Salinópolis

Publicidade

Translator / Tradutor

Salinópolis, mais conhecida como Salinas é puro agito no verão. É um dos destinos mais procurados na alta temporada entre junho e outubro quando as chuvas diminuem. Em julho o movimento triplica devido às férias escolares. A praia do Maçarico é a que recebe grande parte dos visitantes por ser extensa, com quase 2 km de calçadão para caminhadas e com bares e quiosques dispostos para servir os visitantes com delícias tradicionais e uma cerveja gelada.

A culinária paraense é o forte do local, assim como alguns shows que tomam conta da praia de tempo em tempos trazendo ainda mais movimentação para a região. Além dessa praia, a praia de Atalaia também tem seu charme e recebe também boa parte dos visitantes, fica a 14 km da parte central e pode-se chegar através de estradas pavimentadas.

As piscinas naturais dispostas na região atraem crianças e banhistas, assim como o Lago Coca-Cola que leva o curioso nome pelas águas escuras, porém limpas que resguarda. As dunas brancas do entorno também são belezas que surpreendem desavisados. Para quem busca menos burburinho vale conhecer a praia Maria Baixinha com paisagens intocadas possíveis através de barco saindo da vila de Cuiarana. Os adeptos do surf, entretanto, podem se dirigir à praia da Marieta, também conhecida como Ilha do Marco, em que constantes ondas fortes marcam presença.

Salinas é uma mistura perfeita de mangue com praias oceânicas. Portão de entrada da chamada Amazônia Atlântica, por isso que turistas do mundo todo e do próprio entorno do Pará se dirigem até lá para usufruir de todo conforto. O município teve um crescimento intenso recente devido à descoberta de petróleo na região. A população não passa de 40 mil habitantes, porém, as visitas apenas no mês de julho chegam a mais de 200 mil.

Em certos períodos do ano a cidade é tomada por celebrações como São Pedro, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e São Benedito, todas de conotação religiosa, mas que reúnem pessoas de todos os credos para dançar e bailar o xote e carimbó. O artesanato da região se destaca pela produção de canoas e remos para pesca, principal atividade e fonte de renda dos moradores. Casas de veraneio, pousadas, hotéis e restaurantes estão à disposição dos turistas que queiram passar uma temporada na região.

Conheça a capital Belém.

Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Cadastre-se

Procurando dicas de viagens
pelo Brasil?
Cadastre seu email e
receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site