Torres

Publicidade

Translator / Tradutor

Torres é uma das cidades mais antigas do litoral do Rio Grande do Sul e a que possui uma beleza diferenciada, as falésias a beira-mar.

Distante 193 km a nordeste de Porto Alegre, na divisa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, Torres era o elo principal entre o Brasil e os povoados portugueses da Colônia do Sacramento no Uruguai. Considerada uma passagem estratégica, foi instalado no local um posto fiscal, que logo se transformou em Guarita Militar da Itapeva e Torres (entre 1774 e 1776). Em 1837 foi criada a Freguesia de São Domingos das Torres, que ganhou este nome devido aos enormes penhascos que se erguem entre as praias, parecendo torres de vigia, tendo três principais (Torre Norte, do Meio e Sul).

Em 1915, o Sr. José Antônio Picoral vislumbrou o potencial do local de receber visitantes e foi o pioneiro da indústria turística da região. Hoje é inegável o valor de Torres, que conta com 23 km de orla marítima com belíssimas praias, além de lagoa, dunas, rio e muitas outras belezas naturais.

O cartão-postal da cidade é a Praia da Guarita, que mistura enseada com areia clara e mar cristalino e os penhascos rochosos, as falésias, que gera um contraste encantador. As águas são agitadas e apenas os surfistas as encaram procurando boas ondas. Já nas areias a tranquilidade predomina, sem quiosques nem vendedores ambulantes. A praia também abriga o Parque Estadual José Lutzenberger, mais conhecido como Parque Estadual da Guarita, ponto obrigatório de visitação.

O Parque da Guarita foi criado em 1971, com o objetivo de proteger o ambiente geológico, ambiental e paisagístico de Torres. O parque possui uma trilha curta para subir ao topo da Torre Sul e após o percurso de cerca de 5 minutos a vista é deslumbrante.

A Torre Norte é chamada de Morro do Farol e já abrigou um cemitério indígena, o Forte de São Diogo, em 1777, e foi o local da construção do primeiro farol da cidade, em 1911. Hoje é um ponto de muita visitação, com 600 metros de largura e altitude superior a 46 metros, descortina uma bela vista da região, com todas as praias, falésias, lagoa, dunas e a Ilha dos Lobos ao fundo. Pela chapada serve de rampa para voos de paragliders.

A Torre do Meio é a maior das torres. Conhecida como Morro das Furnas, está localizada entre as Praias da Cal e da Guarita e possui uma trilha que atravessa o platô, sendo uma ótima opção de trekking.

A Praia de Itapeva, ao contrário da Guarita, possui mar calmo, ideal para banhos, e a orla com 6 mil metros de extensão tem a faixa de areia bastante concorrida pelos praticantes de caminhada, corrida e frescobol. No local está o Morro da Itapeva, que possui trilhas ecológicas pela vegetação nativa, dunas até a lagoa, além de área para camping.

A Praia Molhes é a maior de Torres e a mais frequentada no verão, pois possui uma larga faixa de areia dourada e grossa e mar com boas ondas e águas cristalinas, ideal para banhos e também esportes náuticos, como o surf e pesca esportiva. A praia possui ótima infraestrutura turística, com pousadas, bares e restaurantes.

Já a Praia Grande possui 2 km de extensão e é onde são realizados os shows da programação de verão e eventos esportivos. A Praia se estende da barra do Rio Mampituba até o primeiro afloramento rochoso do litoral, sendo ideal para banhos de mar.
A Praia da Cal tem este nome devido aos antigos fornos de torrefação de conchas retiradas de sambaquis para fabricação de cal. Localizada entre o Morro do Farol e o Morro das Furnas é o local das casas de veraneio.
E na Prainha, a paisagem é outra, onde a grama toma lugar da areia, formando um bom gramado para piqueniques e para banhos de sol. Chamada também de Praia do Meio, possui apenas 600 metros de extensão e não é muito adequada para banhos.

Torres também possui dunas, cujo ecossistema se estende por 622 km do litoral gaúcho, desde o arroio Chuí, ao sul, até o rio Mampituba, em Torres, formando o maior sistema de praias arenosas do mundo. No local há a prática de sandboard, que é a descida pela duna com uma prancha de madeira, e brincadeiras de esqui na areia.

Outra beleza da região é a Ilha dos Lobos, uma reserva ecológica de formação vulcânica, que está localizada a cerca de 1.800 metros do continente. A ilha é ponto de descanso de lobos e leões marinhos durante suas rotas migratórias, além de ser habitat de aves e mariscos. É considerada um Refúgio da Vida Silvestre pelo Instituto Chico Mendes, sendo proibida a pesca, o desembarque na ilha ou qualquer prática esportiva. Pela diversidade de fauna, há um passeio de barco que circunda a Ilha dos Lobos, com observação dos animais e também do navio Avai, naufragado em 1963, que se partiu ao meio depois de bater nos rochedos.

E para os praticantes de esportes que querem variar das águas do mar, a Lagoa do Violão é boa opção. Localizada no centro da cidade, a Lagoa do Violão tem esse nome por seu formato que lembra o instrumento de cordas. O local é aproveitado para a realização de esportes aquáticos e pescaria.

Já na divisa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina está o Rio Mampituba, que em tupi significa ‘rio de muitas curvas’. As suas margens sinuosas concentram os melhores restaurantes de Torres, que servem desde o tradicional churrasco gaúcho aos pratos requintados de peixes e frutos do mar. E pelo leito há um passeio de barco, com a observação dos municípios de Torres e Passo de Torres/SC, além dos manguezais e vegetação nativa. Os passeios saem do trapiche da Ponte Pênsil. A Ponte é a ligação entre Torres e a vizinha Passo de Torres/SC e foi inaugurada em 1985, sendo apenas para travessia de pedestres.

Torres é bonita o ano inteiro, mas no período de agosto a novembro fica especial. É quando as baleias-francas passam pela região a procura de águas mais quentes para procriar e podem ser vistas pertinho da praia, principalmente do Morro do Farol.

Especial fica o céu de Torres no período da Páscoa, quando a cidade recebe o Festival de Balonismo, que deixa um colorido encantador. As provas são realizadas bem cedo ou ao entardecer, e a noite a programação continua com muitos shows.

Encantos em Torres não vão faltar.

Saiba mais também sobre Porto Alegre.

Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Cadastre-se

Procurando dicas de viagens
pelo Brasil?
Cadastre seu email e
receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site