Três dias perfeitos para curtir a aconchegante Visconde de Mauá

Publicidade


Para aqueles que encontram nas montanhas o melhor remédio para recarregar as energias levadas embora pela rotina da cidade grande, Visconde de Mauá é o lugar certo. Na divisa do Rio de Janeiro com Minas Gerais, seus 1.300 metros de altitude e sua localização privilegiada na Serra da Mantiqueira garantem momentos perfeitos para quem quer unir o sossego das montanhas com a aventura na natureza.

visconde-de-maua-rj-cachoeira-veu-da-noiva

A charmosa vila é cortada pelo rio Preto, que traça a divisa dos dois estados, além de abastecer as quedas d’água da região. Sua infraestrutura repleta de pousadas, chalés, restaurantes, bares e lojas conquistam casais apaixonados e amantes da natureza, que, no inverno, podem contar com a presença do típico friozinho das montanhas, deixando o ambiente ainda mais aconchegante.

visconde-de-maua-rj-lojas-na-vila-de-maringá-do-rio-de-janeiro

Para três dias de recarga de energia nesse cenário renovador, o vale do Alcantilado é perfeito para começar. Alcantilado é a maior cachoeira da região, com 50 metros de queda. Nela, o banho é proibido, mas a vista é imperdível. Para chegar até lá é preciso passar por uma propriedade privada – é cobrada a entrada por pessoa – e percorrer pouco mais de um quilômetro de trilha íngreme. A recompensa pelo esforço já vem no decorrer do caminho, que conta com nove quedas d’água, tornando difícil eleger a mais encantadora.

Caso esteja com fôlego sobrando, reserve o segundo dia para chegar ao pico da Pedra Selada, um dos pontos mais altos da região, com 1.775 metros de altitude. Mas prepare-se! Leva-se cerca de duas horas para completar o percurso de 2,5 km de muita subida.

Viconde-de- Maua-rj-Cavalgada-vista-pedra-selada-foto-Renata-Mello-crayonstock

Quem encarar essa aventura não perderá o fôlego somente com a caminhada. A paisagem por todo o percurso é privilegiada, além de surpreender com cachoeiras ao longo da trilha. Chegando ao objetivo final, o pico da pedra, a vista é de arrepiar e a sensação é de estar a apenas alguns metros do céu. Para tornar seu passeio ainda mais divertido, faça-o na companhia de um guia, que, além de proporcionar segurança, indicará as curiosidades da fauna e flora da região.

Para quem não quer enfrentar a trilha pesada, a opção é curtir o dia na cachoeira do Escorrega, a 11 km de Mauá. O acesso é por uma trilha de chão e é possível chegar de carro até bem perto da sua entrada.

visconde-de-maua-rj-pessoa-escorregando-na-cachoeira-do-escorrega-em-maromba

O seu nome não é à toa, já que lá é possível descer a queda d’água em um escorregador natural de 30 metros. A água é cristalina e extremamente gelada, mas para quem encara esse banho, a sensação é de limpar a alma. Ao seu redor, uma estrutura de restaurantes e lojas permite que o turista passe boa parte do seu dia ali.

visconde-de-maua-rj-hippies-na-vila-de-maromba

As pernas já estarão doendo quando o visitante chegar ao terceiro dia em Visconde de Mauá, então, por que não uma cavalgada? Graças à geografia dos vales da região, o entorno da vila conta com ótimas trilhas para percorrer a cavalo. São diversos percursos à sua escolha que levam a poços e cachoeiras escondidas.

visconde-de-maua-rj-poço-dama-de-honra-no-acesso-a-cachoeira-do-veu-da-noiva

visconde-de-maua-rj-cachoeira-veu-da-noiva-proximo-a-vila-de-maringá

O ar frio das montanhas e tanto exercício físico pedem uma boa refeição, mas, quanto a isso, fique tranquilo, pois a vila é referência em gastronomia. São diversas opções de restaurantes que vão muito além do que se pode experimentar em três dias. Eles servem desde a saborosa comida mineira até a culinária internacional, com destaque para a italiana e a francesa. Para quem gosta de peixe, a truta é um prato típico do local. Não deixe de acompanhar as refeições com vinhos e cachaças de alambique e esquente a noite fria do vilarejo.

visconde-de-maua-rj-restaurante-no-lado-mineiro-da-vila-de-maringá

visconde-de-maua-rj-restaurante-na-parte-carioca-da-vila-de-maringá

Passeie pelas lojinhas de artesanato espalhadas pelo centro da vila e prove o saboroso bolo húngaro acompanhado de calda de chocolate para fechar a noite.

visconde-de-maua-rj-vila-de-maringá-de-minas-gerais

Depois de três dias na aconchegante Visconde de Mauá, você levará de volta para casa uma bagagem cheia de energia para retomar a rotina e muita, mas muita vontade de, em breve, voltar a esse cantinho da Serra da Mantiqueira e conhecer mais do que ele tem a oferecer.

 

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  13 de Maio de 2015

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2018 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site