SERRA DO RIO DO RASTRO (SC): fotos e dicas que Ninguém Te Conta

Publicidade

Prontos para curtir a Serra do Rio do Rastro no seu próximo passeio? Então fica atento que a seguir vem muitas dicas para conhecer essa beleza de Santa Catarina!

Descubra as 10 melhores coisas para fazer na Serra Catarinense

É comum que o litoral do Brasil tenha as cidades de maior apelo turístico. Afinal, com a costa extensa, não faltam praias lindas – e todo mundo gosta de sol e mar nas férias, não é? Mas a verdade é que o interior do país também guarda maravilhas pouco exploradas, ou ao menos não tanto quanto mereciam. E a região serrana de Santa Catarina é uma delas, e vem ganhando mais e mais fãs nos últimos tempos, principalmente durante o inverno.

Com o clima de montanha pouco visto em território nacional, algumas localidades por lá passaram a ser mais conhecidas – como São Joaquim e Urubici, cidades consideradas como as mais frias do Brasil. E ver neve por aqui também é possível.

Dentro das atrações da região, a Serra do Rio do Rastro tem um toque de encanto que torna a visita ainda mais incrível: sua estrada sinuosa é um dos pontos turísticos mais exuberantes de Santa Catarina, somada ao cenário de filme que há ao redor entre os morros e vales cheios de verde.

Onde Fica a Serra do Rio do Rastro

A Serra do Rio do Rastro fica, oficialmente, nos limites do município de Lauro Müller. E a estrada que a tornou tão famosa liga justamente a pequena cidade de cerca de 15 mil habitantes até Bom Jardim da Serra, sua vizinha menor ainda – com menos de 5 mil moradores e que fica do outro lado das montanhas.

A região toda é muito charmosa, com clima friozinho e aquela sensação de interior, de estar vivendo no campo. E a paisagem não poderia ser mais incrível.

Foto Serra do Rio do Rastro, SC.

A Serra do Rio do Rastro é um dos cenários mais incríveis de Santa Catarina. Você precisa conhecer!
Foto de Thaisy Sluszz / www.guiaviagensbrasil.com

O visual todo por lá é de tirar o fôlego. Saindo de Lauro Müller, passando pela cidade de Guatá – ainda antes da subida – e pelas montanhas até descer chegando em Bom Jardim da Serra… tudo que se vê são morros cobertos de verde, vales e, é claro, a estrada pavimentada para ligar o canto litorâneo do estado até o interior.

Definitivamente é uma viagem para jamais se esquecer. E tanto pela beleza quanto pela aventura que é percorrer as 284 curvas (sim, 284!) do trajeto entre um lado e outro. Mas calma, que a gente ainda vai chegar nessa parte.

Como Chegar

Não é nada difícil chegar até Lauro Müller e começar a percorrer essa aventura que é cruzar a Serra do Rio do Rastro até Bom Jardim.

O aeroporto mais próximo é mesmo o da capital Florianópolis. A Ilha da Magia fica a menos de 200 km da cidade, feitos geralmente em três horas de viagem. Basta seguir no sentido sul pela BR 101 e depois pegar a estadual SC 390. Não há mistério e as rodovias são boas para dirigir, além de bem sinalizadas.

Veja também um Roteiro por Florianópolis

Também não há segredo para chegar em Lauro Müller e na Serra do Rio do Rastro por quem está já passeando pela região serrana do estado. Para aqueles que estão chegando do norte, após visitar lugares como o Morro da Boa Vista e a cidade de Urubici, basta descer pela rodovia SC 110 e depois pegar a SC 390 antes de chegar a São Joaquim. Assim, é possível fazer a travessia pelo lado contrário: indo de Bom Jardim da Serra até Lauro Müller.

Você está conferindo dicas e fotos da SERRA DO RIO DO RASTRO (SC). Se está gostando, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide a família e os amigos!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

O que Esperar do Passeio e o Que Fazer

Depois de se preparar para essa aventura e chegar em Lauro Müller, o que esperar da travessia pela Serra do Rio do Rastro até Bom Jardim?

