Três dias de cultura e natureza em MANAUS

Publicidade

Translator / Tradutor

Manaus, a capital do Amazonas, é uma cidade diferente dos outros centros urbanos por unir aspectos de uma metrópole, áreas históricas conservadas, região industrial, com a magnânima natureza do rio e floresta Amazônica.

São inúmeras atrações culturais e ecológicas, que permitem experimentar sabores únicos da região e aventuras que só poderiam ser vividas na maior floresta do mundo.  A cidade recebe visitantes de todo o mundo em busca do seu fabuloso ecossistema e é comum o comércio informal receber em dólar.

Pesquisadores, biólogos e estudantes se unem a turistas que desejam lazer e descanso diante da natureza exuberante. Elaboramos um roteiro para uma visita de três dias, onde é possível conhecer aspectos mais interessantes da cidade, participar de aventuras exóticas e experimentar uma viagem inesquecível.

Dia 1 – Conhecendo o Centro de Manaus

O mais indicado é se hospedar em um hotel urbano, que permita uma locomoção mais fácil por todos os pontos turísticos. Os hotéis temáticos e resorts são boas opções para quem quer fazer uma experiência de sobrevivência na selva ou acampar, já que são inseridos dentro da floresta.

Para o primeiro dia o mais indicado é começar a conhecer o Centro de Manaus, que é fácil de locomover, podendo o passeio ser caminhando. O primeiro lugar a ser visitado pode ser o Teatro Amazonas, que tem visitas guiadas a toda hora e conhecê-lo internamente vale muito a pena. Localizado no Largo de São Sebastião, foi inaugurado em 1896 e é o imóvel que melhor representa o tempo áureo da borracha, que trouxe muita riqueza para a cidade naquele período. Seu estilo é renascentista e mantém com detalhes sua conservação, com apresentações de peças de teatro famosas, shows e da Orquestra Filarmônica do Amazonas.

teatro-amazonas-manaus

Próxima ao Teatro há a Igreja de São Sebastião, um local bem pitoresco e simpático com a variedade de estilos arquitetônicos. Em seguida, há o Palácio da Justiça, bem atrás do Teatro. A obra é centenária e foi inaugurada em 1900 para abrigar o Poder Judiciário do Estado. Também no estilo arquitetônico renascentista, é tombado como Patrimônio Histórico Estadual.

Bem próximo ao Palácio da Justiça há a Galeria Amazônica, ótima para as compras turísticas e com artefatos indígenas originais e devidamente documentados, além de outros artesanatos locais. Na mesma rua há a Sorveteria Glacial, parada obrigatória para quem gosta de conhecer a culinária local. Os sorvetes são produzidos com frutas da Amazônia, com sabores diferenciados, como buriti, camu-camu, cupuaçu, bacuri, açaí, taperebá, tucumã, entre tantas outras.

artesanatos-manaus

Já o almoço pode ser no Banzeiro, o melhor restaurante de comidas típicas da cidade, com pratos caros, mas que serve fartamente duas pessoas. Comidas como pato com tucupi, tambaqui com crosta de castanha e camarão amazônico são os mais procurados. Vale a pena a experiência saborosa!

Na sequência do passeio pela cidade de Manaus, o Museu do Seringal Vila Paraíso é uma ótima oportunidade de conhecer o trabalho dos seringueiros e seu modo de vida. Apresenta o Ciclo da Borracha com ambientação da época, que permite ao visitante vivenciar aquele período e conhecer mais sobre a produção do látex.

O Palácio Rio Negro é também muito bem conservado, pintado de amarelo que realça os detalhes de sua arquitetura. A antiga sede do governo hoje tem exposições permanentes e temporárias, além de um ambiente cultural completo.

Se a fome apertar no começo da noite, que tal um sanduíche de pernil no famoso Bar do Armando, que essa hora é point da região central? Há também petiscos deliciosos como o bolinho de bacalhau e o pastel de carne ou queijo. O bar é com estilo simples, mas considerado o melhor da região.

