9 MOTIVOS por que você precisa VISITAR NITERÓI (RJ)

Publicidade

A vizinha da Cidade Maravilhosa tem muitos encantos e em sua viagem para o Rio de Janeiro você precisa cruzar a Baía de Guanabara e ir até Niterói. Veja o por que!

Guia Completo do Rio de Janeiro

O turista que chega ao Rio de Janeiro logo descobre que sempre há pouco tempo para conhecer a Cidade Maravilhosa. São tantas atrações, e para todos os gostos, que visitantes dos mais variados perfis não conseguem fazer tudo que gostariam mesmo que passem um mês na capital carioca.

Entre belezas naturais ímpares para um destino tão grande e urbano, cenário cultural e boêmio fervente e outros locais próximos que merecem a visita, nunca é o suficiente – e fica sempre aquele desejo de voltar para repetir o que amou e riscar da lista o que faltou.

Ainda assim, alguns contam com a sorte de descobrir, pesquisando por conta própria ou recebendo indicações durante a viagem, que logo ao lado há outra cidade tão maravilhosa quanto. Niterói é a vizinha do Rio, quase irmã gêmea, figurando do outro lado da Baía de Guanabara e com acesso fácil e rápido ou pela Ponte Rio-Niterói, de carro ou ônibus, ou pelas barcas que saem da Praça XV, no centro, para quem está a pé. E por lá se encontram tantos encantos que fica difícil também ver tudo de uma vez só, e bate aquela vontade de retornar quando puder.

Veja agora Niterói em imagens 360 graus!

Então conheça 9 motivos por que você precisa visitar Niterói na sua próxima viagem ao Rio, e pode ter certeza que a cidade logo ao lado vale completamente o passeio – e mais de uma vez.

1. Ter uma vista linda do Rio de Janeiro e da Baía de Guanabara

Há uma piada recorrente entre cariocas para provocar a cidade vizinha que diz que “o melhor de Niterói é a vista para o Rio”.

E isso pode até ser verdade sem precisar ser pejorativo. Afinal, a vista de Nikiti, como é carinhosamente chamada, para o outro lado permite avistar uma paisagem lindíssima com destaque para o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor.

Bairros como São Domingos, Gragoatá, Boa Viagem, Icaraí, São Francisco e Charitas possuem vista privilegiada para a Cidade Maravilhosa e vale um passeio pela orla com tanta beleza para ver. Embora suas praias que dão para a Baía não sejam própria para banho, são bem cuidadas e agradáveis para caminhar e relaxar.

Foto vista do Rio de Janeiro a partir de Niterói, RJ.

A vista maravilhosa do Rio de Janeiro a partir de Niterói, RJ.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

2. Curtir uma praia sem o burburinho turístico do Rio de Janeiro

Já faz tempo que as praias de Niterói são populares entre os moradores da capital. Afinal, as principais do próprio Rio costumam ficar muito cheias em finais de semana, feriados e no verão todo – como Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca.

Dar um pulinho na vizinha é rápido e permite curtir as praias oceânicas tão bonitas quanto e bem menos tumultuadas. Essas, ao contrário das praias urbanas de Nikiti, são próprias para banho, e há opções para todas as tribos.

Conheça todas as Praias de Niterói aqui!

As mais conhecidas são Piratininga, Camboinhas, Itaipu e Itacoatiara. Quase colada a essa última está Itaipuaçu, que já fica no município de Maricá, mas também é boa pedida. Escolha uma e seja feliz.

3. Conhecer o MAC – Museu de Arte Contemporâneo

Mesmo que não lembre de primeira, você já deve ter visto a silhueta inconfundível do Museu de Arte Contemporânea de Niterói, o MAC.

Desenhado por ninguém menos que Oscar Niemeyer, o projeto do prédio lembra um enorme disco voador, e fica em Boa Viagem, não muito longe da estação das barcas e também de Icaraí. E a Avenida Almirante Benjamin Sodré, onde ele fica, rende um belo visual para o Rio de Janeiro no caminho.

Inaugurado em 1996, conta com mais de mil obras de arte contemporânea brasileira. Pelo design diferente e pelo que já representa para a cidade, definitivamente o MAC é um dos maiores cartões-postais de Nikiti.

Foto do futurístico Museu de Arte Contemporânea, o MAC, de Niterói, no RJ.

O design futurístico do MAC, o Museu de Arte Contemporânea, desenhado por Oscar Niemeyer. Cartão-postal de Niterói, no Rio de Janeiro.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

4. Percorrer o Caminho Niemeyer

Todo o percurso litorâneo que vai do Centro de Niterói, desde o Aterro da Praia Grande, até o bairro de Charitas, onde há uma estação das barcas secundária, foi revitalizado e projetado também pelo arquiteto. Por isso, ao ser inaugurado em 2002 recebeu o nome de Caminho Niemeyer.

Veja mais fotos de Niterói aqui

Com 11 km de extensão, o trecho é um ponto turístico por si só, já que passa pelos principais bairros da orla da Baía de Guanabara e por lugares como o MAC, a Praça Popular e a Praça JK. E tudo com a vista perfeita para o Rio no outro lado.

