SÃO PAULO COM CRIANÇAS: o que saber antes de ir e o que fazer

Pouca gente pensa em São Paulo quando está pensando em viajar com a família inteira. Em geral, os destinos de férias com as crianças envolvem o litoral brasileiro ou outras opções com muita natureza. Mas, acredite, a maior cidade do país pode ser uma boa pedida na hora de planejar a viagem – com muita cultura e lazer para todos.

A garotada vai curtir muito a capital paulista pelos seus vários parques temáticos, zoológico e espaços ao ar livre com muita natureza. Há ainda vários museus interativos e com conteúdo interessante para os pequenos e também para os adultos, que aprendem junto!

Exposição no Museu Catavento, em São Paulo, SP.
Foto: Ricardo Junior.

Com 12 milhões de habitantes e mais de 15 mil restaurantes (quase 5 mil deles são pizzarias!), a cidade ainda tem na gastronomia um grande atrativo para todos. Com os filhos, é possível provar a culinária diversa, que representa as várias regiões do Brasil e outros países do mundo com forte imigração em Sampa. Um aprendizado saboroso!

Com toda essa cena urbana diversa e riquíssima, pode ficar tranquilo que São Paulo vai, sim, conquistar a criançada na hora da viagem. Aproveite nossas dicas e já se prepare para mergulhar nessa imensidão de pedra cheia de opções.

Como chegar em São Paulo

Não poderia ser mais fácil. Com os dois aeroportos mais movimentados do Brasil, é possível chegar em Sampa (quase) literalmente de qualquer lugar. O Aeroporto Internacional de Guarulhos fica mais afastado do centro, enquanto Congonhas (o doméstico) está inserido praticamente no coração da cidade. Uma terceira via é Viracopos, em Campinas, a cerca de 100 km de distância – caso encontre passagens mais baratas para lá, pode valer a pena.

Turismo na Avenida Paulista: passeio pelo coração de São Paulo

A Avenida Paulista, principalmente próximo ao MASP e ao bairro da Consolação, além dos Jardins, pode ser considerada a melhor locação para se hospedar. Tudo por ser o principal centro paulistano, perto de muitas das atrações turísticas e com opções de transporte para todos os cantos da cidade. Guarulhos fica a cerca de 30 km de lá, enquanto Congonhas está a menos de 10 km. E os hotéis na região costumam apresentar bom custo-benefício.

De forma geral, não é difícil encontrar voos baratos que desembarquem em Congonhas, facilitando o transporte até a hospedagem escolhida. Assim, fica mais barato pegar um táxi ou uber ou mais rápido de ir de metrô. A região do Centro Histórico de São Paulo, como os bairros da Sé e da República, também são boas alternativas para hospedagem.

Quando ir

Por não ser um destino litorâneo, São Paulo capital é bastante tranquilo de visitar mesmo durante a alta temporada e o verão. Não se engane, faz bastante calor na cidade nesse período, mas pode ser uma boa justamente para fugir do frio que faz no inverno e também do tumulto do localidades de praia nessa época.

Reserve seu hotel em São Paulo aqui

Assim, é possível visitar Sampa sem problemas durante todo o ano – é só escolher a data mais conveniente para a viagem em família. Vale a pena também ficar de olho também no calendário cultural paulistano, com alternativas o tempo inteiro. Se os filhos gostam de esportes, vão gostar de curtir eventos de futebol, vôlei e basquete (entre tantos outros) e a etapa de Fórmula 1 (geralmente em novembro). A Virada Cultural, em maio, apresenta inúmeros shows pela cidade. E a São Paulo Fashion Week faz ferver o cenário da moda entre março e abril ou entre agosto e outubro, época ideal para os fashionistas curtirem a cidade.

O que fazer em São Paulo com crianças

Quem pensa que sem praia não há nada para fazer na cidade durante as férias, logo vai perceber que está muito enganada. Viajar a São Paulo com crianças é garantia de diversão para a família inteira, já que existem muitas atrações de lazer e cultura para o agrado de todos.

E para começar, não dá para esquecer o Parque do Ibirapuera, não é? Bem pertinho do centro, dentro dele há de tudo. Passeando com a criançada por lá, é possível encontrar museus, pistas de corrida, ciclovias, parquinhos, aparelhos de ginástica, playgrounds, quiosques e lagos artificiais e muito mais. São incríveis 15 km² para o lazer de pais e filhos – dá para passar um dia todo lá sem notar o tempo passando.

Dentro dele também está o Planetário Professor Aristóteles Orsini. Não há opção melhor para reunir cultura e diversão para os pequenos. É preciso pegar senhas para as exibições públicas uma hora antes de cada horário. Nele, é possível conhecer tudo sobre o espaço sideral, com projeções de estrelas e constelações e telescópios potentes para observar a imensidão do universo.

Não muito distante, no Estádio do Pacaembu, fica o Museu do Futebol. Perfeito para levar os filhos fãs do esporte, lá as crianças podem ficar por dentro de toda a história da paixão nacional brasileira, desde o começo do século 20, através da exposição principal, com 15 salas. Aos sábados a entrada é grátis.

Lago do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, SP.
Foto: Banco de imagens.

Estádio do Pacaembu, em São Paulo, SP.
Foto: Ricardo Junior.

O gramado e as arquibancadas do Estádio do Pacaembu, em São Paulo, SP.
Foto: Ricardo Junior.

