PRAIA DO FORTE COM CRIANÇAS: o que saber antes de ir e o que fazer

Publicidade

Translator / Tradutor

O litoral da Bahia é alvo do desejo de turistas não só do Brasil, como do mundo todo. E quem precisa viajar nas férias com filhos, sobrinhos ou qualquer outra criança sabe que sol e mar são quase sempre as melhores pedidas, não é mesmo? Afinal, a maioria das crianças simplesmente adora brincar na areia, correr sem parar, mergulhar e tudo mais que as praias oferecem.

As viagens com a criançada, no entanto, exigem outro tipo de preparação. É preciso pensar com cuidado na logística, nos traslados, na hospedagem e em todos os detalhes para evitar aborrecimentos no caminho e ter menos trabalho. Ou alguém gosta de passar o fim de semana, feriadão ou férias resolvendo problemas? Mas não é preciso ter medo de viajar com os pequenos: é possível garantir a diversão para todos, você e eles, no litoral baiano.

Como percorrer longas distâncias em estradas nem sempre adequadas pode ser ruim para a criançada, quem procura um destino litorâneo na Bahia não precisa ir além da Praia do Forte. Localizada em Mata de São João, o local está bem próximo de Salvador, então é só pegar um avião para a capital do estado e a estrada é curta até lá.

A Praia do Forte ainda se encontra mais perto da capital do que outros destinos famosos da Bahia. A Costa do Sauípe, Morro de São Paulo e a Ilha de Boipeba, por exemplo, também estão razoavelmente próximos. Já outros lugares turísticos como Itacaré, Ilhéus, Porto Seguro, Trancoso, Praia do Espelho e Caraíva ficam ainda mais longe, com acesso um pouco mais complicado, o que dificulta para quem está com os filhos.

Confira também > PRAIA DO FORTE: o que saber antes de ir e o que fazer

E ainda tem alguma dúvida que viajar com a criançada para a Praia do Forte é uma excelente opção para as férias? Preste atenção que vamos te ajudar a saber tudo que precisa para ter a melhor experiência possível nesse paraíso do Nordeste.

Como chegar na Praia do Forte

O que torna a Praia do Forte tão atraente para famílias com crianças é a proximidade da capital baiana. Mata de São João fica apenas 60 km ao norte de Salvador, a aproximadamente uma hora e meia através da Estrada do Coco, nome popular da rodovia estadual BA 099. Ou seja, uma distância bastante suportável para os pequenos de todas as idades. Para melhorar a situação, a via é bem conservada e não há muitos balanços.

De carro, é possível alugar um veículo diretamente no Aeroporto Deputado Luís Eduardo Magalhães e seguir caminho sem perder mais tempo. De ônibus, existem opções diretamente por lá ou na Rodoviária de Salvador – como as linhas azul e verde, que costumam passar sair do terminal e passar no aeroporto. Ainda há outras opções, como o transfer compartilhado ou até mesmo negociando com táxi e uber, que podem ser boas opções para quem não quer dirigir, mas precisa de mais conforto.

Quando ir e onde ficar

O litoral da Bahia é um dos melhores lugares do mundo para viajar justamente pelo tempo bom. Faz sol, e muito, quase o ano todo – com a estação de chuvas entre maio e julho. Como muitas vezes é no meio do ano que dá para viajar com a criançada, pelo recesso escolar, não se preocupe: mesmo nesse período você deve encontrar o clima propício para curtir a praia.

Na alta temporada, como em janeiro e fevereiro, as férias escolares deixam tudo mais cheio. E os preços também sobem na Praia do Forte, como em todo destino litorâneo do Brasil, durante o verão. Mas, ainda assim, Mata de São João ainda é bastante acessível durante o período.

As opções de hospedagem são bastante variadas. Existem resorts de luxo com serviço all inclusive (comida liberada, bebidas à parte); hotéis de altíssimo nível com todo o conforto; pousadas charmosas, com preços mais em conta; e até mesmo hostels, os famosos albergues, de preço barato e galera jovem. Para quem está com os filhos, naturalmente, as três primeiras alternativas são melhores.

Reserve aqui sua pousada ou hotel na Praia do Forte!

De acordo com o tamanho do seu orçamento, é bastante tranquilo escolher a opção ideal para acolher a família inteira. Os resorts costumam oferecer opções de diversão além da praia para a criançada, como animadores, brinquedos e programação especial para os pequenos – além de enormes piscinas com toboáguas para quando cansarem no mar, é claro. Mas não despreze o valor de uma pousada aconchegante, que pode aliviar bastante o bolso e ainda garantir uma estadia bastante confortável para todos.

