Guaratuba

Publicidade

Translator / Tradutor

Um dos balneários mais agitados do Paraná, assim é a cidade de Guaratuba. Os índios Carijós, que foram os primeiros habitantes destas terras, deram o nome de Guaratuba, cujo significado é “muitos guarás” a este lugar. Esse é um dos municípios mais antigos do Estado do Paraná e está entre os cinco fundados no regime colonial.

Mesmo que em 1656 a cidade já tinha moradores, somente em 1765 o governador da Capitania de São Paulo, D. Antonio de Souza Botelho Mourão, determinou que se formasse uma povoação na enseada de Guaratuba, objetivando assim, o incremento cultural, social e econômico por lá.

Com 22 quilômetros de orla, a cidade de Guaratuba dispõe de uma excelente infraestrutura de lazer e de serviços, isso tudo sem perder o clima de vila de pescadores, o que dá um charme a mais ao lugar. É muito comum observar embarcações rústicas, colorindo as praias de águas cristalinas, principalmente em Caieiras, onde se encontra uma colônia e onde a pesca é praticada diariamente.

Em alta estação, o agito está na Praia Central, onde o mar é calmo e a localização atrai muitos turistas de todas as idades. Na Praia de Brejatuba, fica o ponto de encontro dos surfistas, devido ao seu mar aberto, vegetação natural e boas formações. É lá que acontecem campeonatos estaduais.

Ao visitar a cidade de Guaratuba, não deixe de fazer um passeio imperdível: de barco pela Baía de Guaratuba. Com um status de Área de Proteção Ambiental, você se depara com rios, mangues, ilhas e uma vegetação típica. Isso tudo sem contar a paisagem especial que ganha contornos bem mais estonteantes no pôr do sol.

Mas o roteiro mais concorrido é o que leva para o Salto do Parati, que é cascata muito agradável que forma a imensa piscina natural. Só que para poder chegar até à queda, é necessário caminhar por uma trilha maravilhosa, repleta de pássaros, ponte pênsil, antigas construções e diversas plantas nativas.

No centro da cidade, não deixe de visitar a igreja de Nossa Senhora do Bonsucesso, que fica na Praça Alexandre Mafra. Ela foi construída em 1768 e possui uma fachada típica das capelas litorâneas que preserva a época. Aproveite e circule pelos arredores da praça e aprecie o casario colonial.

A tragédia de 1968

Em 22 de setembro de 1968, Guaratuba teve parte da cidade engolida pelo mar. O mar engoliu uma parte do centro onde funcionavam a Câmara Municipal, a Prefeitura e diversas outras construções da época.

O fenômeno teve sua origem nas correntes marítimas que fustigavam a área entre o trapiche, a ponta do pinto e o muro de arrimo. Com este fenômeno, se perdeu documentos históricos, que continha informações sobre os fundadores da cidade e todo o seu relato.

Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Cadastre-se

Procurando dicas de viagens
pelo Brasil?
Cadastre seu email e
receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site