Roteiro Completo de 3, 5 e 7 dias por SÃO PAULO

Publicidade

Escolher uma cidade do porte de São Paulo para passar apenas uma semana parece ser um desafio impossível de realizar… Mas não é!

Cheia de atrativos turísticos, a maior capital brasileira e uma das cidades mais influentes de toda a América Latina consegue ser planejada para viajantes que só têm 3, 5 ou 7 dias de férias. Já postamos um Guia Completo de São Paulo, onde você encontrará dicas de passeios incríveis por toda a capital. Dessa vez queremos fazer um pouco diferente. Reunimos os principais pontos em um guia completinho e todo programado para você.

Nada de ficar perdido na Terra da Garoa sem saber por onde começar! Veja como é bem simples e dá para curtir bastante seguindo nossas dicas!

Roteiro de 3 dias por São Paulo

A pergunta que precisa ser respondida para quem tem apenas três dias por aqui é uma só: qual o propósito da sua viagem? Sabendo disso, dá para traçar um bom roteiro, pois é preciso levar em conta a localidade onde você escolheu para ficar.

Nestes três primeiros dias, escolhemos aquelas atrações que consideramos mais que imperdíveis. Lugares que não dá para dizer aos amigos e familiares que não conheceu.

Dia 1 – Muitas paradas culturais pela capital

Acorde bem cedo para poder aproveitar tudo o que São Paulo tem de mais culturais neste dia. Os museus são em número considerável por aqui e vale a pena tirar um dia inteiro para conhecê-los. Alguns são importantes para a cultura e história brasileira, não existindo em nenhum outro lugar do país.

São Paulo guarda mais de 400 museus, mas infelizmente o tempo não permite que você visite todos! A principal avenida da cidade, a Paulista, guarda o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand – MASP. Desde a sua inauguração, em 1968, ele foi considerado o museu mais importante para a cultura brasileira.

foto-masp-e-av-paulista-em-sao-paulo-brasil-0063

Aqui você encontra coleções exclusivas e de muitas décadas. A coleção de arte ocidental mais importante do mundo está em exposição aqui. O lugar cobra ingressos para visitação de algumas exposições, que você pode comprar no site do MASP.

Do MASP você pode seguir para o Museu do Futebol. Se estiver viajando com crianças essa será uma ótima programação. Ele está dentro do Estádio do Pacaembu e a visitação acontece diariamente. A administração do lugar pede apenas que, se você estiver em grupo grande, agendar a visita para não ter excesso de turistas. Dessa forma o passeio fica ainda mais divertido e interativo.

foto-estadio-do-pacaembu-em-sao-paulo-capital-brasil-0139

Você pode seguir, depois, para o Museu da Arte Sacra de São Paulo. A história desse museu se mistura bastante com a história do Brasil, por isso, não deve se deixado de lado. Além das pinturas importantes e de época, o visitante pode conferir peças raras, como mobílias reais, joias e esculturas.

Do Museu da Arte Sacra você pode fazer uma parada na Pinacoteca do Estado de São Paulo. O prédio já é em si um grande atrativo. Esse é considerado um dos museus mais bonitos da cidade e somente visitando para entender o porquê!

foto-pinacoteca-de-sao-paulo-capital-brasil-0136

Em frente a Pinacoteca você encontra o Museu da Língua Portuguesa. Ele é o único no mundo com acerto totalmente dedicado ao nosso idioma. Infelizmente um incêndio comprometeu a estrutura e o lugar foi fechado para reforma. De qualquer forma, é sempre importante dar uma passadinha para tirar aquela foto e guardar de lembrança.

foto-museu-da-lingua-portuguesa-em-sao-paulo-capital-brasil-0197

Apesar de também não estar aberto para visitação, você pode ir até o Museu do Ipiranga. Ele está em reforma desde 2013 e a previsão para reabertura é apenas em 2022. Mas, você pode conhecê-lo por fora e ver a bela arquitetura de época e o lindo jardim.

foto-museu-do-ipiranga-em-sao-paulo-capital-brasil-0273

Dividindo o passeio em dois museus pela manhã e dois a tarde, você consegue aproveitar as quatro atrações sem pressa!

Dia 2 – Centro da grande capital

O centro de São Paulo é considerado um atrativo turístico por algumas razões bem diferentes. Primeiro porque guarda prédios históricos e importantes para o povo brasileiro. Segundo motivo é a imponência do comércio em si. Esse segundo dia pede muita disposição e, claro, uma boa reserva financeira, pois com certeza você terá desejo de fazer muitas compras!

