Guia Completo de JOÃO PESSOA e arredores

Publicidade

Translator / Tradutor

João Pessoa é um destino lindo e repleto de atrações, e disto, ninguém tem dúvidas! Nas altas temporadas, a cidade recebe milhares de pessoas que desejam conhecer as belezas naturais e culturais da capital paraibana. Aqui você encontrará uma das melhores qualidades de vida do nordeste brasileiro, levando em consideração a economia, a saúde, a educação e o lazer, e uma das orlas litorâneas mais atrativas do Brasil.

bela-praia-poco-joao-pessoa-pb

‘Jampa’, para os mais íntimos, é o centro financeiro, comercial e turístico da Paraíba, o que faz com que esta cidade pequena em território seja grandiosa em atrações para seus moradores e também visitantes. João Pessoa é um local muito rico em história e cultura. Por ser uma das cidades mais antigas do Brasil, há traços arquitetônicos e culturais que mostram características de todos os séculos, desde o descobrimento do Brasil.

Com todas essas vantagens, fica até impossível não se programar para passar as férias por aqui, concorda? Pensando em incentivar mais ainda seu planejamento, criamos um Guia Completo de João Pessoa para as suas próximas férias. Confira!

Praias Urbanas

Um dos maiores atrativos dos visitantes do nordeste brasileiro é o litoral rico em belezas naturais. Não é diferente com João Pessoa, que possui praias para todos os tipos de turistas. São 120 quilômetros de extensão litorânea que lhe deixará completamente apaixonado.

As praias do nordeste brasileiro são conhecidas pelas águas cristalinas, grandes coqueiros e falésias coloridas, e na capital paraibana não é diferente. Por ser uma cidade pequena, as praias urbanas são sentidas como uma só, mas dá para você visitá-las separadamente e, recomendamos, que isso seja feito em dias separados.

Entre as praias urbanas de João Pessoa que merecem destaque, listamos:

Praia de Manaíra

Manaíra é a praia preferida para aqueles que curtem uma caminhada ao som das ondas. Os coqueiros por toda a orla dão o toque agradável de sombra que qualquer um precisa para fazer exercícios, ou só para passear.

orla-praia-manaira-joao-pessoa-pb

O mar de Manaíra tem uma coloração esverdeada que dá um contraste bem interessante ao ambiente. As águas são tranquilas e ideais para crianças e para aqueles que não gostam de se aventurar nas ondas – que no local são escassas.

Entre as mais visitadas de João Pessoa, Manaíra é que possui menos movimento. Por ter a faixa de areia muito estreita, o mar toma conta dela por muitos momentos do dia, fazendo com as barracas e restaurantes não se instalem no local, diminuindo o número de atrativos e frequentadores – que ficam, na maior parte do tempo, no calçadão da praia.

bela-praia-manaira-joao-pessoa-pb

Nesse bairro, há grande concentração de lojas de alto padrão da cidade, que pode ser interessante para os turistas que gostam de fazer compras.

Aqui você também encontra diversos restaurantes tradicionais. Não deixe de visitar o Tábua de Carne, muito tradicional em Natal e que também possui sua filial em João Pessoa. Esse é considerado por muitos portais e revistas de culinária e turismo como referência quando se fala em gastronomia nordestina. Você experimentará pratos típicos e saborosos tanto de João Pessoa como da Região Nordeste inteira.

Praia do Bessa

A Praia do Bessa tinha barracas e quiosques até 2011, ano em que a orla foi completamente transformada por uma medida do Ministério Público da Paraíba. A praia, que fica em um bairro residencial, agora possui um grande calçadão com uma vista livre de construções para o mar. O inconveniente será apenas se deslocar um pouco mais para comprar comidas e bebidas. Por outro lado, isso não será um problema quando você ver a vista maravilhosa que lhe espera.

aguas-transparentes-praia-bessa-joao-pessoa-pb

A avenida beira-mar não cobre toda a extensão da praia e, por isso, o bairro mais antigo da região possui casas construídas bem próximas à areia. Na parte da praia onde há o calçadão é possível encontrar alguns bares e restaurantes tanto da culinária nordestina como diversificadas.

Essa praia também é uma ótima opção para quem gosta de variedade. Por ser bem extensa, você pode experimentar mar agitado e mar tranquilo na mesma praia, além de pontos com mais movimento e outros praticamente desertos. Em geral, o mar da Praia do Bessa costuma ser mais tranquilo, o que faz com que famílias com crianças a escolham como passeio.

