Olinda

Publicidade

Translator / Tradutor

Apesar de Olinda ser reconhecida mundialmente por seu Carnaval de rua, a cidade não é só isso. Olinda é muito mais do que os bonecos gigantes, frevo e dois milhões de foliões que lotam as ruas todos os anos. A cidade guarda um rico Centro Histórico com capelas, basílicas e igrejas clássicas que vão do barroco ao rococó e marcam a presença da intervenção europeia com azulejos portugueses adornando fachadas e ambientes internos. A presença refinada dos revestimentos em ouro e lustres de cristais tornam cada atrativo ainda mais exuberante. Alguns museus com aspectos da cultura popular e exposições artísticas também se evidenciam. Vale a pena vislumbrar mais de perto os casarios coloniais que hoje dão vida a charmosos cafés e sofisticados bares e restaurantes. A visita interna é um convite arquitetônico e principalmente gastronômico.

A gastronomia é, aliás, um dos destaques mais interessantes da cidade. A rica comida do nordeste se apresenta nas barraquinhas de tapiocas e crepes pela cidade, nas cafeterias que servem café com bolo de rolo e a típica cartola (banana frita com queijo manteiga derretido e canela). As delícias salgadas são os carros-chefe dos elegantes restaurantes com risotos de frutos do mar, Taba da Salvação com iscas de carne de sol misturadas com queijo coalho, banana e castanha de caju etc. Os bares não ficam atrás com seus bolinhos de camarão, empadas de queijo coalho e reino, coxinhas de caranguejo, iscas de peixe, escondidinhos de frutos do mar, bolinhos de bacalhau e por aí vai, tudo obviamente acompanhado de uma cerveja gelada.

Para completar o passeio tradicionalíssimo vale a pena visitar as ruas do Amparo, Rua Bernardo Vieira de Melo, Alto da Sé e Praça do Monte onde estão os artistas regionais e seus inúmeros produtos: objetos de decoração para casa, suvenires e lembrancinhas regionais, imagens sacras, bonecos gigantes ou em miniatura, roupas, marionetes, cachaça e doces típicos.

Se estiver pelos arredores no momento em que acontece alguma celebração ou evento, o que não é difícil em Olinda, aproveite para se esbaldar com as rodas de dança, sambadas de coco, serestas e tambores típicos do maracatu. Dentre as festividades, além do Carnaval estão: São João, Semana Santa, Mimo, Fenearte, Arte em Toda Parte e Fliporto.

Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Cadastre-se

Procurando dicas de viagens
pelo Brasil?
Cadastre seu email e
receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site