Dia 2 – Passeio de Barco e o Parques Nacionais

Comece o dia contratando um passeio de barco no Porto do Ceasa para conhecer o Encontro das Águas, um belo fenômeno na confluência entre o Rio Negro e Solimões. Um dos rios tem as águas muito escuras e o outro barrentas que não se misturam e circulam juntas por mais de 6 km, formando um cenário bem interessante.

Após esse passeio, dedique seu dia a ir de carro ao município de Novo Airão, bem próximo a Manaus e que possui o Parque Nacional de Anavilhanas, considerado um dos Patrimônios Naturais da Humanidade pela UNESCO – veja os outros patrimônios clicando aqui. Um verdadeiro paraíso verde, com trilhas pela floresta, trilhas aquáticas de igapó, praias, paradas em ilhas ribeiras, vôo panorâmico e observação da fauna, além de banhos de cachoeiras.

passeio-de-barco-amazonia

Quem gosta de cidades abandonadas e fantasmas, pode perguntar se o passeio leva até Airão, às margens do Rio Negro, que era movimentada na época auge da produção de látex. Após a guerra, a Inglaterra deixou de comprar o produto local e a cidade faliu, restando hoje apenas ruínas e muita história. Airão é Patrimônio Histórico Nacional tombada pelo IPHAN.

Airão

Próximo a Novo Airão e a Barcelos, há o Parque Nacional do Jaú,  com uma das maiores reservas florestais do mundo, onde é possível ver os famosos botos cor de rosa, animais lindos e dóceis, e também com muitas lendas na região, que certamente os guias irão contar.

Encerrando o passeio pela floresta, há o parque arborizado Bosque da Ciência, que é uma microfloresta dentro da floresta, onde peixes-bois e ariranhas ficam em tanques devidamente acondicionados. Localizado na Sede do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, tem também trilhas educativas que vão até a Casa da Ciência, a Ilha da Tanimbuca, condomínio das abelhas, viveiros dos jacarés, entre outras atrações.

Encerre o dia na Praia de Ponta Negra para ver o pôr do sol. O endereço nobre de Manaus tem atrações do calçadão que incluem bares e shows, ou mesmo uma boa caminhada para aproveitar o clima.

Você está conferindo um roteiro de 3 dias por Manaus e região. Se está gostando das dicas, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide os amigos!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

Dia 3 – Cachoeiras de Presidente Figueiredo

O terceiro dia pode ser iniciado ouvindo os pássaros amazônicos no Museu da Amazônia. O local fica num trecho preservado da floresta e é uma mostra de toda a biodiversidade do local. Bem próxima ao Hotel Tropical e no limite entre floresta e cidade, possui uma torre de observação como principal atração. A vista é belíssima e a torre fica acima da copa das árvores, permitindo uma visão estupenda do verde da floresta. A visita deve ser agendada para que se possa observar os pássaros no amanhecer.

A 107 km de Manaus está a cidade de Presidente Figueiredo, um passeio imperdível para quem quer conhecer algumas das 150 cachoeiras da região, sendo 49 catalogadas, além de sete corredeiras, nove cavernas e grutas. O passeio permite conhecer as maravilhas amazônicas quase selvagens e as belezas dos rios.

Esses contatos com a natureza podem ser realizados por intermédio de agências que oferecem transportes e guias para as trilhas.

Para encerrar com chave de ouro os belos passeios por Manaus, vá a Praia Dourada que fica num ponto do igarapé Tarumã-Açu. Ela possui bares flutuantes charmosos e cheios de atrações. Um deles, o Abaré SUP & Food, tem translado de lancha e é dos mais animado.

***
Então, gostou das dicas para conhecer Manaus e um pouquinho da floresta Amazônica em 3 dias? Com certeza tem muito mais atrações que você poderá escolher quando estiver lá, com vários passeios de barco ou até uma imensão acampando na floresta. Arrume as malas e boa viagem!

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  03 de março de 2017

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Deixe o seu comentário

DICAS RECENTES DO BLOG

GUIAS DE VIAGENS GRÁTIS - BAIXE AGORA O SEU!

Loja
Encontre os melhores ebooks de dicas de viagem pelo Brasil

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site