Outro atrativo da Praia do Bessa é a desova de tartarugas, que pode ser vista em alguns pontos da costa. Está viajando com crianças? Elas com certeza adorarão o passeio!

bar-praia-bessa-joao-pessoa-pb

O bairro da Praia do Bessa também é conhecido pela animada vida noturna. Algumas casas de shows estão instaladas aqui e será para onde você irá caso queira curtir uma boa balada. Um dos principais bares que ficam abertos durante a madrugada e que atrai muitos visitantes é o Republik.

Praia de Cabo Branco

A Praia de Cabo Branco é a mais frequentada pelos moradores de João Pessoa e proporciona atividades para todos os estilos. Urbanizada e com ótima estrutura, esta praia tem uma peculiaridade: todos os dias, das 5 às 8 horas da manhã, a avenida beira-mar é fechada para o tráfego de veículos, fazendo que com os pedestres tenham 3 horas de tranquilidade para pedalar, caminhar ou realizar seus exercícios.

bicicleta-praia-camboinha-joao-pessoa-pb

Por toda a orla, há vários coqueiros emoldurando um mar azul-esverdeado belíssimo. O mar de toda a região costuma ter ondas mansas, ideal para crianças brincarem. Para as famílias e grupos que preferem menos agito, a dica é ficar ao fim da praia, em direção ao sul, que é onde há menos movimento.

coqueiros-praia-camboinha-joao-pessoa-pb

Com várias opções de quiosques e barracas de bebidas e alimentação, a Praia de Cabo Branco, em conjunto com a Praia Tambaú – que fica ao lado – é considerada a ‘Copacabana de João Pessoa’. Por ser também bastante turística, é ótima opção para se hospedar, com bom custo-benefício. A praia possui hotéis modestos, mas com vista para o mar. Se você se hospedar em um deles, basta atravessar a avenida para curtir seu dia de sol!

orla-praia-manaira-joao-pessoa-pb

Praia de Tambaú

Tambaú tem uma extensão pequenina, mas totalmente graciosa. Os quiosques de bares e restaurantes da praia são padronizados e o calçadão é bem conservado, lembrando Copacabana, no Rio de Janeiro. As mesas e cadeiras são obrigatoriamente de madeira, para deixar o visual da praia ainda mais agradável, e o padrão também segue nas cadeiras de praia para alugar, que são de alumínio e nylon.

coloridos-guarda-sol-praia-tambau-joao-pessoa-pb

É em Tambaú onde fica a maior concentração de turistas das praias urbanas de João Pessoa. É onde os passeios de barco saem repletos de turistas para visitar às piscinas naturais de Picãozinho e da Ilha de Areia Vermelha. Esses passeios são feitos nas semanas de lua cheia e lua nova por causa da maré baixa.

Por receber bastantes turistas, Tambaú oferece vários hotéis. No centrinho do bairro há os hotéis mais econômicos e os sofisticados ficam na região da beira-mar. Todas estas opções de hospedagens ficam a passos de distância de restaurantes bem populares e com categorias diversas. Próximo também se encontra a Cervejaria Devassa – um dos pontos preferidos dos turistas da noite de João Pessoa.

Ponta do Seixas

João Pessoa é mágica em tudo, mas principalmente por ser a cidade onde o sol nasce primeiro em toda a América do Sul. A Ponta do Seixas, mais especificamente, é o lugar que enxerga o astro-rei antes de todo mundo. Ela não é só uma praia comum, é o local mais ao leste do Brasil.

Por estar distante de bairros residenciais e da área de hotéis, recomenda-se que o acesso à Ponta do Seixas seja feito a carro, mas a distância vale à pena. Uma faixa de areia longa e o mar bem calmo são duas atrações da praia, além de uma boa estrutura com restaurantes e bares.

Piscinas naturais também se formam na Ponta do Seixas quando a maré está baixa, mas como ficam muito ao fundo, é preciso pegar as embarcações para chegar aos locais e nadar junto aos peixes.

Praia do Poço

A Praia do Poço é concorrida no verão, mas não é à toa. As águas da região agradam a todos os estilos. Em alto mar são agitadas e onde rola bons ventos, ideais para prática de esportes náuticos, como jet ski e windsurf. À beira-mar, as águas são calmas e cristalinas, indicadas para banhos com toda família.

guarda-sol-praia-poco-joao-pessoa-pb

Nas areias o agito continua, com partidas de vôlei, futebol de areia, caminhadas e pedaladas, e ainda nos quiosques que oferecem, além de petiscos e bebidas, cadeiras e espreguiçadeiras para o dia ficar ainda mais agradável.

