RECIFE COM CRIANÇAS: o que saber antes de ir e o que fazer

Publicidade

Translator / Tradutor

Com duas praias urbanas e algumas outras próximas, Recife sempre foi um dos destinos mais procurados por turistas no verão. Principal cidade do Nordeste ao lado de Salvador, a capital de Pernambuco é abençoada com uma bela orla somada a rios e canais que cortam seu território – o que deu a ela o apelido de Veneza Brasileira. Com a boa estrutura e o litoral atraente, não à toa se tornou uma ótima alternativa para viajar com crianças.

A interessante mistura entre a modernidade do centro urbano e o charme do centro histórico (que revela a influência holandesa que teve) é um dos principais motivos para visitar Recife. E com a excelente culinária local, não há por que esperar para levar a família inteira até a capital pernambucana – e também sua “cidade-gêmea” Olinda, apenas 7 km distante.

Entre brincar na areia das praias, conhecer a parte histórica, chamada de Recife Antigo, passear pelos canais e aprender sobre a cultura carnavalesca do frevo e do maracatu, a criançada tem tudo para aproveitar muito as férias na cidade. Além de conhecer uma das capitais mais importantes do Brasil – com todo seu charme colonial ainda presente, a família ainda vai se divertir aos montes em meio a todas as atrações recifenses e olindenses.

Confira dicas do passeio por Recife Antigo aqui!

Como chegar em Recife

Uma capital estadual com aeroporto internacional próprio, o Aeroporto de Guararapes, considerado um dos mais modernos do Brasil. Então não poderia ser mais fácil chegar em Recife, que recebe voos frequentes do país inteiro. Para facilitar ainda mais, o terminal fica em Boa Viagem, bairro mais conhecido da cidade e relativamente perto de tudo.

Ainda existe uma estação de metrô em frente e muitas linhas de ônibus passando em Guararapes para chegar ao local de hospedagem. Ou então pode-se chamar um táxi ou uber, com preços vantajosos e conforto maior para a família – já que o aeroporto está perto dos principais hotéis e da praia de mesmo nome.

Reserve agora seu hotel em Recife!

Para aqueles que moram em outras cidades nordestinas próximas, não é nada difícil chegar a Recife de carro ou ônibus. Quem for dirigindo pode seguir pela BR 101 margeando o litoral, e as distâncias são convidativas: João Pessoa a 120 km (2 horas de estrada), Maceió a 285 km (3h30), Natal a 300 km (4h) e Aracaju a 500 km (6h). Os ônibus todos chegam no Terminal Integrado de Passageiros, mas com o porém de que este fica em um bairro mais distante da região hoteleira.

Quando ir

Naturalmente, viajar com as crianças em geral exige que seja em período de férias escolares – embora feriados prolongados não estejam descartados. Contando com isso, é melhor viajar em julho, embora não haja exatamente inverno no litoral pernambucano e seja uma estação mais chuvosa. O problema do verão todas as praias e atrações turísticas ficam muito cheias, além de tudo mais caro. De toda forma, Recife é uma cidade que recebe grande fluxo de turistas o ano inteiro.

Onde ficar em Recife

A maioria dos turistas que chega na capital pernambucana acaba se hospedando em um dos hotéis de Boa Viagem ou Pina. A preferência é do primeiro bairro por conta da proximidade da praia mais procurada da cidade e também da ótima estrutura de bares e restaurantes que existe por lá (não deixe de provar o tradicional “bolo de rolo”! As crianças vão adorar também!). Por ser um destino sempre cheio, é bom tentar fazer reserva com antecedência no local de escolha.

Infelizmente, o custo-benefício dos hotéis de Boa Viagem não costuma ser lá muito bom, principalmente por conta da qualidade do serviço em relação ao preço cobrado (em geral, bem simples, mesmo nos mais bem recomendados). Mas nada que vá atrapalhar a viagem em família. Uma boa opção é se hospedar em Olinda, onde existem pousadas charmosas e mais baratas. Ou ainda no próprio centro histórico de Recife.

A terceira alternativa, cada vez mais popular, é alugar um apartamento em sites como o AirBnb, OLX e Zap Imóveis – ou qualquer outro do tipo. Pode ser a melhor escolha para acomodar a família com conforto e sem gastar tanto quanto em um dos hoteis perto da praia. Além de ter aquela experiência mais intimista de ‘morador’ da cidade.

O que fazer em Recife e arredores com crianças

Recife sempre foi uma das cidades mais importante do Brasil. Alvo de invasões holandesas, e tudo isso é refletido em suas ruas, seja no litoral ou no centro histórico. Naturalmente, quem viaja com os filhos precisa pensar na diversão deles para a viagem valer a pena, então nada melhor que conhecer as praias locais para que os pequenos possam brincar na areia, tomar banho de mar e curtir muita sombra e água fresca. Afinal, eles merecem nas férias.

