TERESÓPOLIS: Refúgio Perfeito para Curtir o Aconchego do Inverno

Publicidade

O frio bateu em sua porta e tudo o que você pensou foi em encontrar o lugar ideal para esticar os pés, posicionar-se em frente a uma lareira e curtir o clima. Se você faz parte desse grupo, Teresópolis pode ser sua grande pedida. Refúgio dos cariocas que sobem a serra durante o inverno em busca de um tranquilo fim de semana, o vilarejo acolhe os turistas e é perfeito para dias de calmaria em meio à natureza.

Terê, como chamam os íntimos, está a apenas 102 km do Rio de Janeiro e a 55 km de Petrópolis, em um cantinho sossegado e privilegiado da serra fluminense, perfeito para quem busca fugir do agito e recarregar as energias.

Parque Nacional da Serra dos Órgãos em Teresópolis, RJ

Para começar o passeio pela cidade, nada como entrar de corpo e alma no formoso verde do Parque Nacional da Serra dos Órgãos. São 10.600 hectares de mata Atlântica que ultrapassam as fronteiras de Teresópolis, alcançando os municípios de Magé, Guapimirim e Petrópolis. O parque oferece passeios para todos os tipos de aventureiros, com trekkings que duram de 15 minutos a até três dias, banhos de cachoeiras, canoagem e rapel.

Entre as opções mais procuradas está a trilha suspensa, de 1.300 metros. Considerada leve, ela é muito agradável, já que permite que o turista passeie em uma ponte suspensa em meio às diferentes espécies de árvores que emolduram o local. Chegando à altura de até oito metros em relação ao solo do parque, o passeio garante uma perspectiva um tanto quanto diferente da que estamos acostumados.

Para quem quer colocar uma dose maior de aventura, é possível optar pela caminhada de uma hora e meia até a cachoeira Véu da Noiva, pela trilha que leva ao Pico Dedo de Deus – cartão postal da cidade – que conta com 1.692 metros de altitude, ou ainda cinco horas de trekking para alcançar a Pedra do Sino e ter acesso aos seus mais de 2.200 metros de altitude – maior paredão do país – e uma vista da região que dará a certeza de que o esforço valeu a pena. Se o dia estiver aberto, é possível avistar até mesmo a baía de Guanabara, na capital do estado.

Vista da Serra dos Órgãos com Neblina - Teresópolis / RJ

Mas a grande pedida dos aventureiros fica por conta da travessia Petrópolis – Teresópolis, com 42 km de percurso. Considerada a trilha mais bonita do país, são necessários três dias na floresta, com direito a acampamento na hora de dormir para alcançar, caminhando, uma cidade a outra. Para tornar o passeio seguro, além de garantir o preparo físico, o conselho é contratar um guia.

O Mirante do Soberbo é uma ótima opção para quem quer admirar a vista da serra fluminense sem se aventurar pelas trilhas do parque da Serra dos Órgãos. Localizado no trevo de acesso de Teresópolis, de lá é possível admirar o Pico Dedo de Deus e, nos dias de tempo aberto, avistar a cidade de Niterói e a belíssima baía de Guanabara.

Com o corpo aquecido após tanta atividade física e com a mente renovada nessa imersão em meio à natureza, a pedida é conhecer a Villa St. Gallen e degustar as delícias germânicas. O local foi inspirado nos vilarejos da Alemanha e conta com dois restaurantes típicos, dois cafés, uma pequena igreja, lojas de suvenires e uma cervejaria, onde é possível aprender sobre a produção da bebida e degustá-la (os tours acontecem apenas aos finais de semana e exige um número mínimo de pessoas para acontecer).

A feirinha de rua de Terê também se destaca entre os pontos turísticos da cidade. Aos finais de semana os mais de 800 boxes invadem a pracinha do Alto e oferecem aos visitantes artigos de decoração, artesanato, roupas de lã e até mesmo doces típicos das montanhas.

Lareira e um bom vinho são ideais para aquecer as noites frias de Teresópolis

No fim do dia, quando o frio aumenta, chega a tão esperada hora de aproveitá-lo esticando o corpo em direção a uma agradável lareira. A noite na cidade é tranquila e a grande pedida fica por conta de aproveitar a estrutura dos hotéis, que não só em Teresópolis como em toda a região são muito bem preparados para tornar o frio das montanhas para lá de agradável.

Aqueça-se, abra um vinho, aprecie um delicioso caldo, lembre-se das belezas que viu durante o seu dia na cidade e, depois de tudo isso, você pode dizer que se tornou um íntimo de Teresópolis e passar a chamá-la apenas de Terê.

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  Banco de Imagem 30 de junho de 2015

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2018 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site