Praia do Jacaré

Deixamos a Praia do Jacaré nesta lista, mas comentaremos mais abaixo sobre a linda atração que ela oferece. Na verdade, ela não é uma praia só de mar, mas também de rio. A Praia do Jacaré é formada pelas águas do Rio Paraíba e também do Oceano Atlântico. Por isto, há vários mangues na região e as águas são impróprias para banho, mas há vários esportistas nas águas, principalmente os praticantes de vela, remo e pescaria.

A grande atração da Praia do Jacaré é o pôr do sol, pois o músico Jurandy do Sax executa ‘Bolero de Ravel’, saudando o fim do dia. O cenário e a música tocam todos os turistas que saem emocionados deste inesquecível momento às margens do Rio Paraíba.

fim-tarde-praia-jacare-joao-pessoa-pb

Praias dos Arredores – Cabedelo

Praia de Camboinha

A Praia de Camboinha já fica no município de Cabedelo, a 18 quilômetros de João Pessoa, mas não podemos deixa-la fora da lista, principalmente pelas piscinas naturais formadas na maré baixa, que chegam a 1,80 metros de profundidade e são ótimas para mergulho e prática de snorkel. Os peixinhos coloridos são a atração que enlouquecem qualquer turista! Do local sai o passeio de barco até a Ilha da Areia Vermelha, sempre nas marés baixas.

surfista-praia-camboinha-joao-pessoa-pb

Praia Formosa

Com ótima infraestrutura turística, a Praia Formosa, em Cabedelo, é lugar também para se hospedar e curtir a região, pois há boas opções de hotéis e pousadas, além de bares e restaurantes. Mas, o agito fica nas ruas, pois a praia é tranquila, praticamente uma imensa piscina, onde banhos são obrigatórios e mergulhos opcionais!

coqueiros-praia-formosa-joao-pessoa-pb

Praia Intermares

A Praia Intermares é a que fica mais próxima de João Pessoa, vizinha a Praia do Bessa. Boa para banhos, é também indicada para esportes náuticos no trecho conhecido como Mar do Macaco, onde se pratica surf, kitesurfe, wakeboard e windsurf. A Praia Intermares é considerada área de proteção ambiental, pois é ponto de desova de tartarugas-marinhas.

coqueiros-praia-intermares-joao-pessoa-pb

Você está conferindo o Guia Completo de João Pessoa e Arredores. Se está gostando das dicas da cidade, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide os amigos!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

Roteiro histórico e cultural de João Pessoa

João Pessoa é uma das cidades mais antiga do Brasil. Como o município foi fundado em 1585, você já imagina o tanto de história que ele tem para contar! Os atrativos históricos e culturais encontrados aqui são vários e os traços da história e da cultura da Paraíba podem ser escutadas, olhadas e sentidas por meio da arquitetura, arte e até do próprio povo pessoense. Confira em quais lugares você pode respirar os mais de 400 anos de vida de João Pessoa.

Centro Histórico de João Pessoa

O Centro Histórico de João Pessoa consiste em um conjunto arquitetônico que se formou a partir de prédios, praças e outros monumentos de muita importância para o crescimento da cidade. É a partir daqui que você conhece exatamente como nasceu João Pessoa e quais os acontecimentos que mais marcaram a história da cidade.

São prédios que funcionaram como estabelecimentos importantes e pavimentos com estruturas e detalhes que expressam a arte e arquitetura de um século barroco e muito antigo. O passeio no Centro Histórico vale uma tarde inteira (quando a maioria dos estabelecimentos no local está aberta), podendo facilmente ultrapassar as horas com velocidade se você for um amante da história e da cultura.

Um roteiro muito interessante para ser feito, começa pela Praça João Pessoa, localizada na Cidade Alta da capital. É ali que ficam os prédios do governo como o Palácio da Redenção – prédio oficial do governo paraibano -, e o Tribunal de Justiça. Saindo de lá em direção à Rua Duque de Caxias, você vai ver a Praça Vidal de Negreiros. É lá que está o prédio antigo do Paraíba Palace Hotel. Além da praça ser um bom lugar para descansar, pois é ampla e possui várias mesinhas com bancos, o prédio do hotel é grandioso e retrata bem a arquitetura histórica do período colonial brasileiro. Se você pegar a Rua Peregrino de Carvalho, à esquerda da Praça Vidal de Negreiros, você vai encontrar o Theatro Santa Roza, que pode ser visitado por dentro e é um espetáculo à parte.