Logo pela manhã, indicamos o passeio no Mercado Municipal de São Paulo. Um antigo prédio em estilo colonial foi construído em 1933 para abrigar um grande armazém de pólvoras e munições. Mais tarde ele foi doado para a prefeitura, que o transformou no mercado que é até hoje. O Mercadão, como é popularmente conhecido, já passou por algumas reformas, mas continua sendo um dos principais centros comerciais da cidade.

foto-mercado-municipal-de-sao-paulo-brasil-0987

Além de concentrar o comércio paulistano, o Mercado Municipal de São Paulo também guarda joias arquitetônicas incríveis. Os seus vitrais, por exemplo, foram exclusivamente projetados para o prédio e possuem desenhos muito bonitos.

Do Mercado Municipal de São Paulo você segue para a rua mais conhecida do centro da capital: a Rua 25 de Março. Aqui dá para fazer uma parada para almoçar – caso você não tenha aproveitado as delícias do Mercadão -. Depois é só circular por toda a imensa rua repleta de lojas, tendas shoppings que ofertam produtos para todos os gostos, idades e bolsos.

foto-rua-25-de-marco-em-sao-paulo-brasil-0519

Caso queira conhecer um pouco mais do centro paulistano, indicamos outro bairro um pouco distante dessa área, mas igualmente importante: o Brás. O centro comercial do Brás também é muito conhecido. Além de produtos baratos, você ainda encontrará muitas cantinas italianas para fazer aquele lanche ou jantar especial.

foto-bairro-bras-em-sao-paulo-brasil-0292

Dia 3 – Um tour pelo centro histórico de São Paulo

O tour de hoje levará você pelos principais pontos históricos da capital paulistana e por onde toda a história da cidade começou. Os primeiros registros do município datam de 1554, logo após a chegada dos portugueses em nosso território. Padres Jesuítas foram os primeiros grandes governantes que chegaram por essas terras e que iniciaram a construção de São Paulo.

Nada melhor do que começar pelo ponto principal do Centro Histórico, que é o Marco Zero da cidade. A pequena estrutura de mármore está na Praça da Sé, onde está a catedral com o mesmo nome. Foi a partir do Marco Zero que as primeiras casas da cidade foram numeradas e, dessa forma, permanecem até hoje.

foto-catedral-da-se-em-sao-paulo-brasil-0823

Na Praça da Sé você consegue observar a Catedral da Sé, principal igreja da cidade e considerada um dos maiores templos neogóticos do planeta. É a nossa segunda parada desse dia, onde você visitará a igreja e toda a sua estrutura que totaliza 92 metros de altura.

Da Praça da Sé você pode andar um pouco até o Pateo do Collegio. O lugar é chamado assim porque foi o primeiro colégio construído em São Paulo, para que os padres jesuítas pudessem catequizar os índios da região. Há uma pequena igreja que ainda guarda alguns traços da época e guarda um pequeno museu com itens importantes dos primeiros anos de atividade aqui.

foto-patio-do-colegio-em-sao-paulo-capital-brasil-0760

O último ponto de parada de hoje é a Basílica de Nossa Senhora da Assunção, que você pode visitar junto com o Largo de São Bento. Toda essa região tem um poder histórico e religioso muito grande. O Mosteiro de São Bento é o mais antigo da cidade, com quase 450 anos. Uma visita por esses templos é de encantar. Pequenas exposições com objetos e móveis de valor são feitas com frequência.

Aproveite para ver uma apresentação de canto gregoriano que acontece na Basílica todos os dias.

foto-mosteiro-de-sao-bento-em-sao-paulo-capital-brasil-0569

Você está conferindo sugestões de roteiros completos de 3, 5 e 7 dias por SÃO PAULO. Se está gostando das dicas, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide os amigos!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

Roteiro de 5 dias por São Paulo

Para esses próximos dois dias, reservamos alguns passeios imperdíveis. Vamos visitar o Aquário e o Zoológico da cidade e, no dia seguinte, curtir muito nos parques de diversão. Você não precisa estar viajando com criança para aproveitar muito. Acredite!

Dia 4 – Flora e Fauna em um passeio só

Desde 2006 o Aquário da Cidade vem atraindo turistas de todas as idades. Crianças e adultos passam horas circulando por esses corredores, encantados com a diversidade de peixes que vive aqui. Até 2016, o aquário de São Paulo consta como o maior de toda a América Latina. São cerca de 3 mil animais vivendo aqui.

foto-crianca-no-aquario-sp

Deixe uma manhã inteira para conhecer o aquário com calma. Você passará por salas importantes, como o Oceanário, a sala de Mamíferos e muitas outras. Dá para aprender um pouco mais e registrar tudo com calma. O trabalho de conscientização também acontece muito diretamente com todos os visitantes.

Você pode fazer aquela pausa para o almoço, mas deixe toda a tarde livre para outro passeio incrível: o Zoológico de São Paulo!

