Monte Roraima

Publicidade

Translator / Tradutor

O que dizer do Monte Roraima, um dos picos mais altos do Brasil? É um local primitivo, imenso, exótico, impressionante e desafiador. Quem já encarou o desafio se apaixonou e pretende voltar e quem nunca foi não sabe o que está perdendo. O Monte Roraima é passeio obrigatório para aventureiros e pessoas que se interessam por história, uma vez que é uma pequena amostra de como era a vida no início da Terra. Isso porque é um dos lugares mais antigos do mundo, até mesmo na época dos Dinossauros o monte já existia há muito tempo. O Monte Roraima parou no tempo e está aberto para visitação de equipes de pesquisa, estudo e também para curiosos no tempo livre. O extenso território se divide em três fronteiras: Venezuela que possui a maior parte do território com 85%, Guiana com 10% e Brasil com apenas 5%.

O Monte Roraima é o segundo ponto mais alto do Brasil com 2.875 metros de altitude. A ação da natureza surpreende por ali com paredões e rochas que dão formas a lindas esculturas. Além disso, o monte abriga muitas cachoeiras cristalinas, lagos refrescantes, esculturas em cristal, espécies de bromélias e outras incontáveis espécies exóticas da flora amazônica e até mesmo alguns animais. Cientistas, biólogos, antropólogos, aventureiros, místicos, historiadores e curiosos se dividem entre os visitantes que buscam escalar o paredão de pedra para encontrar respostas ou apenas contemplar a vista em um momento de paz interior. A formação do monte teve inicio há mais de 150 milhões de anos e promete ficar firme e forte por mais milhões de anos para que as próximas gerações desfrutem de suas belezas.

A temperatura lá no alto pode variar de 5° a 35° e, por isso, é importante levar agasalhos e roupas adequadas para todas as situações. Prepare-se para o vento que pode chegar a 100 km/h. A paisagem de tirar o fôlego e surpreender desavisados é roteiro obrigatório para amantes da natureza. Para ter uma experiência completa pode-se buscar por agências especializadas em turismo de aventura que na companhia de guias levam os aventureiros até o alto do cume em uma jornada de seis a oito dias, com direito a camping selvagem e muita emoção.

O acesso ao monte se dá apenas por Venezuela, uma vez que as áreas do Brasil e Guiana estão bloqueados por paredões imensos. Para chegar, basta seguir para Santa Helena de Uairém na Venezuela a partir de Boa Vista em Roraima. De lá deve-se chegar até a aldeia Pémon de Paray Tepuy que é o ponto de saída para o Monte Roraima.

Conheça também a capital Boa Vista.

Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Cadastre-se

Procurando dicas de viagens
pelo Brasil?
Cadastre seu email e
receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site