O Mosteiro São Bento também faz parte do Centro Histórico de João Pessoa e da vida da Avenida General Osório. O mosteiro é a primeira igreja da capital paraibana, que começou a ser construída no ano de 1590. Com uma arquitetura barroca típica do século XVI, detalhes mínimos e incríveis de ouro podem ser conferidos por dentro do mosteiro, que ainda oferece cerimônias gregorianas mensalmente.

João Pessoa carrega muitos elementos religiosos de séculos passados. A Praça Dom Adauto, por exemplo, que também faz parte do complexo histórico da cidade, abriga a Igreja Nossa Senhora do Carmo e a Capela de Santa Tereza D’Ávila, construídas em 1592 e no século 18, respectivamente. A sede da Arquidiocese da Paraíba também fica na Praça, o Palácio do Carmo, um grande prédio com arquitetura da época colonial.

Igreja-Ns-Carmo

Logo em frente à Praça Dom Adauto está o Casarão de Azulejos, construído no século 19 com materiais e azulejos típicos portugueses. Por ser um prédio onde funcionam órgãos administrativos da Prefeitura, apenas a visitação externa está permitida, mas ela já vale muito à pena!

Na Ladeira São Francisco, que liga a Cidade Alta com a Cidade Baixa, você pode visitar a Casa da Pólvora, que permanece com teto e paredes originais da época de sua construção, do ano de 1710.

Centro Cultural São Francisco

O Centro Cultural São Francisco é um dos maiores complexos barrocos do Brasil. Assim como o Centro Histórico de João Pessoa, o Centro Cultural é um conjunto arquitetônico, dessa vez do século 17, que atrai milhares de turistas de todo o mundo pela sua beleza e pela carga histórico-cultural.

A Igreja de São Francisco e o Convento de Santo Antônio são as construções que formam o complexo. As obras foram finalizadas no ano de 1770 e chamam atenção pelo tamanho e pela riqueza de detalhes tão característica do barroco. As madeiras em cobertura de ouro, talhas e pedrarias orientais estão presentes. A beleza é tanta que o escritor Mário de Andrade já retratou as construções do Centro Cultural como “as mais originais e belas do Nordeste”.

O complexo religioso e cultural também exibe em seus painéis a Paixão de Cristo feita toda em azulejos azuis e brancos. O conjunto cultural de São Francisco foi todo restaurado na década de 1970 e aberto ao público no começo dos anos 1990 com exposições artísticas e oficinas periódicas.

A Praça São Francisco fica na parte alta de João Pessoa e é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Museus de João Pessoa

Você gosta de museus? Fazer um passeio totalmente cultural e, de certa forma histórico, é impressionante. Se você nunca visitou uma atração desse tipo, que tal usar suas férias em João Pessoa para fazê-lo? Aqui dá para encontrar muitos museus importantes. Destacamos alguns deles:

Casa do Artista Popular

Localizado na Praça da Independência, centro de João Pessoa, a Casa do Artista Popular é um museu de artes com um enorme acervo artístico da região. Lá é possível conhecer mais de mil peças entre rendas, esculturas, tapeçarias, xilogravuras e cerâmicas artesanais que contam muita coisa sobre a economia e a arte popular da Paraíba.

Museu José Lins do Rego

Localizado no Centro Cultural de João Pessoa, o Museu José Lins do Rego é dedicado a um acervo bibliográfico de mais de 4 mil volumes entre livros, cartas, manuscritos e objetos pessoais deste escritor paraibano.

Museu de História Natural

O Museu de História Natural de João Pessoa está localizado no Parque Arruda Câmara e é dedicado a estudantes e pesquisadores, mas também é aberto a visitação de turistas.

Dentro do espaço é possível conhecer várias espécies de animais empalhados da fauna brasileira. Alguns exemplos são o tucano, a arara, a preguiça, o sagui, entre outros. Espécies exóticas e de outras localidades também podem ser encontradas no museu.

Queridinho pelas crianças, o museu sempre tem à disposição um profissional da biologia para responder a dúvidas e questionamentos.

Estação Ciência

Também voltado à área de estudos e pesquisas, Estação Ciência é um museu/laboratório dedicado à biologia, matemática, física, astronomia e química. As exposições permanentes mostram esqueletos e réplicas de animais raros e pré-históricos.

