ZOOLÓGICO DE SÃO PAULO: atração para toda família

Publicidade

Translator / Tradutor

Não é por acaso que os jardins zoológicos em todo o mundo estão sempre repletos de famílias com crianças. Ver os animais de perto e aprender um pouco sobre eles mexe com o imaginário dos filhos quando estão nos primeiros anos de vida e começando a conhecer a natureza melhor. E no Brasil, o Zoológico de São Paulo é referência no assunto, por ser o maior em território nacional (e de toda a América Latina) com mais de 400 espécies.

Em funcionamento desde 1958, o Zoológico da capital paulista fica na zona sul da cidade, no bairro da Água Funda. Com 824 mil m², ele também é considerado um dos dez melhores de todo o mundo graças a sua diversidade de fauna, incluindo uma sessão completa de felinos e símios e animais raros ou em extinção. Também há o Zoo Sáfari (antigo Simba Sáfari), onde todos podem contemplar os animais vivendo livres em seus habitats. Para completar, o complexo possui restaurantes, lanchonetes, lojas, creche, biblioteca e estacionamento.

Já deu para ver porque o Zoo de SP é tão popular na maior cidade do Brasil e procurado também por muitos turistas que lá chegam.

Uma infinidade de animais em múltiplos ambientes

O Zoo de SP conta com uma incrível diversidade de espécies e grande população de animais, dividido em ambientes separados. O jardim zoológico em si tem mais de 400 espécies em cerca de 4 km de extensão, com ingressos a R$ 36 para pessoas acima dos 12 anos e a R$ 15 para aqueles entre 5 e 12 (abaixo de 5 a entrada é gratuita), idosos e funcionários do ensino estadual e municipal.

Outro dos espaços é o Mundo dos Dinossauros, com mais de 20 réplicas robotizadas dos extintos répteis gigantescos em meio à natureza, em aproximadamente 3 mil metros quadrados de parque. O acesso é feito junto ao do Zoo, não sendo possível visitar apenas ele separadamente, e custa R$ 53 (R$ 22 a meia entrada) para os dois ambientes.

Já o Zoo Safari pode ser considerado o grande diferencial do complexo. Com 380 animais vivendo abertamente fora das jaulas – tudo de maneira controlada, é claro – o visitante pode passear pela região em seu próprio carro ou nos transportes providenciados pelo parque. O ingresso custa R$ 33 a inteira em ambos os casos, com a meia a R$ 15 para quem levar seu veículo e R$ 25 para quem pegar uma das vans locais.

Sempre confira os preços no site do zoo antes de ir pra lá.

Você está conferindo dicas para curtir o ZOOLÓGICO DE SÃO PAULO: atração para toda família. Se está gostando, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide todo mundo!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

Zoo: a mais rica fauna do Brasil

São 3200 animais, divididos entre mamíferos, aves, répteis, anfíbios, invertebrados e alguns nativos da própria Mata Atlântica paulistana local. Entre os mais exóticos e raros estão orangotangos e até mesmo um gavial da Malásia, parente dos jacarés e que só vive no sudeste asiático.

Entre o grupo dos mamíferos estão alguns como camelos, dromedários, elefantes africanos, hipopótamos, girafas, leões, onças, ursos, tigres siberianos, zebras e leões marinhos. Os felinos, principalmente, costumam atiçar bastante a curiosidade da criançada por serem alguns dos maiores predadores da natureza.

Confira dicas para curtir São Paulo com Crianças

As aves não ficam para trás, com muitas espécies diferentes de araras (incluindo a ameaçada arara azul de lear), gaviões e corujas, além dos papagaios, tucanos, avestruzes, seriemas, pelicanos, flamingos, gansos, harpias, seriemas e muitos outros. Já a parte dos répteis apresenta variações de cobras, tartarugas, cágados, jabutis, jacarés, lagartos e mais – muitos deles ameaçados de extinção, infelizmente.

Os anfíbios são poucos, mas marcantes: estão em apresentação apenas a perereca grudenta, a rã flecha azul, o sapinho garimpeiro e o sapo cururu. Já os invertebrados contam com a aranha caranguejeira e o bicho pau. Para fechar, os animais nativos da mata local – que é o Parque Estadual das Fontes do Ipiranga – são os bugios, os gambás, o sabiá laranjeira, o tatu galinha e tucano de bico verde, além de aves migratórias sazonais.

O Zoo ainda conta com exposições e espaços didáticos para promover a educação ambiental a todos, principalmente para crianças – que podem aprender bastante sobre tudo que viram no parque. Interessante também é conhecer a Fazenda do Zoo, espaço destinado a plantar os alimentos que são servidos aos animais herbívoros, além de produzir matéria-prima para a manutenção do parque.

