Roteiro Completo de 3, 5 e 7 dias pelo RIO DE JANEIRO

Publicidade

Translator / Tradutor

Cidade Maravilhosa em qualquer época do ano! O Rio de Janeiro é aquele destino de verão, inverno e todas as outras estações. Independentemente do mês da sua viagem, com certeza dá para encontrar ótimos atrativos. Já publicamos há um tempo um Guia Completo do Rio de Janeiro, mostrando os principais pontos turísticos. Dessa vez montamos um roteiro mais que especial para quem vai ficar até 7 dias na capital fluminense.

belezas-do-arpoador-rj

Além de conhecer as lindas praias cariocas, você poderá circular pelos principais pontos turísticos da capital. Tudo de forma prática, para que nenhum fique de fora. Confira nosso roteiro completo de 3, 5 e 7 dias pelo Rio de Janeiro e planeje-se!

Roteiro de 3 dias pelo Rio de Janeiro

Os três primeiros dias de viagem são aqueles onde você deve encaixar os passeios indispensáveis. Circularemos pelos principais pontos turísticos da capital nos dois primeiros dias e, no terceiro, indicaremos um circuito pelas principais praias, para conhecer o sol carioca.

Dia 1 – Roteiro cultural

Para o seu primeiro dia no Rio de Janeiro preparamos um passeio pelos principais pontos turísticos culturais da cidade. Existem cerca de 10 locais imperdíveis para quem está na capital e você pode dividir o passeio em dois períodos, um circuito pela manhã e outro a tarde.

Após o café da manhã você pode iniciar seu tour pelo Jardim Botânico, considerado um dos mais bonitos do país. O parque tem 137 alqueres e as opções de passeios são incríveis. O Jardim Botânico foi criado por D. João VI, em 1808, com algumas mudas trazidas da Europa. O cultivo por aqui aumentou e hoje algumas espécies são quase que únicas.

imagem-blog-passeio-pelo-jardim-botânico-do-rio-de-janeiro-rj

Além de uma caminhada relaxante, você pode conferir algumas exposições. As principais estão em dois museus: o Museu Botânico com documentos sobre o parque e as plantas que são cultivadas aqui e o outro é a Casa dos Pilões, onde funcionava uma fábrica de pólvoras e hoje está aberta para visitação.

Do Jardim Botânico você segue para o Parque Lage, onde dá para conhecer lindos jardins e antigos prédios com importância histórica e cultural para a cidade. Ele foi construído em 1849 e em 2002 foi tombado como um Patrimônio Histórico e Paisagístico da cidade.

parque lage

Saindo Parque Lage você subirá até a Vista Chinesa, um dos mirantes mais bonitos da cidade. Caso queira pode voltar outro dia para ver o por do sol aqui, mas em qualquer momento do dia a vista é inesquecível. É possível subir até um ponto de carro ou caminhando. Caso opte pela segunda forma, é preciso saber que a subida é bastante íngreme então é bom estar preparado com tênis, roupa leve e muita água.

arquitetura-vista-chinesa-rj

Além do mirante em si, você encontrará na Vista Chinesa duas cachoeiras que são abertas ao público: a Cachoeira da Gruta e a Cachoeira dos Macacos. Vale a pena também fazer uma parada nelas.

No período da tarde você precisará seguir até o centro da cidade para conhecer outros pontos turísticos importantes. Comece pela Biblioteca Nacional do Brasil, onde em um passeio de no máximo 1 hora você descobrirá documentos e publicações importantes para a história e cultura do nosso país. Essa é a maior biblioteca da América Latina e até mesmo que não é fã de leitura se encantará.

biblioteca-rio-de-janeiro2

Daqui você segue para o MAM – Museu de Arte Moderna. Um passeio também de 1 ou 2 horas pelo museu é o suficiente para você conhecer muito da arte moderna do país. Há exposições fixas e temporárias e a paisagem também é muito bonita. Ele fica no Aterro do Flamengo, ao lado da Baía de Guanabara. Eventualmente acontecem shows por aqui e você ainda tem a chance de curtir ótimas festas no MAM.

ciclovia-aterro-do-flamengo-rj

Já quase no final da tarde você segue em direção ao centro, onde é possível circular pela Lapa, passar pela Escadaria Selaron e tirar aquela foto tradicional. Uma dica mais que especial para curtir um super pôr do sol nesse primeiro dia é pegar o Bondinho de Santa Teresa que levará você até o Parque das Ruínas, no alto da comunidade.

turistas-santa-tereza-rj

Clique aqui e veja imagens em 360 graus dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro.

