Círio de Nazaré – a maior Festa Católica do Brasil

Publicidade

Os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, mostram que 64,6% dos brasileiros têm o catolicismo como sua opção religiosa. Com isso, há uma grande popularidade no que diz respeito à comemorações cristãs e o Círio de Nazaré está no topo da lista.

Nossa Senhora durante a procissão do Círío de Nazaré, em Belém - PA. Foto Banco de Imagens / www.guiaviagensbrasil.com

Nossa Senhora durante a procissão do Círío de Nazaré, em Belém – PA.
Foto Banco de Imagens / www.guiaviagensbrasil.com

Considerada a maior manifestação católica do Brasil e, estando entre as maiores do mundo, essa festa paraense leva milhares de pessoas até Belém todos os anos.

Mesmo não sendo católico, vale a pena conferir de perto as comemorações. Além da religiosidade, o Círio de Nazaré também possui um cunho cultural bastante forte, sendo bem característico da região Norte do país. Conheça um pouco mais da festa e entenda porque ela movimenta tantos turistas por aqui.

A devoção à Nossa Senhora de Nazaré

Com uma devoção forte em Portugal, a crença à Nossa Senhora de Nazaré veio parar no Brasil com a chegada dos nossos colonizadores. Não se sabe se a primeira imagem encontrada em território brasileira foi trazida em alguma embarcação, mas coube ao caboclo Plácido José de Souza que a avistou às margens do igarapé Murutucú, em 1700, o feito de trazê-la para nossa cultura. Já se conhecia um pouco sobre a santa devido o trabalho dos jesuítas, mas a devoção se fortificou ainda mais quando a lenda de que a imagem voltava misteriosamente ao seu lugar de origem se propagou, romeiros de todos os lugares do país chegavam em busca de seus milagres.

Explicando melhor, quando Plácido achou a santa, diz-se que ele a levou para casa, a limpou completamente e a guardou em um altar. Misteriosamente, no dia seguinte, a santa tinha sumido e voltara para o igarapé Murutucú. O episódio se repetiu algumas outras vezes, até que Plácido enviou a imagem para o Palácio do Governo, que autorizou a construção de uma capela no igarapé, para guardar a santinha.

O primeiro Círio de Nazaré

A primeira vez que o Círio de Nazaré ganhou forma foi em 1792. Reconhecendo os diversos milagres atribuídos à Nossa Senhora de Nazaré, o Vaticano autorizou uma grande procissão em sua homenagem, realizada da Catedral da capital até a Basílica de Nossa Senhora de Nazaré. No ano seguinte, a festa entrou para o calendário oficial de Belém, mas ainda não tinha uma data fixa. Foi somente em 1901 que o segundo domingo de outubro tornou-se o mais importante para os romeiros que participavam do Círio.

O Círio de Nazaré

Essa é uma festa que movimenta cerca de 2 milhões de pessoas a cada ano, então a programação antecipada vale muito. Em 2015 a festa ocorre de 6 a 26 de outubro, veja programação completa no site (www.ciriodenazare.com.br).

Você está conferindo dicas do Círio de Nazaré. Se está gostando, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide os amigos para visitar Belém e participar desta incrível festa!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

Romaria Rodoviária

A festa do Círio de Nazaré começa na sexta-feira, quando a imagem da santa é levada de Belém até Marituba e, posteriormente, até Ananindeua. Esse percurso possui cerca de 50 quilômetros e muitos romeiros o fazem a pé. A imagem de Nossa Senhora de Nazaré sai da Basílica ao meio dia em ponto e chega em seu destino final aproximadamente às 20 horas do mesmo dia.

Em Ananindeua, há uma vigília no mesmo dia da chegada da santa e, no sábado pela manhã, inicia-se a Romaria Rodoviária. 10 igrejas recebem a santa para as comemorações do Círio. São elas:

• Matriz de Ananindeua.
• Igreja do Menino Deus
• Igreja de Nossa Senhora da Graças
• Igreja de São Vicente de Paula
• Igreja de São Lucas
• Igreja de Santa Paula Francinete
• Igreja de Santa Rita de Cássia
• Igreja do Divino Espírito Santo
• Igreja do Amparo
• Igreja de Santo Antônio de Pádua
• Igreja de São Miguel Arcanjo

Ao término da última igreja, a santa inicia a Romaria Fluvial, em Icoaraci.

Romaria Fluvial

A Romaria Fluvial também acontece no sábado. Ela sai do Trapiche de Icoaraci, às 8 horas e chega em Belém às 11 horas, terminando na Estação das Docas. Aqui há uma recepção do chefe do estado e uma grande festa em homenagem à santa.

Moto Romaria

Saindo da Estação das Docas, a santa vai até o Colégio Gentil Bittencourt em uma romaria de motociclistas por cerca de dois quilômetros e meio. É possível seguir essa romaria também com outros tipos de veículos ou até mesmo a pé, mas são as motos que formam o esquadrão da festa. Muita festa e homenagens à santa também são feitas nesse percurso.

Transladação

Esse é o último evento do sábado. Às 17 horas é realizada uma missa no Colégio Gentil Bittencourt e, posteriormente, todos os romeiros seguem em uma procissão até a Igreja da Sé. Esse é um dos momentos mais bonitos do Círio de Nazaré. Por ser a noite, há um espetáculo incrível de velas pelo caminho, deixando a visão encantadora para qualquer um.

Círio de Nazaré

O final da festa acontece no domingo. Já na Igreja da Sé, onde é realizada uma missa às 5h30min e às 7 horas e tem o início da procissão oficial. Esta última caminhada tem cerca de 4 quilômetros, quando a imagem chegará na Praça Santuário de Nazaré. Aqui mais festas acontecem e será onde você encontrará a maior circulação de devotos.

Romarias paralelas

Durante todo o final de semana, romarias paralelas acontecem em menção à Nossa Senhora de Nazaré:

• Ciclomaria
• Romaria da Juventude
• Romaria dos Corredores
• Romaria das Crianças

Entre outras. Você pode conferir toda a programação oficial do Círio de Nazaré no site oficial (www.ciriodenazare.com.br) da festa.

Encerramento

A festa tem encerramento na última missa, às 20 horas do domingo, realizada na Praça do Santuário de Nazaré. Também há show pirotécnico e um salve à santa.

Hospedagem e alimentação

O Círio de Nazaré é bastante movimentado, como você pode perceber acima. Diversas excursões saem de todas as partes do Pará, outros estados vizinhos e de vários pontos do Brasil. É possível encontrar pacotes em agências de turismo, com preço em conta, já incluindo hospedagem.

Balém tem estrutura para receber todos os turistas, mas o planejamento é imprescindível para quem quer curtir a festa sem preocupação. Então a dica é sempre organizar-se o mais cedo possível para encontrar as melhores opções de hotéis e pousadas.

Quanto à alimentação você não sentirá dificuldades. A cidade fica bastante movimentada e todos os restaurantes trabalham para oferecem o melhor da culinária regional para os romeiros.

Depois da festa religiosa, tire uns dias para ver todas as belezas de Belém e turistar muito pela cidade. Passeie no Mercado Ver o Peso, no Mangal das Garças e aproveite até as praias. Confira 7 motivos para visitar Belém neste outro post!

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  12 de outubro de 2015

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2018 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site