BONITO COM CRIANÇAS: o que saber antes de ir e o que fazer

Já é de se imaginar que Bonito faça jus ao nome que recebeu como cidade. Presente no imaginário de muitos turistas no Brasil, o destino no Mato Grosso do Sul é considerado a capital do ecoturismo em território nacional e encanta a todos que o visitam com seus rios de águas cristalinas, grutas com formações rochosas de milhões de anos, lagos subterrâneos, cachoeiras e toda a natureza exuberante do Pantanal.

Tudo isso torna Bonito a viagem ideal em família. Dá para antecipar que as crianças vão ficar bastante animadas com tanta beleza natural e com os passeios oferecidos na cidade – é uma experiência única de intenso contato com a natureza no meio do Brasil. Com apenas 20 mil habitantes, a preservação da região é garantida como parte do Parque Nacional da Serra do Bodoquena. E logo dá para perceber o quanto tudo é praticamente intocado por lá.

A pouca interferência humana no ecossistema da região é o que garante os cenários paradisíacos que já se tornaram um dos destinos mais procurados por brasileiros e estrangeiros no país. Com o clima rústico de interior e uma combinação de fauna e flora incríveis, é certo que Bonito vai conquistar os corações de pais e filhos na viagem. Não há porque esperar mais: mostre algumas fotos para os pequenos e não vai precisar de muito tempo para convencê-los de que as próximas férias devem ser lá.

Como chegar em Bonito

Localizada a 300 km de Campo Grande, não é tão fácil assim chegar em Bonito. Melhor dizendo, existem opções abundantes de transporte saindo da capital sul-matogrossense, mas o caminho é longo e por estradas um pouco ruins. Ainda assim, muita gente prefere alugar um carro no Aeroporto Internacional Antônio João e dirigir por cerca de três horas e meia até lá – o que pode ser a melhor opção para quem viaja com crianças por conta do conforto.

Outra alternativa mais recomendada para famílias é contratar os serviços de van. Esses transfers também saem do aeroporto de Campo Grande em diversos horários. Mas por isso mesmo é melhor fazer a reserva antes da viagem para garantir uma van que saia próxima da chegada do seu voo para não ficar esperando muito tempo – mas também não muito em cima da hora para arriscar perder a vaga com qualquer atraso no trecho aéreo, o que é comum no Brasil.

A terceira via é através de ônibus. Mas existem alguns inconvenientes para isso, principalmente para quem viaja com a criançada. Primeiro, é preciso se deslocar do aeroporto até o Terminal Rodoviário, que fica a 12 km e aproximadamente meia hora de carro – o que não é uma corrida tão barata de táxi ou uber. Segundo, o trajeto até Bonito fica mais longo por ser um veículo mais pesado e mais lento, levando cinco horas para chegar no destino final.

Ainda existe um aeroporto próprio em Bonito, mas atendido por poucos voos e com passagens em geral bem mais caras.

Quando ir

Bonito possui, de modo geral, duas estações bem definidas. Entre dezembro e março, período de férias escolares, é a temporada chuvosa. O calor é maior e, assim, também chove mais. Por um lado, as cachoeiras ficam mais cheias e a mata ao redor mais verde. O famoso Lago Azul, maior cartão-postal da cidade, também recebe luz solar direta nessa época e sua beleza aumenta ainda mais. Por outro, passeios podem ser cancelados com tempo chuvoso e os rios ficam mais escuros do que o normal.

Reserve seu hotel ou pousada em Bonito aqui!

Já a estação seca dura de maio a agosto e faz mais frio – especialmente durante a noite, então é bom preparar um casaquinho. No entanto, os rios ficam mais cristalinos, dando maior visibilidade para as crianças observarem os peixinhos coloridos em seus leitos. O fim de julho ainda reserva o Festival de Inverno de Bonito, garantindo atrações para os turistas que chegam por lá nessa data.

O que fazer em Bonito com crianças

O principal ponto turístico de Bonito e passeio mais procurado é o para a renomada Gruta do Lago Azul. Há uma pequena caminhada e descida em forma de escada até a entrada da caverna antes de avistar a incrível visão do lago com uma tonalidade azulada que adultos e crianças não vão mais esquecer. Mesmo com sua profundidade de até 90 metros (ponto mais fundo já alcançado lá, ninguém sabe ao certo até onde vai), ainda assim é possível ver tudo dentro dele pela transparência da água. E quando o sol bate as cores do lago ficam ainda mais deslumbrantes. Por ser tombado como Monumento Natural, não é permitido entrar em suas águas. Ainda existem muitas estalactites e estalagmites na gruta em si. É preciso marcar horário para a visita, como grande parte dos tours da cidade.

