Jalapão

Publicidade

Translator / Tradutor

O Jalapão situado em Tocantins é famoso em todo território nacional. Isso porque trata-se de um conjunto de cinco áreas de conservação ambiental. O roteiro inclui um Parque Estadual com 34 mil metros que, como forma de comparação, é maior do que o Sergipe e Alagoas juntos. O local é realmente um achado da natureza, pois agrupa piscinas cristalinas, cachoeiras, dunas de coloração alaranjada e que podem chegar até 40 metros de altura, chapadões que revelam cenários intocados e servem de mirantes, dentre outras belezas. Inúmeros turistas chegam até Jalapão para desbravar suas belezas naturais, porém a quantidade de visitas ainda é tida como reduzida pela Secretaria de Turismo. Talvez o fato se explique pela criação recente do parque, fundado em 2001 e também pelo difícil acesso, em que se chega por estrada não asfaltada com veículos de rali 4x4.

Apesar da dificuldade de acesso o parque merece ser visitado pela riqueza natural extremamente preservada. Os cenários no meio do cerrado são cercados por um verde vivo que impressiona. Alguns animais podem ser encontrados circulando na floresta como os lobos-guarás e os veados do mato. O local é tão paradisíaco que não há contato com o mundo exterior, pois celulares e qualquer outro tipo de tecnologia não funcionam por ali. Este é o melhor pretexto para fugir da correria urbana e encontrar a paz interior necessária para renovar as energias.

Dentre os atrativos mais indicados de Jalapão estão: a cachoeira da Velha, o Fervedouro, o Mirante e as Dunas que fica próximo ao município de Mateiros. Para conhecer os principais atrativos é recomendado reservar alguns dias, uma vez que cada atrativo fica distante do outro. Lá indica-se o mergulho nas águas refrescantes e nas piscinas naturais esverdeadas. Apreciar o por do sol do alto das dunas também é obrigatório para qualquer visitante. Os mais radicais podem praticar o rafting no Rio Novo ou o trekking até o Mirante da Serra do Espírito Santo. Os apreciadores de cultura local e artesanato podem entrar em contato com a comunidade quilombola que lá vive e produz o famoso artesanato em capim dourado, admirável e rico em detalhes.

O ideal é fechar um pacote com pernoites, transporte, refeições e passeios inclusos para não correr o risco de ficar sem hospedagem em uma das poucas pousadas da região. A melhor época para conhecer a região e usufruir ao máximo das belezas do parque é de maio a setembro, período de estiagem, em que chove menos descartando os perigos das trombas d´água nas cachoeiras.

Conheça também a capital do estado: Palmas.

Dicas Recentes do Blog sobre Jalapão

Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Cadastre-se

Procurando dicas de viagens
pelo Brasil?
Cadastre seu email e
receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site