Espaço Energia

João Pessoa é tão rica culturalmente que tem até um museu dedicado à história da energia elétrica. No Espaço Energia, o visitante pode percorrer a trajetória histórica da energia, observando como era feito no século 19 até os dias de hoje. O museu também oferece oficinas educativas periodicamente.

Instituto Histórico e Geográfico da Paraíba

O Instituto é um prédio de três andares repletos de material e documentos que contam a história do Brasil e da Paraíba. O local também possui uma biblioteca com mais de 40 mil livros e jornais.

Memorial Augusto dos Anjos

Augusto dos Anjos é um dos poetas mais importantes da literatura brasileira. Nascido na Paraíba, ganhou um museu dedicado a objetos pessoais, livros e fotografias dele. O memorial pode ser visitado na Academia Paraibana de Letras.

Arquivo dos Governadores

Esse museu possui um acerto com documentos e objetos que contam a história de todos os ex-governadores da Paraíba, além de personalidades das áreas política, intelectual e cultural do Estado.

Museu da Cultura Popular

A cultura popular da Paraíba é toda contada e exposta no Museu da Cultura Popular. Lá, o visitante pode conferir objetos, documentos, fotos e livros que mostram os folclores e modos de vida da população paraibana. O museu fica no Campus da Universidade Federal da Paraíba.

Sugestões de Passeios

Como toda boa capital, opções de passeios e lazer não faltam em João Pessoa. Alguns desses não podem ficar de fora do seu roteiro. Veja.

Farol de Cabo Branco

O Farol de Cabo Branco é um ótimo local para olhar a admirar as praias de João Pessoa. O farol representa o extremo leste do país e fica na Ponta do Seixas. O lugar é muito simbólico, principalmente porque é lá onde o sol nasce primeiro em todo o continente americano.

A 40 metros do nível do mar, o Farol do Cabo Branco foi inaugurado em 1972 e tornou-se atrativo para quem visita a cidade. Ele fica no fim da Avenida Cabo Branco, que é a via de acesso ao monumento.

Parque Solon de Lucena

O Parque Solon de Lucena teve todo o seu jardim e áreas externas desenhados por Burle Marx, paisagista brasileiro renomado em todo o mundo. Considerado umas das mais importantes obras paisagísticas do país, os jardins do parque são formados por plantas imponentes, como paus d’arco, palmeiras imperiais e bambus, que margeiam todo o lago central e deixam o ambiente aconchegante e agradável.

Litoral Sul

É no litoral sul de João Pessoa que estão as praias mais belas do estado. As principais são as praias de Coqueirinho e Tabatinga que oferecem aos visitantes, piscinas naturais, falésias coloridas e o mar com águas calmas e cristalinas.

Em direção a Pernambuco você pode encontrar uma das mais famosas praias naturistas do Brasil, a Tambaba, que atrai muitos adeptos do estilo de vida. Lá, é proibido entrar com roupas, mas a paisagem é maravilhosa e composta por falésias coloridas, areias brancas e mar de águas azuis. Se você é desinibido, vale à pena conhecer!

Se você estiver de carro, o acesso pode ser feito pela rodovia PB-008, na saída para Cabo Branco. Caso contrário, é interessante investir em passeios de bugue e de van. Não se esqueça de apreciar a paisagem no caminho até lá, que é de tirar o fôlego!

Passeio de barco nas Piscinas Naturais de Picãozinho

As piscinas naturais de Picãozinho se formam quando a maré da praia de Tambaú fica baixa. É possível enxergar o fundo do mar e nadar em meio aos peixinhos coloridos e corais que ficam aparentes. Com o passeio de barco, você pode ir mais ao fundo e fazer mergulhos e praticar snorkel. Por ser próxima a hotéis e restaurantes, o passeio de barco em Tambaú é oferecido em vários estabelecimentos.

Feira de Artesanato de Tambaú

A feira de artesanato fica na Praça Santo Antônio, na Praia de Tambaú, e é funciona todos os dias. Lá, os artesãos locais vendem principalmente objetos feitos com algodão colorido, plantado e beneficiado na região. Aos fins de semana, a feirinha conta com barracas de comidas típicas da Paraíba e apresentações de danças locais.

Passeio de barco até a Ilha de Areia Vermelha

A ilha tem esse nome justamente por possui a areia avermelhada devido à presença de corais. O local pode ser acessado de barco quando a maré abaixa através da Praia de Camboinha, em Cabedelo, vizinha a João Pessoa.

