Castelos Medievais no Brasil? Sim, eles existem!

Publicidade

Translator / Tradutor

Apesar de não ter uma família real nativa, sim, o Brasil tem castelos! Esta construção imponente esteve presente em diversos momentos da história do nosso país!

Se você já foi a Praia do Forte, na Bahia, então, provavelmente já visitou o Castelo Garcia D’Ávila, que faz parte de um dos roteiros históricos mais interessantes dessa região. Saiba mais sobre esse lugar incrível e programe desde já a sua visita com toda a família!

O Castelo

Garcia D’Ávila fez parte da família que estruturou a aristocracia do Recôncavo Baiano. Seu pai foi Tomé de Sousa, o primeiro governador geral do Brasil Colônia. Ele construiu o castelo, que ganharia posteriormente o seu nome, sob autorização de João III de Portugal, em 1551. Primeiramente chamado de Casa da Torre, a estrutura servia para vigiar a região contra invasores.

Ruínas do Castelo d`Ávila, na Praia do Forte, na Bahia. Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Ruínas do Castelo d`Ávila, na Praia do Forte, na Bahia.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

A estrutura foi toda montada em alvenaria com cal e pedra. Do lado que dava para avistar o sertão, a Casa da Torre protegia a região contra indígenas revoltosos. Já do lado oposto, onde avistava-se o mar, servia para firmar bloqueio contra corsários, que eram muito comuns por aqui.

Fachada do Castelo d`Ávila, na Praia do Forte, Bahia. Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Fachada do Castelo d`Ávila, na Praia do Forte, Bahia.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Em toda a sua história, o Castelo Garcia D’Ávila exerceu papel importante para alguns momentos, como por exemplo, as Invasões Neerlandesas do Brasil. Também foi refúgio de Giovanni Di San Felice, o Conde de Bagnoli, logo após a Batalha de Mata Redonda. O lugar também foi substituto do Forte da Praia, em meados dos anos 1700, de onde surgiu o Forte de Tatuapara. Entre todos os momentos marcantes, o Castelo Garcia D’Ávila foi a base principal do Exército Libertador de Cachoeira, em 1823, quando acontecia a Guerra da Independência.

Patrimônio Histórico do Brasil

Com tantos momentos marcantes vividos aqui, o Castelo Garcia D’Ávila merecia um justo reconhecimento. Isso aconteceu em 1938, quando a construção foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Desde então, toda a região tornou-se um atrativo roteiro turístico, principalmente se você se interessa em conhecer lugares estratégicos dos primeiros anos do Brasil.

Imagem da área interna do Castelo d`Ávila, na Praia do Forte, na Bahia. Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Imagem da área interna do Castelo d`Ávila, na Praia do Forte, na Bahia.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Atualmente, o Castelo Garcia D’Ávila está sob os cuidados da Fundação Garcia D’Avila, que também se responsabiliza pelo Parque Garcia D’Ávila. O passeio aqui envolve muito mais do que apenas observar as ruínas desse importante castelo, mas conhecer toda a trajetória dessa importante família.

Capela ao lado das ruínas do Castelo d`Ávila, na Praia do Forte, Bahia. Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Capela ao lado das ruínas do Castelo d`Ávila, na Praia do Forte, Bahia.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

A entrada para o castelo fica na Linha Verde, 2 quilômetros após a entrada principal da Praia do Forte. É bem fácil de achar, pois é tudo sinalizado. Não há cobrança de taxa de visitação, mas você pode contratar um guia credenciado para tornar o passeio ainda mais interessante. A Fundação Garcia D’Ávila também recebe doações de quem se interessar.

Você pode conhecer mais sobre o Castelo Garcia D’Ávila através do site da Fundação Garcia D’Ávila, ou do Portal Casa da Torre.

Outros Castelos pelo Brasil

O Castelo Medieval Garcia D’Ávila foi o primeiro dessa categoria construído nas Américas, segundo a Fundação Garcia D’Ávila e o IPHAN. Contudo, há outros castelos ao redor do Brasil que também podem entrar na sua lista para as próximas férias. Veja:

Castelo Di Bivar: ele fica na cidade de Carnaúba dos Dantas, no Rio Grande do Norte. Com a construção iniciada em 1984, esse lindo castelo nunca foi concluído, mas é ponto de visitação até hoje. A ideia partiu do empresário José Ronilson Dantas, apaixonado pela história do herói espanhol El Cid.

Castelo Labirinto Zé dos Montes: esse também foi construído no Rio Grande do Norte, em 1940, na cidade de Sítio Novo. A história conta que José Antônio Barreto teve uma visão de Nossa Senhora, onde ela pedia que ele construísse 13 castelos. Esse foi o único que ele conseguiu concluir, pois sua vida foi interrompida por morte natural.

Castelo da Ilha Fiscal: o famoso “Castelinho”, do Rio de Janeiro também faz parte da nossa lista. Ele foi construído à pedido de D. Pedro II para server como posto alfandegário. Hoje, no local são realizadas exposições e visitas guiadas.

Castelo do Barão de Itaipava: talvez o único castelo construído verdadeiramente para uma família real europeia em terras tupiniquins. Ele foi erguido em 1920, na cidade de Petrópolis – Rio de Janeiro – a mando do Barão J. Smith de Vasconcelos. Aqui não reside mais ninguém e o castelo serve de palco para eventos de gala.

São lindas construções e que merecem aquela visitinha na sua próxima viagem para os vários destinos do Brasil. Inclua no roteiro e aproveite!

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  21 de Maio de 2015

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Deixe o seu comentário

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2018 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site