Quem puder ir de carro por dirigir facilmente por lá saindo da Ponte e indo pelo Centro e por Gragoatá. De ônibus também há opções partindo das barcas que vão até Charitas pela orla.

Seja como for, não deixe de conhecer um pouco dessa mistura de urbanização com arte e arquitetura idealizada por um dos maiores nomes do mundo no assunto.

5. Fazer a trilha para o Costão de Itacoatiara

Voltando para a região oceânica, um dos pontos turísticos mais famosos de Niterói é o Costão de Itacoatiara. A trilha que sobe o morro revela um cenário espetacular no topo, com vista para a praia de mesmo nome, para Itaipuaçu (até perder de vista) e até um pedacinho do Rio de Janeiro.

São pouco mais de 200 metros de altura apenas, com 2 km de trilha para chegar lá – e agora há controle do máximo de 200 pessoas por vez. Há trechos de subida por pedra, e o nível geral de dificuldade é considerado médio. E a duração total para subir costuma ser de até uma hora.

Após aproveitar ao máximo o cenário lá em cima, na volta é uma ótima ideia tomar um banho de mar para se refrescar em Itacoatiara.

Você está conferindo 9 MOTIVOS por que você precisa VISITAR NITERÓI (RJ). Se está gostando das dicas, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide os amigos!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

6. Visitar o maior conjunto de fortes e fortalezas do Brasil

Você sabia que Niterói possui o maior conjunto de fortes e fortalezas do Brasil?

A maioria dos moradores locais não sabe, mas é outro atrativo muito interessante da cidade. Afinal, o Rio de Janeiro foi capital da Colônia e do Império por quase 200 anos, além de antes já ser um dos principais portos do país, e por isso precisava de fortes defesas contra possíveis invasões estrangeiras à Baía de Guanabara.

Confira mais dicas do Que Fazer em Niterói

Por ser parte do outro lado da porta de entrada, Niterói se tornou ponto fundamental da proteção ao Rio.

A Fortaleza de Santa Cruz é a mais importante, localizada estrategicamente nessa entrada da Baía. O roteiro dos fortes, que sai do bairro de Jurujuba, ainda passa pelos outros: Forte do Pico, Forte Barão do Rio Branco e Forte do Imbuí – todos pertinho um do outro.

7. Experimentar a gastronomia local no Mercado de Peixe São Pedro

Tradicionalíssimo localmente, o Mercado de Peixes São Pedro atrai até cariocas, que atravessam a Baía para comprar frutos do mar fresquinhos da melhor qualidade por lá, e ainda aproveitam para almoçar em seus restaurantes do segundo andar – enquanto o térreo é reservado para as barracas dos peixeiros.

Até chefs de grandes restaurantes do Rio frequentam o local para comprar, mas também para almoçar ou petiscar com amigos.

Com circulação diária de mais de mil pessoas, fora de dias especiais, dá para notar que é point imperdível. A localização é excelente, perto tanto da saída da Ponte Rio-Niterói quanto da estação das barcas, no bairro de Ponta D’Areia.

8. Pôr-do-sol da rampa do Parque da Cidade

Se há um visual mais espetacular de Niterói do que o do Parque da Cidade, ainda está para ser descoberto.

Suas rampas são usadas para a prática do voo livre, com um cenário espetacular ao redor. E de lá se tem o melhor pôr do sol das redondezas, sem sombra de dúvidas.

Veja mais fotos do Parque da Cidade

Com acesso entre São Francisco e Charitas, lá de cima se contempla um pouco de tudo. A melhor vista é para a Enseada de São Francisco, mas lá no fundo dá para ver direitinho o Rio de Janeiro.

Para o outro lado ficam as praias oceânicas, com as praias de Piratininga, Camboinhas e Itaipu. Dá para avistar bem ainda as belezas de Icaraí. Não há lugar melhor para apreciar o cair da noite.

Foto pôr do sol do Parque da Cidade, em Niterói, RJ.

O local perfeito para curtir o pôr do sol em Niterói é no Parque da Cidade.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

9. Descobrir a Praia do Sossego

Um ponto ainda pouco conhecido em Niterói, mas que vem sendo descoberto por locais e cariocas nos últimos tempos, é a Praia do Sossego. Esse diminuto pedacinho de paraíso tem apenas 150 metros de faixa de areia e fica entre Camboinhas e Piratininga, encravado entre dois costões.

O acesso é feito por trilha, que começa no meio de algumas casas em Camboinhas, e depois se torna de terra no trecho de descida.

Hoje, há restrição do número de visitantes para manter a preservação da praia. Ainda quase secreta e sossegada como sugere o nome (apelido, na verdade, porque o nome oficial é Praia do Meio), definitivamente é um passeio imperdível na cidade.

Foto da paradisíaca Praia do Sossego, RJ.

A paradisíaca Praia do Sossego, ideal para quem curte natureza e mais tranquilidade, em Niterói, RJ.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

***
Então, convencido de que você precisa conhecer Niterói na sua próxima viagem ao Rio de Janeiro?

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  31 de outubro de 2018

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2018 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site