Envolta da ilha de areia, piscinas naturais cheias de peixes embelezam mais ainda o local. Os barcos que possuem serviços de bebidas e comidas também vão para lá para atender os turistas que aproveitam a maré baixa para curtir muito a região.

Passeios de bugue

Passeios de bugue estão disponíveis aos turistas tanto no litoral norte, quanto no litoral sul de João Pessoa. Na região norte, os veículos transitam pelas praias urbanas de Cabedelo, de Lucena e na reserva indígena de Camaratuba.

passeio-bugue-camocim-ce

Na região sul, o bugue passa pela cidade de Conde, vizinha de João Pessoa, que abriga as praias do Amor, Jacumã, Tabatinga, Coqueirinho, Tambaba e Barra do Gramame. Em ambas as direções o passeio é pausado para banhos de mar e alimentação.

Parque Arruda Câmara

O Parque Arruda Câmara é um espaço zoobotânico, ideal para passear com as crianças, onde elas conhecem diversas espécies de plantas e animais. O local também é conhecido pelo nome de Bica, devido a fonte natural de água potável que funciona ali.

São 27 hectares de Mata Atlântica preservada que abrigam mais de 500 animais de 80 diferentes espécies. Os visitantes podem conhecer leões, jacarés, araras e centenas de outros bichos no espaço que fica no centro de João Pessoa. Passeios de pedalinho, restaurantes e lanchonetes também estão disponíveis no complexo.

Jardim Botânico

Em matéria de natureza, João Pessoa também atrações! O Jardim Botânico Benjamin Maranhão foi inaugurado em 2000 e pertence ao governo da Paraíba. Está entre as maiores reservas de Mata Atlântica do Brasil, sendo 515 hectares de mata virgem.

O espaço conta ainda com áreas de lazer para os turistas e locais e informações para estudos científicos sobre a fauna e a flora da região. O Jardim Botânico possui três trilhas nas quais várias espécies de animais e vegetais da Mata Atlântica podem ser vistos. Entre as espécies de plantas estão a cajazeira, a copiúba, a sucupira, bromélias e orquídeas. Já os animais que podem ser vistos são a cotia, o tamanduá, a preguiça, o preá e vários pássaros como anum-preto, jacu, sabiá e pica pau. O destaque fica por conta do dendezeiro que cresceu entrelaçado com uma gameleira fazendo com que as duas árvores formassem um “abraço”. É daí que vem o apelido “árvore do abraço”.

Estação Cabo Branco

A Estação Cabo Branco é uma das obras do grandioso Oscar Niemeyer. Dentro da construção moderna, a prefeitura de João Pessoa oferece brinquedos educativos para as crianças, oficinas para todas as idades e gostos, cafeteria, exposição artísticas e projetos astronômicos. Vale a pena conhecer os projetos voltados à ciência, arte e cultura que estão disponíveis neste espaço que fica na Avenida João Cirilo da Silva.

Rio Jacaré

Reserve um final de tarde para esticar até Cabedelo e conferir o pôr-do-sol no Rio Jacaré – considerado o mais famoso e mais bonito de todo o Nordeste. Na chamada Praia do Jacaré, você pode apreciar o sol se pondo ao som do Bolero de Ravel, que é tocado diariamente pelo Jurandy do Sax direto de um barquinho – atração que faz parte da história do local.

barco-praia-jacare-joao-pessoa-pb

Para chegar lá é só pegar a BR 230 que é bem sinalizada e de fácil acesso. Você pode alugar um passeio, ou ir de táxi ou carro. A ida de ônibus não é recomendada, pois ele para longe do rio – a não ser que você queira fazer uma boa caminhada e apreciar a vista.

Vale lembrar que o sol no Nordeste se põe cedo, então o recomendado é chegar lá às 16h para aproveitar o espetáculo! Então, entre um petisco e outro, você verá um lindo espetáculo!

entardecer-praia-jacare-joao-pessoa-pb

Nos arredores de João Pessoa

O litoral da Paraíba, principalmente a região metropolitana de João Pessoa, é muito rico e vale a pena expandir os horizontes e a viagem para as cidades vizinhas da capital paraibana.

Além de costumes, arquiteturas e jeitinhos diferentes, as cidades nos arredores de João Pessoa oferecem uma praia mais linda que a outra e belezas naturais que não podem ficar de fora do roteiro turístico dentro da Paraíba. Confira algumas cidades que você pode conhecer perto de João Pessoa e o que elas oferecem de melhor.

