FERNANDO DE NORONHA COM CRIANÇAS: o que saber antes de ir e o que fazer

Publicidade

Não é exagero dizer que Fernando de Noronha é o destino mais cobiçado do Brasil. Pessoas de todas as idades, lugares e gostos sonham em visitar o arquipélago mais badalado do país, um dos mais bonitos do mundo e maior paraíso do turismo nacional.

Na hora de planejar as férias em família, conhecer Fernando de Noronha com crianças é uma boa pedida. Mesmo com a logística de chegada um pouco mais complicada – exigindo dois aviões ou um voo e mais um barco – é possível ter a viagem perfeita para todos naquele que é considerado o destino mais belo do país.

Menina na Praia de Atalaia, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

Com algumas das praias mais lindas que você vai ver na vida e todo um incrível ecossistema ainda bastante preservado graças a inúmeras leis que protegem Noronha, não há do que reclamar na viagem para lá. A criançada tem tudo para se divertir com o mar cristalino, os peixinhos coloridos e tartarugas, além de diversos mirantes com visuais de tirar o fôlego. Os pequenos definitivamente merecem conhecer – e se encantar – com esse cantinho distante do Brasil.

Com tantos atrativos que vão agradar pais e filhos, basta comprar as passagens e descobrir tudo que é preciso saber antes de ir e o que fazer por lá. Com a certeza de que Fernando de Noronha jamais vai decepcionar.

Como chegar em Fernando de Noronha

São 360 km de Natal, a capital brasileira mais próxima de Noronha. O arquipélago, porém, pertence ao estado de Pernambuco, então há mais voos saindo de Recife – que fica a 545 km. De toda forma, ambas as cidades são os pólos de conexão até lá para turistas do Brasil inteiro. Em geral, os voos levam uma hora para chegar nas ilhas.

O número de voos é limitado porque também há restrição ao número de pessoas que podem permanecer ao mesmo tempo em Noronha – em geral é de 700. Navios de cruzeiro ou veleiros contratados também levam até o arquipélago, mas a opção mais procurada e rápida é mesmo de avião.

Vale lembrar que existe uma taxa de proteção ambiental que precisa ser paga por todos os visitantes que chegam em Fernando de Noronha. Hoje o valor é de R$ 68,74 por cada dia em que ficar por lá. A quantia pode ser paga pela internet ou no aeroporto no momento de chegada.

Mergulho na Ponta das Caracas, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

Quando ir

Em alta ou baixa temporada, pouco importa e quase não faz diferença. Afinal, os preços de passagens costumam ser os mesmos o ano inteiro e não há períodos mais cheios ou mais vazios graças à restrição de visitantes por lá vigente. O único fator que pode influenciar é que no verão há maior interesse na viagem, então pode ser mais difícil encontrar datas com disponibilidade para receber turistas nas ilhas (lembre-se, só 700 ficam lá por vez).

Reserve sua pousada em Fernando de Noronha aqui!

Na alta temporada, com a procura maior, naturalmente os valores de pousadas, hoteis e passeios ficam mais caros. Mas o que conta mesmo na hora de decidir é a condição climática e o mar. De agosto até fevereiro é a estação seca, enquanto de março a julho é a chuvosa – mas ainda assim chove pouco e é possível pegar tempo ensolarado. Entre setembro e outubro o mar fica mais calmo e a visibilidade aumenta, fatores ideais para quem pretende mergulhar. Já os surfistas frequentam mais entre dezembro e março, com ondas enormes na região.

O que fazer em Fernando de Noronha com crianças

Como todo arquipélago, são as praias que dominam a viagem de qualquer família para lá. São inúmeras as opções, todas belíssimas e com rica vida marinha. Mas algumas são melhores para quem vai a Noronha com crianças, é claro. E geralmente por serem mais calminhas ou de fácil acesso.

Uma delas é a Baía do Sueste, que fica no chamado Mar de Fora. Lá, as ilhas são divididas entre este, que é voltado para a África e tem ventos mais fortes, e o Mar de Dentro – lado voltado para o Brasil e protegido do vento. Apesar disso, em Sueste as ondas não são fortes por ser uma baía. E é fácil de chegar, através do ônibus urbano de Noronha. A praia é marcada por ser local de alimentação das tartarugas, então é bem fácil de encontrar os animais por lá. Há um mangue no outro lado para completar o visual belíssimo da região. Vale lembrar que fica dentro do Parque Nacional Marinho de Noronha e é preciso pagar por um cartão de permissão para entrar nele através do ICMBio local.

Conhecer FERNANDO DE NORONHA sem gastar muito é possível! Veja como!

Também no Mar de Fora e também famosa pelas tartaruguinhas, a Praia do Leão é onde elas vão para a desova. Por causa disso, não é permitido ficar na praia após as 18h, já que é de noite que os bichinhos costumam colocar os ovos. E é preciso cuidado ao pisar na areia, já que pode haver vários deles lá ao longo do dia. Para chegar, o acesso é através do Sueste em uma pequena trilha. No Leão, o mar é bem azul e quentinho, com piscinas naturais formadas na beira.

