Cabo de Santo Agostinho

Publicidade

Translator / Tradutor

Cabo de São Agostinho, relativamente próximo da capital pernambucana abriga um espaço rústico de belezas naturais e construções históricas. A costa litorânea composta por nove praias, cada qual com uma beleza particular, atrai turistas de todos os cantos. Apesar de ficar a maior parte do tempo deserta, exceto a praia de Gaibu considerada a mais badalada da região, os surfistas costumam marcar presença constante nas praias que apresentam, em sua maior parte, condições favoráveis para a prática do surf com mar de ondas fortes.

Os trechos mais vazios, onde a tranquilidade reina são Itapuama, Paiva, Pedra do Xaréu e a escondida Calhetas. Algumas apresentam acesso em propriedade residencial ou complicado por estrada de terra e pedras, mas a visita compensa. Mesmo aquelas praias que apresentam águas perigosas para banhos devem ser visitadas, como forma de aproximação da natureza. Os bares presentes em quase todas as praias são sempre bons atrativos para os que querem bebericar, degustar um bom prato e contemplar a vista. Dentre as belezas das praias se destacam as pedras e coqueiros que contornam a encosta, a estreita faixa de areia, a presença de mata nativa, alguns recifes que formam piscinas naturais, barracas estruturadas e por aí vai.

Nessa linha de passeios ao ar livre surgem percursos de bugue, a pé ou bike através de trilhas em plena mata ou circuitos de terra, piscinas de argila onde pode-se desfrutar do medicinal banho de lama e algumas práticas de turismo de aventura como tirolesa, rapel e até asa delta da onde poderá obter uma vista privilegiada da cidade e dos arredores.

Passeios culturais e históricos também devem integrar o roteiro em Cabo. Vale a pena conhecer a rústica Vila de Nazaré onde estão a Igreja Nossa Senhora de Nazaré de 1679, o Museu do Pescador com exposição fotográfica e ingredientes regionais da culinária pernambucana, as ruínas do Convento Carmelita de 1731 e o Forte Castelo do Mar de 1722, onde se observa a cidade. Lembre-se de visitar os antigos engenhos, destaque para o Engenho Massangana que resguarda a história da comunidade. No quesito cultural, siga para o Mercadão, onde se encontra peças em cerâmicas, madeira, bordados e itens da aclamada culinária nordestina.

Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Cadastre-se

Procurando dicas de viagens
pelo Brasil?
Cadastre seu email e
receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site