Você está conferindo dicas da PRAIA DO FORTE COM CRIANÇAS: o que saber antes de ir e o que fazer. Se está gostando, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide os amigos!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

O que fazer na Praia do Forte

Para começar, é claro, as opções de praia. Afinal, é disso que a maior parte das crianças quer saber quando viaja para o litoral, não é? Todas gostam de uma grande faixa de areia onde possam brincar e correr sem problemas, montar castelos e tudo mais. E, se possível, com um mar calminho, cristalino, para se banharem sem preocupação para os pais – e quem sabe ver muitos peixinhos.

E a verdade é que não falta nada disso na Praia do Forte e região. São 14 km de litoral na pequena Mata de São João (que tem menos de 50 mil habitantes) e um total de seis diferentes praias nos arredores. Então não faltam possibilidades para levar os filhos para conhecer tudo que puderem durante a estadia.

Viaje pela Praia do Forte em imagens em 360 graus!

A principal é a Praia do Porto, que fica bem no centrinho da vila de pescadores e é conhecida por muita gente como a Praia do Forte em si. O mar é bem tranquilo, e o local é perfeito para deixar as crianças brincando na água – mas durante a maré baixa, já que na alta as pedras próximas ficam submersas e podem ser perigosas para mergulhar. A movimentação é maior também por ficar na parte central da cidade, e existem muitas opções de comes e bebes por lá.

 

A melhor alternativa, no entanto, pode ser a Praia e Piscinas Naturais do Papa Gente. Ela fica do lado da principal e tem como grande atrativo as belíssimas piscinas naturais formadas por recifes. Um pouco mais funda, exige cuidado com as crianças menores, mas é um belo cenário para levá-los para mergulhar e ver cardumes de peixinhos coloridos. De manhã cedo, na maré baixa, é o melhor horário para aproveitar o máximo do local. Não deixe de visitar esse paraíso com os filhos.

Já a Praia do Lord fica um pouco mais para o norte e apresenta uma paisagem semelhante, com corais formando piscinas na maré baixa. Por lá ainda é possível comer e beber dentro da água, em mesas e espreguiçadeiras colocadas pelos bares.

Saindo um pouco da areia, a visita ao Projeto Tamar é programa imperdível para a criançada. As tartarugas-marinhas chegam na região entre setembro e abril para o período de desova, e o instituto é totalmente dedicado ao estudo e preservação dos animais. No Centro de Visitantes existem piscinas repletas de tartaruguinhas para fazer a alegria dos pequenos, além de outros bichinhos. Eles podem observar tratadores alimentando os répteis, podem passar a mão em tubarões-lixas e muito mais. Um passeio divertido e educativo para todos. Ainda dá para conhecer a loja e levar várias lembrancinhas para casa.

Outro projeto ecológico da Praia do Forte é o Instituto Baleia Jubarte. Nele, as crianças podem conhecer melhor sobre o mamífero, que está em extinção e frequenta o litoral baiano entre julho e outubro. O centro oferece esqueletos, miniaturas, palestras, vídeos e tudo mais para promover a preservação ambiental.

Existe ainda outro passeio alternativo em Mata do São João com a criançada. O Castelo da Torre de Garcia D’Ávila é uma construção histórica, a primeira fortaleza portuguesa no Brasil e o único castelo da época medieval do País. Muita história e cultura esperam por vocês nesse lugar!

E, é claro, a própria Vila da Praia do Forte é um passeio delicioso, pois ela é bastante aconchegante, com a alameda principal fechada para carros, perfeita para caminhar com os pequenos. E quando cansarem é possível pegar um tuk-tuk, uma espécie de moto com cabine, para passear no centrinho. Curta a praça e a feirinha no final de tarde e a aprecie o cenário com a Igreja de São Francisco de Assis charmosa, de frente para a Praia do Porto.

E, quem gosta de ecoturismo – e quer fugir um pouco da combinação areia e sal – pode se aventurar pela Reserva Ecológica de Sapiranga: são 600 hectares de Mata Atlântica, com opções de trilhas e passeios de bicicleta, cavalo ou quadriciclo para a diversão dos filhotes. Ou ainda a Lagoa de Timeantube para andar de canoa e ver o pôr do sol mais incrível da região.

***
Depois de uma viagem dessas, pode ter certeza que as crianças vão voltar para casa renovadas, com energia para o resto do ano e maravilhadas pela beleza da Praia do Forte na Bahia.

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  16 de novembro de 2017

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Deixe o seu comentário

DICAS RECENTES DO BLOG

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site