Os macacos no Zoológico de São Paulo, SP.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

As belas araras do Zoológico de São Paulo, SP.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Iguanas e outras espécies raras estão presentes no Zoológico de São Paulo, SP.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Dinossauros: exposição interativa no passado

O Mundo dos Dinossauros é uma exposição interativa recém-inaugurada, com a possibilidade da família ver os répteis em tamanho real em forma de réplicas robotizadas que se mexem e emitem sons. Os tiranossauros rex, pterodáctilos, tricerátops e outros bichões da Era Mosozóica são exibidos em plena natureza ao lado de outros animais vivos atuais que lá habitam, como aves, lagartos e macacos.

Reserve seu hotel em São Paulo para aproveitar ao máximo os passeios por lá

A altura dos robôs pode chegar a até 8 metros, enquanto outros possuem até 25 metros de comprimento. Todo o ambiente é feito para simular o mais fielmente possível como viviam os répteis extintos milhões de anos atrás. Para completar, há um cinema 4D transmitindo vídeos sobre os dinossauros para os visitantes. Nada mais divertido para as famílias com crianças no Zoo.

Safári: passeio pela selva no meio da cidade

Já pensou como seria visitar a selva bem no meio de uma cidade imensa como São Paulo? O Zoo Sáfari, inaugurado em 2001 com o nome de Simba Safári, proporciona exatamente isso aos visitantes. São 80 mil m² em quase 4 km de percurso para avistar os animais ao ar livre, soltos e vivendo como o fazem na natureza. Leões, tigres, camelos, lhamas, avestruzes, cervos e macacos estão entre as espécies que podem ser contempladas no passeio – algumas podem até mesmo ser alimentadas pelo público com rações especiais compradas lá mesmo. Os predadores felinos, naturalmente, ficam isolados dos outros por questões de segurança.

O visitante pode passear pelo Safári em seu carro próprio, com mais liberdade para curtir o que quiser, ou através das vans fornecidas pelo parque – de toda forma, o trajeto dura cerca de uma hora. Outra opção é usar o Portal Safári e conhecer o ambiente através do Zoo, comprando um ingresso com desconto. No local há estacionamento, lanchonete, área para piquenique e lojinhas – passeio ideal para a família inteira.

Tigre Branco: uma das raridades do Zoológico de São Paulo, SP.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Camelo passeia livremente na área do Safári do Zoológico de São Paulo, SP.
Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Informações Básicas

O acesso ao Zoo de São Paulo é bastante fácil. A partir da estação de metrô de Jabaquara existem micro ônibus específicos que fazem o transporte até o local. As linhas que passam lá são a 4742-10 Jardim Clímax e a 475R-10 Jardim São Savério. Já a linha 4491-10 Jardim Zoológico sai do Terminal do Parque Dom Pedro II.

Para quem vai dirigindo, o estacionamento próprio do Zoo custa R$ 20 para carros de passeio e comporta até 1700 veículos simultaneamente. Há outro estacionamento particular, pertence ao Centro de Convenções Imigrantes da São Paulo Expo, que atende também os carros que vão para o parque com mais 4500 vagas.

Nele, porém, é necessário pegar o ônibus interno do sistema ORCA para o trajeto até a entrada do Zoo depois que estacionar – e a passagem precisa ser comprada no térreo. O valor do estacionamento no São Paulo Expo é R$ 45 reais para carros, mas com a apresentação de ingresso para o Zoo há desconto de 25%, saindo a R$ 34.

O horário de funcionamento do jardim zoológico é de 9h às 17h, abrindo todos os dias. O Mundo dos Dinossauros fecha às 16h30, enquanto o Zoo Sáfari abre às 10h e vai até 17h. A fundação que administra o parque oferece ainda um passeio noturno em que os visitantes podem sentir de perto a vida dos animais durante a noite – principalmente as espécies com hábitos noturnos, é claro. O ingresso é mais caro, a R$ 100 por pessoa, com crianças de 5 a 10 anos pagando R$ 70. O valor inclui estacionamento e lanche, com duração das 19h às 22h, sempre às sextas-feiras e com necessidade de agendamento prévio. Para 2018, as vagas até junho estão esgotadas, mas há possibilidade de desistências com novas aberturas sendo preenchidas na manhã de quartas. Fique de olho!

***
Com tantas atrações, grande variedade de fauna, animais exóticos, réplicas de dinossauros e a chance de ver os bichinhos vivendo na natureza em um sáfari, não há dúvidas que o Zoológico de São Paulo é um passeio para a família inteira. Educação e diversão fazem parte do roteiro e qualquer criança vai adorar ver tanta coisa diferente em um só dia.

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  06 de Fevereiro de 2018

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Deixe o seu comentário

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2018 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site