Dia 2 – Pontos Turísticos tradicionais

O dia dois com certeza será menos corrido que o primeiro, mas precisará de um deslocamento maior. Escolhemos quatro pontos turísticos para você visitar hoje, que são aqueles mais tradicionais para todo turista no Rio de Janeiro.

A sua primeira parada é no grande Estádio do Maracanã. O primeiro tour acontece às 9 horas e dura cerca de 1 hora. Caso tenha algum jogo no dia, é possível que os passeios sejam suspensos, portanto, é importante organizar bastante essas datas da sua viagem. Os ingressos para o tour são comprados na própria bilheteria do estádio, mas em períodos de alta estação ou para grupos grandes, nós indicamos entrar em contato com a administração. No tour você irá ao Museu do Maracanã, com muitas histórias, uniformes e peças do nosso esporte favorito: o futebol!

imagem-de-camisas-penduradas-no-vestiario-do-museu-do-maracana-rio-de-janeiro

Saindo do Maracanã seguiremos até o Sambódromo. A passarela do samba mais conhecida do Brasil – e talvez do mundo – abre suas portas não apenas durante o carnaval. É possível conhecer a Marquês de Sapucaí em qualquer época do ano. Aqui você encontra um Museu do Samba, com relíquias das principais escolas e desfiles.

À tarde, você pode começar o seu passeio pelo Cristo Redentor, principal cartão-postal da cidade e um daqueles passeios impossíveis de descartar. O Cristo dispensa apresentações e você pode chegar até aqui de três formas: de van, de trem ou caminhando. A primeira opção é um serviço do Consórcio Peneiras, onde saem vans de pontos estratégicos da cidade e levam você até o alto do morro.

rosto-e-corpo-cristo-corcovado-rj

O trem é o veiculo mais charmoso e procurado por turistas. Ele sobe por toda a Floresta da Tijuca e também deixa você na escadaria do Cristo. Para os mais dispostos e aventureiros, vale fazer a trilha também pela floresta. Além de conhecer todo o trajeto com mais detalhe, você economiza na hora de pagar o ticket de entrada na atração.

estacao-bondinho-cristo-corcovado-rj

Todas as informações sobre como chegar até lá podem ser obtidas pelo site do próprio Cristo Redentor.

A última parada do nosso dia será para ver o pôr do sol mais bonito da cidade, definitivamente. O Pão de Açúcar dispensa também apresentações e você chega aqui com o tradicional passeio de bondinho. Os bilhetes podem ser comprados no local ou pela internet, no site do bondinho.

bonde-alto-pao-de-acucar-rj

Dia 3 – Circulando de Copacabana até Ipanema

Do posto 3 até o 10 você conhecerá a parte litorânea do Rio de Janeiro que mais aparece nos jornais e revistas do mundo. São 5,2 quilômetros de orla que podem ser feitos em um dia inteiro. Dá para caminhar pela orla ou pela praia, caso você tenha mais disposição.

orla-praia-copacabana-rj

Neste trajeto, indicamos parar em alguns pontos estratégicos. O primeiro deles é o Forte de Copacabana, um dos mais antigos e importantes do estado. Pertinho daqui você também encontra a estátua de Carlos Drummond de Andrade, para tirar aquela foto tradicional.

canhao-forte-copacabana-rj

Após aproveitar a manhã inteira na Praia de Copacabana, você pode seguir para o Parque Garota de Ipanema, uma área verde com pista de skate e quadras, muito popular principalmente entre os jovens cariocas. Aqui você já estará no Posto 7, onde também há outro atrativo muito conhecido dos cariocas: a Pedra do Arpoador. Muitas pessoas vêm até aqui para aproveitar o pôr do sol, mas temos outra dica mais que especial para esse final de tarde.

bandeira-vermelha-praia-arpoador-rj

Nas imediações do Posto 8 há a estátua de Tom Jobim, que também é outro ponto muito bom para foto. A Praia de Ipanema é bastante movimentada por jovens e considerada um dos melhores pontos gay friendly do Rio de Janeiro.

guarda-sol-praia-de-ipanema-rj

Se quiser, após Ipanema, você pode esticar até a Praia do Leblon, reduto das celebridades globais, artistas e famosos. Chegando lá você verá uma água azulada, cristalina e calma, além de um belo visual com toda infraestrutura necessária para seu dia. Não é à toa que é a preferida de vários moradores da região.

turistas-praia-leblon-rj

Para terminar o dia, você pode seguir até a Favela do Vidigal e aproveitar a vista do alto do Morro Dois Irmãos. Caso não queira fazer a trilha, que leva cerca de 40 minutos, você pode visitar pontos estratégicos, como o Mirante do Arvrão ou o Bar da Laje. A vista é única e vale muito a pena. O acesso é bem simples e seguro também, pois o local foi pacificado!

