Alter do Chão

Publicidade

Translator / Tradutor

Alter do Chão ainda é um dos destinos mais escondidos do Pará. Turistas do Sul e Sudeste não a conhecem como deveriam, apesar de já ter sido divulgada como uma das mais belas praias do Brasil no renomado jornal inglês ‘The Guardian’. Permeada por ilhas com faixas de areia largas e brancas, águas esverdeadas banhadas pelo Rio Tapajós permitem banhos e passeios de barcos que adentram a floresta. Nas praias o único cuidado que se deve ter é com as arraias que podem surgir e ser um risco aos banhistas. Para curtir as praias visite entre agosto e fevereiro, período em a praia é formada pela vazante do rio Tapajós.

Não é a toa que Alter é denominada de Caribe Amazônico, a sua água ora azul ora verde se contrasta com a areia branquinha e macia. As barracas montadas na orla das praias são os lugares privilegiados para admirar a paisagem munido de um drink gelado e de um tira gosto. Os barquinhos de madeira ao longe completam o visual rústico tão comum no norte do Brasil.

A aldeia de pescadores fica a 35 km de Santarém e grande parte dos turistas que visitam a cidade, aproveitam para conhecer Alter do Chão e poder afirmar se a denominação de “mais bela praia” é confirmada na prática. Cruzeiros que percorrem a bacia do Rio Amazonas costumam navegar por ali e tem parada garantida em Alter para surpresa e felicidade dos turistas.

Dentre os passeios que merecem ser realizados estão a Floresta Nacional do Tapajós com direito a visita às comunidades de Maguari e Jamaraquá, Reserva Extrativista onde é possível se envolver com projetos sociais e realizar trilhas e observação de animais, Lago Verde e Floresta Encantada em que pode-se mergulhar ao lado de peixes, Canal do Jari onde se encontram as preguiças, macacos, aves de espécies diferentes, além das incríveis vitórias-régias. Para completar o passeio turístico deve-se visitar as lojas de artesanato e produtos indígenas da região com objetos como arco e flecha e outros produtos.

As barracas e alguns poucos restaurantes encontrados lá servem pratos típicos como peixadas, bolinho de peixes e pratos à base de frutas exóticas. Alguns doces em compotas, licores, bombons e balas de frutas da região podem ser adquiridas em lojinhas caseiras. Em setembro a Festa do Sairé toma conta das ruas com música, dança, competições, procissões e outras intervenções que duram uma semana na cidade.

Conheça Belém.

Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Cadastre-se

Procurando dicas de viagens
pelo Brasil?
Cadastre seu email e
receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site