Conde

A cidade de Conde é vizinha de João Pessoa e abriga algumas das praias mais bonitas da Paraíba. Comece seu passeio pela conhecida Tambaba, uma das praias naturalistas mais famosas do país. Para quem quer se aventurar e curtir uma experiência nova, visitar a praia é uma ótima ideia. Mas lembre-se: é proibido entrar vestido no local.

mirante-praia-tambaba-conde-pb

Por ter essa proposta diferente, Tambaba recebe turistas de todo o mundo. A praia também é muito apreciada por surfistas pelo mar agitado e pelas grandes ondas. Para os olhos, Tambaba também é um espetáculo: as falésias e formações rochosas diferentes agradam qualquer visitante.

Seguindo um pouco você encontra Tabatinga, praia ideal para os turistas que vão a João Pessoa em busca de sossego e silêncio. Na maioria das vezes, os frequentadores dessa praia só escutam o barulho do mar e nada mais. O privilégio é devido à falta de estrutura urbana e comercial – que pode ter suas vantagens.

coqueiros-praia-tabatinga-conde-pb

As falésias altas, a areia fofa e a abundância de árvores trazem ainda mais a sensação de conexão com a natureza aos turistas que visitam Tabatinga. Além disso, é lá que ocorre o encontro de um rio com o mar, que dá a opção de se refrescar em águas doces e salgadas no mesmo dia e mesmo local.

Ainda em Conde você encontra Coqueirinho, que tem as mesmas características de Tabatinga: muita natureza, muito verde e muito sossego. As falésias daqui são avermelhadas, o que dá um toque a mais à praia.

guarda-sol-praia-tabatinga-conde-pb

A sombra que a vegetação faz na areia durante a maior parte do dia é um convite a passar o dia inteiro em Coqueirinho para desestressar e se refrescar no mar que é tranquilo. Não deixe de ir à pé de Coqueirinho a Tabatinga em época de maré baixa. O visual é indescritível.

Cabedelo

Cabedelo é, muitas vezes, confundida com um bairro de João Pessoa, por ser muito perto da capital (fica a 28 quilômetros de distância apenas). Mesmo assim, o pequeno município não se deixou apagar pela imponência da capital paraibana.

Por estar localizada entre o Rio Paraíba e o Oceano Atlântico, Cabedelo possui diversas características e belezas naturais próprias. A cidade é um ponto de praias de águas transparentes e mornas, além da alta vegetação, que já comentamos acima, no item Praias dos Arredores.

Quanto às construções, a Fortaleza de Santa Catarina tem destaque. Esse é o único forte da Paraíba. A fortaleza foi construída ainda em 1589 e depois reconstruída em 1654, após ter sido atacada durante invasões francesas e holandesas dos séculos 16 e 17. Hoje, a Fortaleza de Santa Catarina é um dos centros culturais mais importantes do Estado e possui também um museu com mapas e peças de artilharia de época. Além disso, os turistas ainda podem ter uma vista grandiosa das praias de Cabedelo, pois da fortaleza há uma vista panorâmica da região.

Também vá até a Praia do Forte. Ela não é muito turística por ser o lugar onde os barcos de pescadores ancoram constantemente para a atividade pesqueira. Mesmo não sendo propícia para o banho, o passeio vale a pena para conhecer a rotina dos trabalhadores locais. Também em Cabedelo está a praia Ponta do Matos, que fica a apenas 22 quilômetros do centro de João Pessoa. A água do mar é praticamente transparente e as ondas são calmas. Os bares e restaurantes do local são todos padronizados com cobertura de palha que deixa a praia ainda mais bonita. Os cardápios são repletos de comidas típicas e frutos do mar que atraem muitos visitantes.

Lucena

Lucena é um prato cheio aos turistas: oferece atrativos históricos, culturais e naturais durante todo o ano. O município, que também faz parte da região metropolitana de João Pessoa, é mais conhecido pelo seu Carnaval. O evento dura cinco dias inteiros e atrai um número de turistas três vezes maior que a própria população de pouco mais de 12 mil habitantes.

Assim como em Cabedelo, as praias de Lucena possuem o perfil de mar tranquilo, ideal para famílias com crianças que não querem se preocupar com o perigo das grandes ondas. As praias da cidade formam um litoral de 15 km, englobando Costinha, Gameleira, Lucena, Ponta de Lucena, Bonsucesso, Camaçari e Fagundes. Em Lucena, na mesma faixa litorânea, é possível encontrar areia clara e escura, águas verdes e azuis, falésias e muitas árvores e coqueiros.