Você está conferindo sugestão de Roteiro completo de 3, 5 e 7 dias pelo Rio de Janeiro. Se está gostando das dicas, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide os amigos!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

Roteiro de 5 dias pelo Rio de Janeiro

Os dois próximos dias serão bem menos intensos e indicamos circular pelas praias da cidade, inclusive aquelas que ficam mais distantes do centro da capital.

Dia 4 – Prainha, Grumari e Barra da Tijuca

Você pode começar ou terminar o seu dia pela Praia da Barra da Tijuca. Indicamos essa parte da orla porque é onde se localiza a última estação de metrô da zona oeste do Rio de Janeiro. Mais tranquila, a Barra da Tijuca não fica tão distante da Zona Sul e das principais praias da capital – como Ipanema e Copacabana, que citamos anteriormente.

esculturas-praia-barra-da-tijuca-rj

A Barra da Tijuca tem 18 quilômetros de extensão e possui outras pequenas praias ao longo da costa. A mais movimentada é a Praia da Reserva e a Praia do Pepê, onde fica a famosa Barraca do Pepê. É comum ver muitos kitesurfistas, surfistas e windsurfistas por aqui.

Depois você seguirá para a Prainha, onde dá para aproveitar muito mais tempo. Além de aproveitar a praia em si, indicamos que você tire 1 hora do seu dia para fazer a trilha até o Mirante do Caeté.

foto-prainha-rj

A Praia de Grumari pode ser a primeira ou a última desse dia. Pouco conhecida dos turistas, é perfeita para aquela tarde inteira de descanso. Não há tantas barracas de praia em Grumari – assim como é possível encontrar em outras partes da costa -, mas dá para ter um apoio bem grande de restaurantes e bares nas redondezas.

praia-grumari-rj

Clique aqui e veja imagens em 360 graus das Praias do Rio de Janeiro.

Dia 5 – Conhecendo o AquaRio e o Museu do Amanhã

Logo na manhã do seu quinto dia, dá para aproveitar o AquaRio, um dos aquários mais completos do Brasil. Inaugurado em novembro de 2016, ele conta com cinco andares e 28 tanques com espécies das mais variadas origens.

O AquaRio foi considerado o maior aquário de toda a América Latina e o serviço aqui é verdadeiramente incrível. Reserve a manhã inteira para circular por essas instalações tranquilamente. Os tickets podem ser comprados na bilheteria do aquário ou pela internet.

Saindo do AquaRio você encontrará um dos museus mais disputados do Rio de Janeiro, o Museu do Amanhã. Com uma construção toda futurista, esse museu de ciências traz uma proposta bastante diferente. Completamente interativo, você terá uma noção de como será o planeta nos próximos 50 anos, sob uma perspectiva leve e de fácil compreensão.

Os ingressos do Museu do Amanhã devem ser comprados pela internet, preferencialmente, principalmente se você quiser evitar filas.

O final da tarde do sexto dia pode ser curtindo um barzinho ou simplesmente apreciando a linda paisagem da Lagoa Rodrigo de Freitas, onde você também pode se exercitar ou relaxar.

ciclistas-lagoa-rj

Quem preferir esticar a praia até os últimos momentos do dia, o Arpoador é, sem dúvida, o seu lugar no Rio de Janeiro para o pôr do sol.

admirando-entardecer-praia-arpoador-rj

Roteiro de 7 dias pelo Rio de Janeiro

Os dois últimos dias de passeio pela cidade serão um pouco mais tranquilos. Indicamos um Free Tour para o sexto dia e, no último, um tour na favela para conhecer o legítimo jeito carioca de viver!

Dia 6 – Free Tour pelo Patrimônio Africano

A Boulevard Olímpica foi construída em uma área cheia de história. Você pode fazer um passeio por essa região que dura cerca de 2 horas e acontece todas as segundas e quintas, às 15h30min.

O grupo do Free Walker Tour leva turistas sem cobrar nenhuma taxa por toda essa região. O ponto de encontro é o mesmo do tour anterior, na saída C do metrô Carioca. Você passa pelo Cais do Valongo, pela Doca Pedro II, pela Pedra do Sal, pelo Museu de Arte do Rio, pelo Pier Mauá, pelo Museu do Amanhã e alguns outros pontos.

Também não é preciso agendar esse tour e você precisa apenas se juntar ao grupo para o passeio.