Uma das principais experiências para adultos e crianças em Bonito é a flutuação. Nelas, é possível flutuar por rios de águas cristalinas e ver muitos peixes – além de inúmeros outros animais na mata ao redor, como aves, borboletas e macacos. Os mais procurados para isso são o Rio da Prata e Rio Sucuri, ambos com cerca de duas horas de passeio e a certeza de deixar a todos encantados com a paisagem da região. O Sucuri ainda fica dentro de uma fazenda particular que também oferece passeios de cavalo ou bicicleta para explorar seus limites.

Você está conferindo BONITO COM CRIANÇAS: o que saber antes de ir e o que fazer. Se está gostando das dicas, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide a família!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

Antes, porém, o ideal é passar no Aquário Natural da cidade. Nele, há uma flutuação em piscinas naturais e no Rio Baía Bonita voltadas para iniciantes, então é local perfeito para levar a criançada e aprender a flutuar antes de se aventurar nos outros. Mas não se preocupe, é tudo feito também em belíssimas águas cristalinas cheias de peixes, além de pequenas trilhas e até uma tirolesa. Tudo para os pequenos se divertirem bastante e aprenderem o que precisam para os outros passeios.

Bem próximo ao Rio da Prata fica o exuberante Buraco das Araras. Nele, os pequenos vão poder ver de perto como vivem as aves, que se instalaram nessa imensa depressão na terra que foi completamente tomada pela natureza ao longo de milhares de anos – e hoje está cheio de árvores e animais. As araras vermelhas tomam conta do buracão e dá para ver tudo de mirantes instalados na beira da descida. Outra opção, mas para crianças maiores, é descer de rapel para ter um contato ainda maior com os bichinhos e apreciar esse cenário paradisíaco com todo seu ecossistema próprio.

BONITO: o que saber antes de ir e o que fazer

Não dá para falar em Bonito sem lembrar de suas cachoeiras. Em geral, a criançada costuma adorar tomar banho nas quedas d’águas e em suas piscinas naturais, e nisso a cidade não deixa a desejar. O Parque das Cachoeiras conta com várias pequenas quedas e algumas grutas. Já a Estância Mimosa possui algumas das mais belas cascatas dos arredores que podem ser observadas (e mergulhadas) através de uma trilha de 3 km – são sete no total. O local tem uma ambientação toda rústica e um lago cheio de jacarés, pode ter certeza que todos vão amar.

Também existem algumas outras grutas em Bonito além das principais. A Gruta de São Miguel tem incríveis formações de calcário e muitas estalagmites e estalactites. A Gruta do Mimoso conta com um lago subterrâneo em que é permitido se banhar. Ainda há a caverna onde se forma a Lagoa Misteriosa, um abismo perfeito para flutuação e mergulho.

Passeios de bote também são muito comuns em Bonito, e geralmente caem nas graças da criançada. O tour pelo Rio Formoso segue um percurso de 6 km descendo a correnteza, com pequenas cachoeiras e muitos animais visíveis na mata ao redor. É uma excelente experiência para explorar a região e se divertir bastante.

Na hora de relaxar com a criançada, dá para tirar um dia conhecer opções de lazer mais tranquilas para a família. O Balneário Municipal e o Balneário do Sol, por exemplo, funcionam como uma espécie de clube natural, com suas piscinas de rios e estrutura completa para atender a todos – como lanchonetes, bares e até quadras. Já a Praia da Figueira é uma praia instalada na lagoa de mesmo nome. Nela vão encontrar relaxamento total: espreguiçadeiras e quiosques na beira de suas águas cristalinas, além de bares e restaurantes para o conforto total de todos.

***
Com tantas opções de diversão variadas, Bonito definitivamente é para crianças (e adultos) de todos os gostos. Flutuações, trilhas, grutas milenares, lagos escondidos, praias de rio, animais exóticos… tudo que a natureza fez de melhor você pode ter contato direto de maneira única na cidade. Por essas razões, o destino atrai tantas famílias ano após ano: é impossível esquecer tantos cenários de tirar o fôlego e passeios tão incríveis.

Por Guia Viagens Brasil Texto: Thaisy Sluszz Fotos:  Ricardo Junior 19 de dezembro de 2017