Você está conferindo FERNANDO DE NORONHA COM CRIANÇAS: o que saber e o que fazer. Se está gostando das dicas, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide toda a família!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

A Praia do Porto de Santo Antônio pode parecer mais comum, mas vale a visita por sua água cristalina e pela grande faixa de areia para a criançada brincar. Ah, e se ainda não estiverem cansados de tartarugas, nela é possível avistar mais delas na água, além de arrais e muitos peixinhos. Não muito distante da costa há um navio naufragado no fundo, então quem levar um snorkel pode conhecer o local, que virou moradia de cardumes inteiros e várias outras espécies. Não dá para perder, principalmente para as crianças maiores.

Já a Baía do Sancho pode ser um pouco mais complicada de chegar, com uma trilha mais longa e uma escadinha entre pedras para descer até a praia. Mas ela não é considerada a praia mais bonita do Brasil por acaso! É o lugar que você precisa ir em Fernando de Noronha. A família toda vai se espantar com a beleza do lugar, sua água cristalina e toda a paisagem exuberante ao redor. Em épocas de chuva se forma uma cachoeira no paredão de pedra quase na beira da areia, outro visual inacreditável e opção para tomar um banho de água doce lá. O passeio todo é totalmente incrível, mas vale lembrar que há certo nível de dificuldade que atrapalham bastante para quem está com crianças de colo ou pequenas.

Baía do Sueste, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

Praia do Leão, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

Tartaruga na Praia do Porto de Santo Antônio, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

Trilha até a Baía do Sancho, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

Baía do Sancho, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

Existem diversas outras praias maravilhosas em Noronha, mas que podem ser mais difíceis de chegar ou com mar revolto para levar os pequenos. De toda forma, vale a pena procurar cada uma e avaliar quais são possíveis de ir com a família. Entre elas estão a Cacimba do Padre, a Baía dos Porcos, a Praia dos Cachorros, a Praia da Conceição, a Praia do Meio, entre outras.

Confira as praias de Fernando de Noronha em imagens 360 graus!

Destacamos ainda a Praia de Atalaia, que é ótima para mergulhos e flutuação com snorkel, mas é preciso agendar o passeio com antecedência, pois o local é área de preservação e tem limite de entrada por dia.

Snorkel na Praia de Atalaia, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

Praia de Atalaia, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

E, claro, sempre há a opção de visitar alguns lugares em passeios de barco. Eles dominam o turismo no arquipélago e são imperdíveis para levar a criançada para se aventurar no meio do mar, mergulhar e ver muitos animais marinhos – incluindo golfinhos, com sorte. Eles contornam a ilha principal e também param em algumas das secundárias, com a possibilidade de alugar snorkel para não perder nada debaixo d’água. Os passeios saem da Praia do Porto e são uma ótima pedida para conhecer os arredores de Noronha e garantir muita diversão para os filhos.

O que também não pode faltar na viagem é a visita ao Projeto Tamar. O instituto trabalha para o estudo e preservação de tartarugas em todo o Brasil, e possui um centro em Fernando de Noronha por conta da intensa atividade dos répteis nas ilhas. Com palestras e atividades diversas, é excelente opção para levar as crianças para conhecer melhor como vivem os bichinhos e também aprender bastante sobre o tema. Do lado de fora existem réplicas de animais marinhos que costumam ser a alegria dos pequenos para tirar fotos. Ainda disponibilizam excursões para observar a captura e marcação das tartaruguinhas, ou até mesmo passar a noite para ver a desova na Praia do Leão. Na lojinha é possível comprar lembranças para levar para casa.

Outra atividade cultural que costuma fazer sucesso com a criançada é o Museu do Tubarão. Com palestras, vídeos, imagens, esculturas e amostras de arcada dentária dos maiores predadores do mar, há muito o que aprender. Os turistas também podem provar bolinhos de tubarão (chamados de tubalhau, e levam também mandioca) no bar local e comprar artesanato feito com dentes dos bichões na lojinha.

Passeios de barco a partir da Praia do Porto, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

Centro de Visitantes do Projeto Tamar, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

Tartaruga no Projeto Tamar, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

Museu do Tubarão, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

E que tal terminar a viagem para Fernando de Noronha misturando cultura, história e lazer? A visita ao Forte de Nossa Senhora dos Remédios é uma ótima alternativa, ainda para apreciar o melhor pôr do sol da ilha (opinião de muita gente). A caminhada é um pouco maior, mas o cenário de ruínas pode ser uma bela aventura para as crianças. A fortificação fica próxima da Vila dos Remédios e oferece uma outra visão da incrível paisagem de Fernando de Noronha. É pra fechar com chave-de-ouro!

Ruínas do Forte de Nossa Senhora dos Remédios, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

Forte de Nossa Senhora dos Remédios, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

A bela visão a partir do Forte de Nossa Senhora dos Remédios, em Fernando de Noronha, PE.
Foto: Ricardo Junior.

***
Se a maioria das pessoas sempre sonhou em visitar Fernando de Noronha, depois que se vai uma vez não dá vontade de sair! E as crianças certamente vão se lembrar da experiência de conhecer um dos lugares mais bonitos do mundo com a família. Partiu Noronha com os pequenos?

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  19 de dezembro de 2017

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2018 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site