Como você chegará mais cedo em casa neste dia, indicamos que visite algumas das boates e bares de Copacabana e Ipanema. A rua Farme de Amoedo é o point Gay Friendly da cidade, com bares, boates e restaurantes completamente voltados para gays e simpatizantes. É aqui também que acontece parte da Parada Gay do Rio de Janeiro, que se estende até Copacabana.

A Avenida Nossa Senhora de Copacabana também é uma ótima opção para quem deseja curtir a noite. Dos bares, restaurantes e boates mais simples até os mais cobiçados dá para tirar boas horas por aqui.

Outro point delicioso para curtir a noite boêmia, ir a boates, barzinhos descolados e também a casas de Samba de Gafieira é a Lapa. Vale a pena circular nas principais ruas e descobrir muitos lugares sensacionais!

bairro-boemio-lapa-rj

Dia 7 – Tour na Favela

A Rocinha é considerada a maior favela do Brasil e já se tornou um ponto turístico da cidade. Algumas empresas realizam tours de 3 a 4 horas caminhando pela Rocinha, mostrando projetos sociais, estilo de vida e toda a estrutura da comunidade. Como a Rocinha também tem a sua participação na história e cultura da cidade, você aprenderá bastante nesse circuito.

O valor gira em torno de 65 reais e inclui paradas, transporte e tickets, caso sejam necessários. A interação que o turista ganha com a comunidade é, talvez, o maior presente do passeio.

Dica extra!

Existe a possibilidade de realizar tours pela cidade inteira sem gastar com guia. Existem empresas que disponibilizam grupos em pontos estratégicos e essa é uma boa opção para quem viaja com tempo mais curto. A Free Walker Tours é a mais conhecida de todas e disponibiliza grupos para o Rio de Janeiro e Paraty.

Free Tour – Lapa e Centro

O Free Tour pela Lapa e pelo Centro do Rio de Janeiro acontece de segunda a sábado, às 10:30, saindo da portaria C da estação de metrô Carioca, no Largo da Carioca – Centro. Você caminhará por 3 horas, com paradas estratégicas em alguns pontos turísticos dessa região como a Confeitaria Colombo, a Travessa do Comércio, o Palácio Imperial, o Palácio Tiradentes, a Cinelândia, o Teatro Municipal, a Livraria Nacional, os Arcos da Lapa, a Escadaria Selaron, entre outros pontos.

arcos-da-lapa-rj

Não é preciso agendar, mas é importante buscar informações no site ou por telefone caso a sua viagem seja em períodos de alta estação.

Free Tour Copacabana e Ipanema

Você passeará pelos dois mais tradicionais bairros do Rio de Janeiro: Copacabana e Ipanema, conhecendo um pouco além das praias. Você passará pela estátua de Carlos Drummond, Pedra do Arpoador, Bar Garota de Ipanema, Lagoa Rodrigo de Freitas, entre outros pontos curiosos dos bairros.

lagoa-rj

O free tour acontece todas as terças e domingos às 15h30min. O encontro acontece na saída A da estação de metrô Cantagalo.

Esses tours são ótimas opções principalmente para quem viaja sozinho e para quem deseja conhecer mais sobre a história dos locais por onde passa. Recomendamos!

Além desses roteiros há muito o que curtir e passear pela Cidade Maravilhosa. A Floresta da Tijuca para os amantes dos parques nacionais é uma boa pedida. Quem gosta de gastronomia, vai adorar os restaurantes mais requintados da Lagoa e Leblon. O público alternativo tem em Santa Teresa seu ponto de encontro. Surfistas encontram em várias praias ondas perfeitas e a galera das trilhas e escaladas dispõe de vários pontos ótimos na região da Praia de São Conrado, e onde saem voos de asa-delta e parapente, inclusive para turistas.

paraquedas-praia-sao-conrado-rj

Onde ficar no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro dispõe de ampla rede hoteleira. A Zona Sul, que compreende Copacabana, Ipanema, Leblon, Leme e arredores possui muitos hotéis e hostels dos mais variados preços, oferecendo serviços diferenciados. Há ainda opções mais econômicas indo para o Centro e Lapa.

Na região da Barra da Tijuca há algumas opções, porém você poderá gastar mais com transporte para os principais pontos turísticos.

Para escolher o seu local de hospedagem ideal, trace seu roteiro e veja como chegar nos pontos que você deseja. Assim você consegue definir o melhor custo-benefício da sua viagem e ter mais comodidade no período que estiver visitando a Cidade Maravilhosa!

***
E agora você já tem o destino e um roteiro mais que completo da cidade do Rio de Janeiro. Quando nos vemos por lá?

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  02 de janeiro de 2017

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Deixe o seu comentário

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site