além da praia que vamos lhe mostrar a seguir! Veja o que fazer por lá.

Curtir a Praia

Na Praia da Guarda do Embaú, apesar da faixa de areia longa, a maior parte dos banhistas se concentra perto da travessia do Rio da Madre. Durante o verão, é possível encontrar bastante gente por lá, devido à proximidade com Floripa – principalmente em finais de semana.

Para chegar na praia e si, é preciso atravessar o curso d’água a nado ou com um dos barqueiros que oferecem o serviço a preços módicos. E o maior atrativo da Guarda do Embaú é mesmo sua beleza natural de tirar o fôlego: o encontro do rio com o mar, as pequenas dunas de areia, a mata nativa ao redor.

Você está conferindo tudo sobre a PRAIA GUARDA DO EMBAÚ (SC): o que saber antes de ir, fotos e o que fazer. Se está gostando das dicas, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

Surfar

Como você já viu, Guarda do Embaú é a nona Reserva de Surfe do mundo e a primeira do Brasil! Ou seja, se você quer boas ondas, encontrará várias!

O surf é uma das atividades mais procuradas por quem vai a Guarda do Embaú. Mas, também há praticantes de bodyboard, skimboard, windsurf, caiaque e stand up paddle.

Foto surfista em Guarda do Embaú, SC.

E o surfe é garantido em Guarda do Embaú, que foi considerada a nona reserva mundial do esporte, e a primeira do Brasil.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Relaxar na Vila

Mas, apesar de estar cada vez mais procurado, o destino ainda preserva seu lado meio hippie e o charme de pequena vila de pescadores.

A começar pelas ruas de terra do centrinho, que é bem pequeno, mas conta com o que é preciso para o turismo – menos caixa eletrônico para sacar dinheiro, então já leve quando for ou terá de ir até a Praia da Pinheira, a pouco mais de 3 km, para sacar! De resto, há comércio e alguns restaurantes e barzinhos por ali. São poucas as ruas principais do local, então é fácil não se perder e as opções de hospedagem estão todas por perto.

Passear de Barco

E para quem gosta de circular no mar, é possível alugar um barco ou contratar um passeio com os barqueiros locais.

Curtir a costa de Santa Catarina de outros ângulos é sensacional, passeio imperdível para quem gosta de belas paisagens (e lindas fotos!).

Apreciar o Mais Belo Pôr do Sol

E, claro, com tantas belezas naturais o Astro Rei também tem seu momento. O pôr do sol na Guarda do Embaú é deslumbrante e muitos turistas se reúnem na areia para apreciar.

Foto pôr do sol Guarda do Embaú, SC.

O pôr do Sol na Guarda do Embaú é, sem dúvida, inesquecível!!
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Visitar Outras Praias

Além da praia principal, existem outras próximas acessíveis por trilha – e que definitivamente merecem a visita.

A Prainha, como indica o nome, é bem pequena e praticamente deserta. O caminho é feito a partir do cantão norte da Guarda, e o local apresenta ótimas ondas, o que sempre atrai surfistas.

Dá para seguir também até a Praia de Cima, já na Enseada da Pinheira (veja mais fotos aqui). É considerada uma das mais bonitas da região e tem vista até para o Farol dos Naufragados, já em Florianópolis, ao longe.

Outra no caminho é a Praia do Maço, de apenas 50 metros de faixa de areia, um pedacinho escondido de paraíso. Tudo passando pelo lindíssimo Vale da Utopia.

Praia da Pinheira, SC.

Com águas tranquilas e cristalinas, a Praia da Pinheira é concorrida no verão. Em Palhoça, SC.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Fazer Trilhas

E por falar em natureza, algumas trilhas da região realmente compensam o esforço. A paisagem do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro é exuberante, e é possível alcançar pontos de vista incrível para os arredores. Como, por exemplo, na Pedra do Urubu. A subida é de apenas meia hora e o visual no fim é encantador – com direito a um belo panorama das praias da Enseada da Pinheira e da vizinha Garopaba. Para o acesso à trilha também vá pelo cantão esquerdo, o norte, da Guarda.

Todo o Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, aliás, é cheio de encantos. A trilha principal tem 1 km passa por restingas, rios e dá para avistar muito animais. Mas só abre para visitação na alta temporada, até março.

Tomar Banho de Cachoeira

Também dá para curtir cachoeiras ali perto. A principal é a Cachoeira da Zanela, com oito metros de altura e uma piscina natural cristalina que convida a um mergulho. O acesso se dá pela BR 101 e em trilha de 40 minutos através de rios e muita mata.

Há também a Cachoeira de Maciambu, com dois lagos para banho.

Aproveitar a Vida Noturna

Para a vida noturna, não existem grandes baladas na Guarda do Embaú. Mas o agito fica garantido em lugares como o Big Bamboo, com música ao vivo para dançar. O Larica’s Bar, de frente para o Rio da Madre, também costuma encher.

E não faltam barzinhos no centro da vila para terminar o dia petiscando, tomando um drink e recarregando as energias após curtir a natureza incomparável da região.

***
Agora que você já viu tudo sobre a Guarda do Embaú e o que fazer por lá, está convencido do seu próximo destino nas férias ou feriadão?

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  17 de julho de 2018

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2018 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site