Barra do Garças

Publicidade

Translator / Tradutor

Uma das mais estruturadas regiões do Mato Grosso, Barra do Garças, a 515 km de Cuiabá, foi fundada por homens que buscavam suas riquezas minerais, que abundavam em meio a um cenário fantasticamente transbordante em aves e peixes, cachoeiras, lendas místicas e águas hidrotermais. Lugares para relaxar ou praticar esportes radicais são visitados durante todo o ano.

Localizado a 7 km do centro, o Parque das Águas Quentes proporciona aos visitantes experiências deliciosas em suas águas aquecidas naturalmente de 31°C a 43°C, devido suas nascentes vulcânicas com propriedades terapêuticas. O parque conta com uma estrutura que preserva a mata permanente original e oferece para diversão dos visitantes toboáguas, piscinas hidrotermais, restaurantes, duchas, bar molhado, instrutores para aulas de hidroginástica e alongamento. Há também passeios sossegados no Rio da Preguiça, onde é possível dar a volta ao longo do parque com uma boia para desfrutar de uma paisagem naturalmente encantadora. Diversão garantida para toda família!

O Complexo Turístico Salomé José Rodrigues, popularmente conhecido como Porto do Baé, fica às margens do Rio Araguaia e é um ponto cheio de agito, tanto durante o dia, como à noite. Quando o sol está presente, os bares, restaurantes e quiosques oferecem cardápios dos mais variados e saborosos, além do cais ficar bem movimentado pelos jet-skis, lanchas e barcos que praticam esportes náuticos. Já a partir do anoitecer, as boates tornam a cidade mais divertida e iluminada.

O Parque Estadual da Serra Azul, a 5 km do centro, é uma área preservada com 11 mil hectares, antigamente habitada pela tribo indígena Bororó, e onde está o Marco Geodésico do Brasil. Hoje, o Parque é um santuário para a fauna e a flora, que pode ser admirada por todo o seu trajeto. Há trilhas belíssimas repletas de cachoeiras, como a do Pé-da-Serra e a da Maçonaria, sítios arqueológicos e paleontológicos, fendas e cavernas. É neste Parque que fica o Mirante do Cristo, um lugar indescritível, de onde é possível avistar toda a cidade e assistir o encontro dos Rios Garças e Araguaia.

A Serra do Roncador, que fica localizada numa das trilhas do Parque Estadual da Serra Azul, é um lugar intrigante, mágico, cheio de lendas e histórias. Na Gruta Seca, estalactites e estalagmites brotam das formações rochosas que possuem vários túneis. Conta a história, que ninguém conseguiu chegar ao final dos túneis, pois toda iluminação utilizada para explorá-lo, num dado momento se apaga.

No Porto dos Pioneiros, um pequeno cais utilizado como embarque e desembarque de pequenas canoas e caiaques, há uma rocha famosa chamada de S. S. Arraya, onde dizem que durante a guerra do Paraguai, ex-combatentes esconderam uma garrafa cheia de diamantes que nunca foi encontrada.

Um dos pontos de Barra do Garças que gera curiosidade mundial é o Discoporto, uma área famosa por relatos de aparições de disco voadores, que atraem gente de todo planeta para observar e viver inúmeras experiências místicas. Outro ponto místico e intrigante é a Caverna dos Pezinhos, onde tanto nas paredes quanto no teto, há marcas de pegadas de animais e humanas, muitas delas com 6 dedos. Seriam nossos ancestrais?

Outras atrações, como a Lagoa Encantada geram discussões sobre locais lendários que abrigam portais para outras dimensões. Um prato cheio para quem gosta de ciências, mistérios, lugares exuberantes e aventuras.

Para os amantes da pesca, o Rio Araguaia promove a pesca esportiva, atividade naturalmente realizada num rio tão bonito e caudaloso como este. É uma prática que pode ser competitiva, radical, tranquila e silenciosa, dependendo do desempenho e do perfil do praticante.

A Secretaria de Cultura do Mato Grosso está fazendo diversos investimentos na difusão da cultura e do conhecimento da sua população. Além de diversos espaços que fomentam a expansão da criatividade e das atividades locais, foi inaugurado recentemente o Coworking MT, um espaço moderno de muito bom gosto e praticidade que dispõe de internet e ambientes para reuniões, que podem ser aproveitado pela comunidade.

Aproveite para apreciar a história e a arte na Vila Voadeira, que fica a 18 km do centro de Barra do Garças, uma comunidade com 45 casas rústicas e alguns patrimônios tombados, como a Igreja do Pai Eterno e a Praça Coreto. Aproveite a visita à Vila para saborear os quitutes feitos pelos moradores.

E, falando em arte, não deixe de levar sua lembrancinha de Barra do Garças, que pode ser comprado em diversas lojas de artesanato, inclusive na Artes Plásticas de Barra do Garças, que fica no ponto de cultura do Porto do Baé, onde há objetos de artistas variados, que traduzem sua história e crenças em objetos de decoração e tantos outros mimos.

Conheça também a capital Cuiabá.

Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Cadastre-se

Procurando dicas de viagens
pelo Brasil?
Cadastre seu email e
receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site