Esse é o maior zoológico do Brasil e chegando aqui você entenderá que isso não quer dizer apenas em tamanho. Nos 900 mil metros quadrados que compreendem a atração vivem mais de 3 mil animais. Todos são muito bem cuidados e recebem toda a atenção e carinho. Todos os habitats naturais foram reproduzidos ao máximo para que os animais vivessem nas melhores condições possíveis.

foto-camelo-zoologico-sp

Além de ter um espaço de observação de animais, o zoológico de São Paulo ainda conta com uma fazenda própria, onde todas as alimentações dos bichos são produzidas. Essa é a garantia que produtos tóxicos fiquem longe dessas refeições.

Além da fazenda ainda há uma pequena creche para acomodar todos os pequenos animais que foram deixados aqui ou abandonados por suas mães. Você também pode parar na biblioteca do lugar para aprender ainda mais. É bem comum também que cursos sejam dados aqui para que todos possam compreender mais o trabalho do zoológico e a importância que a natureza tem em nossa sociedade.

Clique aqui e visite os pontos turísticos de São Paulo em imagens 360 graus.

Dia 5 – Um dia inteiro de diversão

São Paulo tem um bom número de parques de diversão pela cidade. Alguns são realmente dedicados para as crianças, mas outros também possuem brinquedos para adultos. Hoje, indicamos que você escolha um desses para se divertir e tirar toda a adrenalina do corpo.

Indicamos dois: o Hopi Hari e o Wet’n Wild. Apesar de terem uma proposta bem similar, eles se diferem bastante. Para chegar no Hopi Hari você precisa se deslocar um pouco do centro da cidade. O parque fica na região de Vinhedo, mas o acesso até aqui é bastante facilitado.

Parque-aquatico-menino-descendo-no-toboagua

O Hopi Hari guarda brinquedos incríveis, como a montanha russa de madeira com mais de mil metros de altura. Ela é toda feita de madeira e considerada a maior do mundo em seu estilo. Já imaginou descer a mais de 100 quilômetros por hora com uma vista incrível da cidade. É de arrepiar!

Os ingressos podem ser comprados na bilheteria do parque, mas dependendo da época da sua viagem, esses podem esgotar rapidamente. Indicamos então comprar com antecedência, pelo site do Hopi Hari e não perder a chance de aproveitar muito seu dia aqui.

O Wet’n Wild vem com uma proposta bem diferente do Hopi Hari. Aqui funciona um imenso parque aquático, com brinquedos para crianças e adultos de todas as idades. O Wet’n Wild também não fica no centro de São Paulo. O cenário onde o parque foi instalado é um atração a parte. Muito verde e muita natureza são características comuns por aqui.

Os ingressos do Wet’n Wild também podem ser comprados na bilheteria do parque. Assim como indicamos antes, determinados períodos do ano a cidade lota e você pode não encontrar tickets para aproveitar a atração. No site do Wet’n Wild (www.wetnwild.com.br) você encontra uma loja virtual e pode comprar seus ingressos.

Já sabe qual será o seu grande escolhido? Essa é uma tarefa realmente difícil!

Roteiro de 7 dias por São Paulo

Chegamos aos dois últimos dias de nosso roteiro. Até aqui você já conheceu os atrativos naturais da cidade, os culturais, os históricos, se divertiu bastante…

Chegou, então, o momento de conhecer outros dois atrativos da cidade de São Paulo: a vida noturna e a vida gastronômica da capital. Digamos que a vida noturna de São Paulo não necessariamente comece apenas a noite, portanto, não se admire com a nossa indicação de um dia inteiro para circular pelos principais bares e boates da capital.

Dia 6 – Um food tour mais que delicioso

Você tem duas formas de fazer um food tour pela cidade de São Paulo. A primeira é se arriscando por conta própria pelos bairros da cidade e pesquisando o que eles têm de melhor para lhe oferecer. A segunda forma é encontrando alguns dos grupos de Free Food Tour.

Como você só tem um dia para essa aventura gastronômica. Indicamos a segunda opção – a não ser que você já conheça bem São Paulo -. Você pode pedir ajuda na recepção do seu hotel, hostel ou pousada que com certeza eles terão muitos grupos para indicar.