Além das praias, o visitante de Lucena também encontra manguezais na cidade, que formam lagoas naturais imperdíveis. Para os mais aventureiros, a cidade ainda oferece diversas trilhas ecológicas pela vegetação rica do local. Os que toparem o passeio vão se deparar com uma vasta Mata Atlântica Nativa, além de lagos e riachos transparentes no meio do caminho.

Onde ficar em João Pessoa

Escolher um local para hospedagem depende muito da intenção da sua viagem. Mesmo pequena, vale a pena evitar deslocamentos longos para poder aproveitar mais toda João Pessoa sem perder tanto tempo. A cidade é muito bem estruturada quando se fala em hotéis, pousadas e hostels. Escolher não será difícil, pois há opções para todos os gostos, estilos e bolsos. Destacamos algumas dicas para facilitar esse processo.

É na orla de Cabo Branco que está a maior quantidade de hotéis da cidade. Além disso, a região é bem localizada, pois está bem perto do centro de Tambaú, que é o principal ponto turístico de João Pessoa. Lá, você pode encontrar restaurantes, bares, locais com comidas típicas, lojas de artesanatos, stands de bugueiros e pontos de embarque para vários passeios de barco. Por outro lado, essa é uma região onde os valores por hospedagem são mais elevados, principalmente em meses de alta estação. Se você quer economizar, precisa escolher com bastante atenção se quiser ficar por essa área.

Se você escolher hospedar-se no bairro Manaíra você vai conhecer um pouco do dia a dia dos habitantes de João Pessoa. Nesse bairro fica o centro comercial da capital e a maioria das residências dos pessoenses. É uma região mais barata, levando em conta a anterior, mas também as opções são mais simples. Todos são básicos e destinados para aproveitar apenas uma noite confortável de sono.

Já se a sua intenção é curtir João Pessoa na total paz e tranquilidade, longe do agito dos turistas e da vida urbana de uma capital, você deve se hospedar no litoral sul de João Pessoa. É nessa região que está localizado o único resort do estado da Paraíba, que fica a 2 quilômetros da praia de Tabatinga. O resort possui serviço de van para levar os hóspedes à uma praia e a um restaurante exclusivos. O litoral sul também possui diversas pousadas. Uma das mais qualificadas fica em cima de uma falésia com vista para a praia de Carapibus.

Quando ir

Já decidiu ir para João Pessoa, mas ainda não sabe quando? A gente te ajuda!

Entre setembro e março é o período de seca na Região Nordeste e isso também afeta João Pessoa. Para quem planeja a viagem pensando exclusivamente em curtir o sol e não quer correr o risco de pegar aquele dia dublado e com chuva, essa é uma época perfeita para suas férias. As chances de pegar chuva na praia são baixíssimas e isso atrai muitos turistas. Por outro lado, é também um período de alta estação e os valores aumentam consideravelmente.

Com o início do verão, em dezembro, as praias ganham tonalidades especiais. Visitantes e moradores afirmam que é a partir desse mês que o mar fica mais bonito, com as cores verde e azul brilhantes. Na primavera, o mar pode adquirir tonalidades turvas, o que não é muito atrativo para os turistas.

Por necessitarem da maré baixa, as piscinas naturais da Ilha de Areia Vermelha e de Picãozinho só poderão ser apreciadas durante estas épocas. Esses dois lugares recebem passeios incríveis de barco e você pode fazer mergulhos em meio aos corais. Se você deseja isso, programa sua viagem de acordo com a tábua das marés, que fica disponível neste link.

Mas, o dia é bem aproveitado em qualquer época do ano, já que na Paraíba o sol já está brilhando às 5 da manhã. Às 8 horas ele já está no pico do céu e no início da tarde, os vários coqueiros e falésias que rodeiam o litoral fazem sombras agradáveis aos visitantes das praias. O sol costuma se pôr entre 17h e 17h30min, podendo ficar mais alguns minutos no verão.

Agora é só planejar, arrumar a mala e partir!

Conta pra gente, qual foi o cantinho que mais despertou sua curiosidade em João Pessoa! Aquele que você visitará primeiro! Deixe seu comentário!

Tem alguma dica especial sobre a cidade que faltou no nosso Gia? Comenta também e compartilha com a gente!

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  03 de fevereiro de 2016

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Deixe o seu comentário

DICAS RECENTES DO BLOG

GUIAS DE VIAGENS GRÁTIS - BAIXE AGORA O SEU!

Loja
Encontre os melhores ebooks de dicas de viagem pelo Brasil

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site