Você está conferindo dicas para curtir Recife com as Crianças: o que saber antes de ir e o que fazer. Se está gostando, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

Praias de Recife

Em Recife mesmo existem apenas duas praias, a de Boa Viagem e a do Pina. Boa Viagem pode ter recebido muita publicidade negativa pelos ataques de tubarão, mas não é bem assim. Os incidentes costumam acontecer fora da área protegida pelos recifes, onde é proibido mergulhar justamente por causa dos animais. Então é só ficar dentro das piscinas naturais e, claro, mantenha os filhos na parte mais rasa.

Já a Praia do Pina é menos badalada, mas fica na mesma faixa de areia, subindo para o norte. Possui estrutura semelhante, mas não é considerada tão segura por ser mais afastada. O mar é calmo e bom para o banho, mas é preciso tomar os mesmos cuidados ao entrar na água para evitar problemas.

Arredores com praias e cultura

Para quem pretende aproveitar a oportunidade para conhecer melhor o litoral pernambucano, é imperdível viajar ao sul – alugue um carro em Recife ou procure um ônibus – até Porto de Galinhas (a 50 km da capital) e Carneiros (90 km). São duas das praias mais badaladas do Nordeste e, além da beleza natural incomparável, prometem muita diversão para os pequenos, como as piscinas naturais de Porto de Galinhas e o passeio pelo Projeto Hippocampus com cavalos-marinhos.

Veja dicas de PORTO DE GALINHAS COM CRIANÇAS!

Já o norte do estado também oferece praias bem tranquilas e bonitas para a criançada, como Maria Farinha (40 km) e a Ilha de Itamaracá (60 km), com muita história da colonização holandesa e o Forte Orange, construído no século 17, além de belas praias. Tudo bem pertinho e acessível pela BR 101, garantindo um percurso tranquilo e sem balanços.

As praias de Olinda não são próprias para o banho, embora a orla seja bem urbanizada. Mas é imperdível explorar a cidade vizinha para conhecer toda sua cultura através de construções coloniais como o Mosteiro de São Bento, o Convento de São Francisco e a Igreja da Sé. O passeio histórico tem tudo para ser do agrado da criançada, que vai se encantar com a bela arquitetura colorida de lá e suas charmosas ruas que remontam ao passado pernambucano, já que foi a primeira capital do estado, e tudo isso de trenzinho turístico.

Mais atrações em Recife e Olinda

Para quem quer se divertir ao lado dos filhos, que tal alugar um triciclo e pedalar juntos na Ciclofaixa? Ela passa pela orla inteira e pode ser uma ótima alternativa para conhecer bem a cidade junto com os pequenos. O melhor acontece em feriados e domingos, com as ruas interditadas para carros e perfeitas para andar sem preocupações.

Confira dicas do Carnaval em Recife e Olinda!

A mesma situação acontece no Recife Antigo nesses dias de domingo e feriado. As ruas ficam fechadas, abrindo a oportunidade de levar as crianças para brincarem no centro histórico ou ainda praticarem esportes como skate, patins e bicicleta. O bairro também abriga a Embaixada dos Bonecos Gigantes. Trata-se de um museu que mostra alguns dos muitos bonecões usados no carnaval da cidade, sempre representando personalidades como Alceu Valença, Lampião e até Michael Jackson, entre outros.

Por falar em bonecos, esticando até Olinda é possível visitar o Museu do Mamulengo. São aqueles fantoches teatrais típicos do Nordeste, e no local a criançada pode interagir e brincar com eles. Há uma visita guiada para conhecer a história dos bonequinhos, mas precisa ser agendada com antecedência.

Voltando para Boa Viagem chega-se ao Parque Dona Lindu, ideal para levar os filhos menores. Lá, os pimpolhos podem brincar com segurança em uma área arborizada e cheia de atrativos para eles, como playground e pistas esportivas. Com projeto de Oscar Niemeyer, o local recebe também atividades especiais, que podem ser consultadas em seu site.

Outro lugar de belas áreas verdes é o Museu Ricardo Brennand, que reúne um vasto acervo medieval em um prédio incrível, rodeado de muitas árvores, jardins e esculturas. É um passeio cultural imperdível para os adultos e para as crianças, que conhecerão armaduras, peças antigas, utensílios, entre outros objetos centenários!

Para fechar a viagem, nada melhor do que levar os filhotes para fazer compras e levar lembrancinhas para casa, não é? Para isso há o Mercado de Artesanato de Pernambuco, localizado em Recife Antigo, no Armazém 11, bem próximo ao Marco Zero da cidade. Outra possibilidade é o Shopping Recife ou ainda a Feirinha da Praça de Boa Viagem, não muito longe um do outro.

Somando tudo isso à incrível gastronomia pernambucana, pode ter certeza que os pequenos vão sair da viagem maravilhados com tudo que Recife tem a oferecer. A cidade é muito agradável, com diversas opções de diversão para eles e ainda praias lindas ao redor. Tudo que precisam para as férias perfeitas com toda a família!

***
E aí? Faltou alguma atração sensacional em Recife para ir com as crianças? Conta pra gente nos comentários!

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  06 de dezembro de 2017

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Deixe o seu comentário

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site