O trecho completo possui cerca de 25 km de extensão, o que pode não parecer quase nada a princípio. Mas não se engane: apesar da distância curta, em números simples, o percurso pode levar mais de uma hora para ser feito. E tudo por conta das já citadas, e tão famosas, 284 curvas da estrada – o que dá a média assustadora de mais de 11 curvas a cada quilômetro (se prepare!).

Outra curiosidade a se notar para quem viaja na Serra do Rio do Rastro pela primeira vez é que o trecho de subida – de Lauro Müller para Bom Jardim – é mais legal de fazer do que o oposto.

Note também que em alguns pontos a estrada fica bastante estreita, sem acostamento, e a inclinação é bem íngreme. E alguns pequenos caminhões podem surgir na pista. Mesmo não sendo muitos, já é motivo para alguma preocupação por seu tamanho, principalmente para os motoristas menos experientes.

6 motivos para visitar Urubici, Urupema e São Joaquim no inverno

O começo, após deixar o centro de Lauro Müller é calmo e sem grandes preocupações, mesmo com as curvas já aparecendo no caminho. Até chegar ao município vizinho de Guatá, o trajeto é só alegria e dá para relaxar curtindo a paisagem – e já observando lá longe a serra a ser desbravada. Depois dela, começa a subida, e como sempre costuma ser em estradas do tipo, o abismo fica à direita do motorista. E prepare-se, de verdade, para encarar mais e mais curvas, todas bastante sinuosas. Em alguns momentos, inclusive, pode ser necessário dar a passagem para outro veículo.

Existem refúgios na estrada, vez ou outra, onde é possível estacionar e tirar fotos – e pode ter certeza de que você vai querer fotografar bastante, já que os cenários são realmente de tirar o fôlego (que já vai estar baixo de tanto forçar o braço no volante para fazer as curvas).

A 1421 metros de altitude, no alto de tudo, finalmente dá para descansar melhor e apreciar a vista panorâmica exuberante que se tem no mirante de lá.

No alto da serra há até uma lanchonete e uma lojinha, para relaxar e se distrair enquanto observa a imensidão e o cenário deslubrante de toda a estrada sinuosa que acabou de subir. Realmente são curvas que não acabam mais, e tudo parece ainda menor – e mais perigoso – visto de cima. E não tem como não apreciar todo o trabalho feito para chegar ali.

Vale ressaltar que é melhor não fazer o percurso em dias chuvosos – ou de geada, já que se trata de um dos pontos mais frios do Brasil.

Pode ter certeza que a travessia da Serra do Rio do Rastro é uma viagem inesquecível. É tenso, é cansativo em diversos momentos, mas é extremamente gratificante ao chegar lá em cima e ver a beleza da região – e se sentir um verdadeiro desbravador aventureiro ao chegar do outro lado. E aí, geralmente, o caminho vai até São Joaquim ou Urubici, com seus encantos de inverno.

Confira aqui imagenms 360 graus de Urubici

Não há dúvidas que a região serrana de Santa Catarina é um dos destinos mais incríveis. Principalmente no inverno, por conta do clima totalmente diferente do resto do país, mas também em qualquer época do ano que se possa visitar. Com sua mistura de culturas européias – são muitas cidades colonizadas por alemães e italianos, por exemplo – e gaúcha, além de paisagens deslumbrantes, é certeza de férias de muita diversão e aprendizado. E a Serra do Rio do Rastro remete bastante a tudo isso. Esse tipo de estrada sinuosa, em meio a cenários de novela, são comuns na Europa.

Lauro Müler, o ponto de partida, é uma cidade de grande influência italiana – apesar do nome alemão. O destino, seja ele Bom Jardim da Serra, ou São Joaquim (já que a primeira era distrito da segunda antes) ou ainda Urubici, é local de colônias gaúchas, por conta dos antigos tropeiros que lá chegaram.

Já deu para ver que tem muita coisa para fazer depois de curtir a Serra do Rio do Rastro, né? Então arrume as malas com muitos casacos, alugue um carro onde estiver e parta para explorar esse pedacinho não muito badalado, mas extremamente interessante e lindo do Brasil.

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  05 de julho de 2018

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2018 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site