Outra possibilidade de reunir aprendizado e lazer para os pequenos é o Aquário de São Paulo, no bairro de Ipiranga, a aproximadamente 8 km do centro. Com 2 milhões de litros de água, é dividido em cinco setores: Água Doce, Oceanário, Pinguinário, Morcegário e Mamíferos. Por lá, dá para conhecer e aprender sobre animais raros como jacarés albinos do Pantanal, tartarugas mordedoras da Amazônia, raposas voadoras da Indonésia e ursos polares (os primeiros do Brasil). E também conta com outros bichinhos exóticos como cangurus, coalas, suricatos e lêmures. É certeza de um dia divertido para os pequenos.

Curta São Paulo em imagens em 360 graus

Também perto do centro de SP, a Chácara Turma da Mônica fica em Pinheiros e promete uma intensa imersão no universo dos personagens de quadrinhos. Com uma grande área verde, possui restaurantes, lojinhas e muitas atividades para a criançada.

Você está conferindo dicas para curtir SÃO PAULO COM CRIANÇAS: o que saber antes de ir e o que fazer. Se está gostando, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide toda família!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

No centro histórico, bem dentro de um prédio que já abrigou a Prefeitura, o Museu Catavento Cultural oferece exposições e atividades lúdicas para ensinar pais e filhos sobre temas de ciências como o espaço, o fundo do mar, a física e a sociedade, entre muitas outras atrações. É um dos passeios mais recomendados para quem vai a São Paulo com crianças por ser tudo voltado ao público infantil – e com bastante aprendizado.

Criança no Aquário Municipal, em São Paulo, SP.
Foto: Ricardo Junior.

Museu Catavento, em São Paulo, SP.
Foto: Ricardo Junior.

Exposição no Museu Catavento, em São Paulo, SP.
Foto: Ricardo Junior.

E não para falar de São Paulo com crianças sem lembrar do Zoo Safari (antigo Simba Safari). Na zona sudeste da cidade, é uma experiência inesquecível para conhecer mais de 300 animais, em sua maioria soltos, através de veículos que podem ser alugados por lá – exatamente como um safári africano. São 80 km² de parque e 4 km de estradas dentro dele, com os pequenos podendo interagir com muitos dos bichinhos disponíveis. Camelos, leões e tigres estão entre os mais diferentes.

Confira um roteiro de 3, 5 e 7 dias por São Paulo

Seguindo no clima de natureza mesmo dentro da selva urbana de Sampa, o Jardim Botânico fica também no sudeste, a pouco mais de 10 km do centro. São muitas plantas e árvores nativas e exóticas, algumas vindas da Mata Atlântica próxima e ainda a chance de esbarrar com muitos dos animais que vivem por lá – macacos, tucanos, gambás, garças, etc. Ainda há um museu próprio para aprender sobre o tema.

No mesmo estilo de passeio está o Instituto Butantan, na zona oeste. O contato com a natureza predomina, principalmente através de insetos como aranhas e escorpiões exibidos em vidros. O serpentário é outra atração interessante, ao ar livre, com cobras peçonhentas e não-peçonhentas. Os quatro museus (Biológico, Histórico, Microbiologia e Saúde Pública) permitem aprender mais sobre os assuntos.

Tigre branco no Zoo, em São Paulo, SP.
Foto: Ricardo Junior.

Zebra no Zoo, em São Paulo, SP.
Foto: Ricardo Junior.

Bem do lado, no mesmo bairro, o SP Diversões é aquele parquinho imperdível para deixar os filhos brincarem sem preocupações. Na verdade é um grande complexo com pistas de kart e de boliche e mais de 100 games para todas as idades. Pode ter certeza de que tanto crianças quanto adultos terão muito o que fazer por lá.

Wet’n Wild: diversão no parque aquático em São Paulo

E quem pode esticar um pouco mais a viagem não pode deixar de ir ao Hopi Hari. Um dos parques de diversão mais famosos do Brasil, fica no município de Vinhedo, a 70 km do centro de Sampa e foi recentemente reaberto ao público. São 760 km² divididos por temas e com os funcionários atuando como atores para garantir a imersão na história. Não faltam montanhas-russas, rodas gigantes, espetáculos e muito mais.

Outro lugar sensacional para ir em São Paulo é o Wet’n Wild, na Rodovia dos Bandeiras Itupeva-SP. São 160mil m² onde se encontra tudo de um parque aquático, desde os brinquedos mais moderados para crianças menores de 7 anos, até os mais radicais para adultos. O parque tem excelente infraestrutura para passar o dia inteirinho se divertindo na água e refrescando o calor das férias de verão.

Sítio do Picapau Amarelo: da literatura para a vida real

E, se tiver tempo e disposição, ainda pode dar uma esticadinha (2 horas de viagem de carro, cerca de 130km) até Taubaté para conhece o Sítio do Picapau Amarelo. Os personagens de Monteiro Lobato ganham vida e divertem as crianças com muitas brincadeiras, histórias e teatro.

Personagens do Sítio do Picapau Amarelo, em Taubaté, SP.
Foto: Ricardo Junior.

Brincadeiras antigas no Sítio do Picapau Amarelo, em Taubaté, SP.
Foto: Ricardo Junior.

Já deu para perceber como São Paulo possui tantas atrações para a criançada, não é? E de todos os tipos, com cultura, aprendizado, natureza e lazer para a família inteira – até os adultos vão se divertir. Além das já citadas, existem muitas outras opções interessantes para todos por lá, como o Parque do Trampolim, o Pop Haus, o MASP, o Museu da Imaginação e a Cidade da Criança (esta última em São Bernardo do Campo, na Grande SP), todas voltadas ao público infantil e com atividades diversas.

***
É fácil criar um roteiro e garantir diversão em todos os dias que passar em São Paulo com as crianças. Agora é só arrumar as malas e preparar os filhos para mais essa viagem.

Por Guia Viagens Brasil Texto: Thaisy Sluszz Fotos:  Ricardo Junior 20 de dezembro de 2017