Você pode voltar ao Mercadão de São Paulo e aproveitar bastante tudo o que há de diferente aqui. Você conseguirá experimentar do pastel de feira – tão tradicional em toda capital – até pratos de culinárias internacionais, como europeias e orientais. Refeições exóticas também são encontradas aqui, sendo uma ótima pedida para turistas mais aventureiros. Não deixe de provar o tradicional sanduíche de mortadela!

foto-mercado-municipal-de-sao-paulo-brasil-0902

Já que está no centro, pode passar por alguns pontos estratégicos e experimentar os petiscos tradicionais:

  • O bolinho de picanha do Bar Brahma;
  • O pastel da Praça da República;
  • As caipirinhas exóticas – experimente a de maracujá e tangerina – do Bar da Dona Onça;
  • O pastel de nata da Casa Mathilde;
  • O pudim de leite do Café Girondino;

Do centro você pode seguir para o bairro Jardins e fazer outra parada gastronômica. Aqui os restaurantes e lanchonetes são um pouco mais caros, mas a comida é saborosa e vale a pena o preço. Experimente o sorvete do Bacio di Latte e os pães tipicamente italianos da Brera.

Existem outros pontos que indicamos para você curtir esse dia. As cantinas da Moca e os sushi bares da Liberdade.

Lembre-se de sempre ir com moderação. O mais interessante desse dia é poder experimentar de tudo um pouco e sem sentir culpa.

Dia 7 – Curtindo as baladas paulistanas

Não necessariamente somente a noite que acontecem as baladas em São Paulo. A cidade é completamente agitada e você encontrará bares que nunca fecham suas portas. Independentemente do que você gosta de fazer para se divertir, com certeza encontrará um bom lugar na cidade.

A Rua Augusta é o principal ponto de encontro para quem deseja curtir as baladas paulistanas. Essa via é famosa no mundo inteiro, por abrigar bares, restaurantes, boates e muita diversão. O melhor de tudo é que você não precisa necessariamente entrar em um local para se divertir. Na própria rua é comum ver grupos que se reúnem para beber e fazer a festa. O melhor da Rua Augusta é que não tem tempo ruim. Não importa se é durante o dia ou durante a noite, se está chovendo ou não, se é dia da semana ou final de semana. A todo momento você encontrará festa por aqui.

No centro de São Paulo também há muita diversão para quem busca festa. A diferença é a quantidade de bares mais alternativos nessa região. Ainda assim, é possível encontrar alguns bares, boates e restaurantes bem caros e badalados. Diferente da Rua Augusta, por ser um espaço comercial, as baladas no Centro funcionam mais a noite.

A Vila Madalena é um bairro muito tradicional entre os paulistanos e também conhecido como point para quem quer curtir muita festa. Aqui também há agitação de dia e de noite, com espaços dedicados para todas as idades. Os bares predominam na região. Você encontrará muito “bar de calçada”, com mesas ao ar livre e muita cerveja gelada.

foto-vila-madalena-em-sao-paulo-capital-brasil-0071

A Vila Madalena é perfeita para quem viaja sozinho e busca companhia. Mesmo sendo seu último dia de férias, vale a pena explorar e tentar fazer novas amizades.

Para quem busca baladas mais noturnas e caras, indicamos o bairro da Barra Funda.  Aqui também estão as principais boates LGBTs da cidade. Se é essa programação que você busca, vai adorar conhecer essa região. Aqui, assim como no centro, as festas acontecem sempre no período da noite!

Onde se hospedar em São Paulo

A capital paulista possui uma ampla e variada rede hoteleira. A Avenida Paulista tem a maior concentração dos hotéis – dos luxuosos aos de rede econômica e empresarial. Mas, dependendo do seu objetivo na cidade, você pode escolher os hotéis no bairro que mais te interesse de acordo com nosso roteiro citado acima.

Por exemplo: seu objetivo é fazer compras? O centro da cidade fica mais fácil em termos de deslocamento. Já se seu intuito é ir para vida cultural: a Paulista sem dúvida te atende muito melhor! E se as baladas e a cultura italiana é o que te move, pense no Bexiga por exemplo.

Quando ir para São Paulo

São Paulo possui uma programação intensa de shows, espetáculos e teatros. Se você curte música e arte, planeje-se antes de ir olhando os acontecimentos. Sua experiência na capital paulista será ainda mais intensa!

Ao contrário de cidades litorâneas, em janeiro São Paulo fica mais tranquila, bem como nos feriadões. Se seu estilo é curtir a cidade com toda calma e sem muito agito, fica a dica!

Nas férias escolares os museus programam uma série de eventos para as crianças. Se a viagem for com os pequenos, pode conferir a programação e aproveitar os passeios para aprendizado e mais conhecimento com diversão.

Mas, São Paulo não tem tempo ruim! Durante todo o ano as atrações são sensacionais só esperando você para ir lá curtir muito!

***
Então, curtiu nossas dicas sobre São Paulo? Agora é só organizar a data da viagem e partir! Depois volta aqui no Guia Viagens Brasil e conta para gente o que achou do roteiro e da cidade!

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  18 de Janeiro de 2017

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2018 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site