Guia Completo de PORTO ALEGRE

Publicidade

Translator / Tradutor

Chimarrão, muito churrasco e uma cultura cheia de particularidades. Porto Alegre é a capital mais ao Sul do Brasil e mais parece um país independente. Tudo aqui acontece de uma forma singular e marcante. Se você gosta de áreas verdes, parques e destinos mais naturais, também vai adorar passar uns dias aqui. Sem esquecer, claro, do frio tradicional dessa região que se torna um atrativo a parte nos meses frios do ano. Se você foge de temperaturas baixas também não precisa se preocupar. No verão, o clima de Porto Alegre não deixa nada a desejar à estação e dar uma boa esquentada.

Que tal fazer um pequeno tour por POA? Veja quais os principais atrativos da cidade e onde você não pode deixar de ir enquanto estiver pela cidade gaúcha!

Roteiro Cultural

Cultura é o que não falta em Porto Alegre. De janeiro a dezembro, praticamente todos os meses você encontra um evento cultural de importância nacional ou mundial acontecendo na cidade. Além desses, alguns cantinhos favorecem o apreço dos gaúchos pelas suas raízes e costumes. Se você deseja conhecer também, não deixe de fazer o seguinte roteiro:

O acervo singular no Museu da Arte do Rio Grande do Sul e Memorial do Rio Grande do Sul

O MARGS funciona onde, por muitos anos, foi a Delegacia Fiscal da Fazenda do Estado. Esse é considerado um dos museus mais importantes da cidade por consolidar definitivamente o modernismo no Brasil.

margs-porto-alegre-rs

Só a fachada do museu é de encantar. A arquitetura do século 19 é mantida, assim como o traçado interno do prédio. No MARGS você encontrará o maior acervo público de arte própria do Rio Grande do Sul. Aqui também acontecem, eventualmente, cursos, palestras e encontros. Todos os eventos sempre buscando preservar a cultura do estado.

Não muito diferente, o Memorial do Rio Grande do Sul, que funciona na primeira Agência dos Correios de Porto Alegre, vem com um acervo que conta todas as heranças culturais do estado. Você verá como a influência dos imigrantes alemães foi importante para a construção da cultura da cidade. Também conhecerá mais sobre o desenvolvimento econômico e artístico da capital gaúcha.

Santander Cultural e o seu resgate artístico e cultural mais moderno

O banco Santander investiu fortemente na preservação da cultura porto alegrense com esse espaço mais que especial. A visita lhe mostrará mais sobre as manifestações artísticas e de cultura mais modernas. Ainda assim, é possível conhecer muito do resgate que os atuais personagens das artes gaúchas dão às suas peças. O espaço pede uma visita bem rápida, mas gratificante.

As delícias e as dores de Mário Quintana em uma casa histórica

A Casa de Cultura Mário Quintana poderia tranquilamente entrar em seu roteiro histórico, o que provavelmente acontecerá enquanto você circula pelo bairro, mas o apelo à cultura gaúcha aqui nesse espaço é muito mais significante.

Casa de Cultura Mario Quintana

O espaço é, por si próprio, uma atração à parte. Aqui funcionava o antigo Hotel Majestic, datado da década de 30, também a primeira grande estrutura da cidade. Esse foi, até a década de 50, o hotel mais luxuoso do Brasil. Depois desse período ele foi abandonado, sendo comprado em 1982 novamente pelo Governo do Estado e transformado na casa de cultura em 1990.

A Casa de Cultura Mário Quintana conta com 12 mil metros, divididos em espaços que variam entre salas de exposição, bibliotecas, salões de acervos permanentes e muito mais. Grandes nomes são homenageados aqui, como Elis Regina, Érico Veríssimo e o próprio Mário Quintana.

Tour pelos estádios gaúchos

Gaúcho ama futebol e isso reflete muitos nos estádios Beira-Rio e Arena do Grêmio. Incluímos esse passeio no seu roteiro cultural por ele lhe permitir conhecer um pouco mais sobre os costumes do povo daqui também pelo esporte.

No passeio você ver de perto os campos dos dois maiores times do Rio Grande do Sul, Grêmio e Internacional, podendo saber mais sobre o esporte e a influência dele na cultura e história da cidade. Vale muito a pena ver de perto os dois estádios.

A modernidade e o charme do Iberê Camargo

O artista contemporâneo Iberê Camargo ganhou um espaço com mais de 8 mil metros quadrados na orla do Guaíba. O centro cultural guarda um acervo com quatro mil obras do pintor que estão em exposição permanente nesse prédio, com traços modernos e bem charmosos, de uma arquitetura arrojada.

fundacao-ibere-camargo-porto-alegre-rs

O centro Iberê Camargo foi inaugurado em 2008 e a entrada é totalmente gratuita!

Ciências e tecnologia em um único museu da PUC de Porto Alegre

Podemos também dizer que esse museu é um verdadeiro parque temático. Para quem viaja com crianças esse é, com certeza, um passeio imperdível. Aqui você encontrará muitas curiosidades, pesquisas e estudos de alunos da PUC e outros estudiosos em um ambiente descontraído, muito temático e bem divertido.

São 800 experimentos que você pode tocar e se entreter durante todo um dia. Ainda pode aproveitar “brinquedos” especiais como o Giroscópio Humano e o MTC. O primeiro é um espaço sem gravidade onde você se sente no espaço e o segundo uma bicicleta que simula a geração de energia. Anda há 30 aquários para você conhecer uma diversidade incrível de peixes.

Roteiro Histórico

Muita história tem para se contar em Porto Alegre. Além de ter tido uma participação fundamental em alguns momentos importantes para a construção da nossa república, Porto Alegre conta, através de seus museus e casas históricas como a capital se formou e porque as características daqui são tão marcantes.

Praticamente todos os pontos turísticos de importância história de Porto Alegre ficam no Centro Histórico da cidade. Com um ou dois dias inteiros dedicados a esse bairro, você consegue caminhar por todo o centro e conhecer os museus mais importantes da capital.

Um passeio pela Rua Duque de Caxias

Indicamos você começar a sua caminhada pela Rua Duque de Caxias. Aqui é possível parar e conhecer locais como o Palácio Farroupilha, a Catedral Metropolitana, o Palácio Paratini, o Palacete do Visconde de Pelotas e o Museu Júlio de Castilhos, principal atração dessa primeira rota.

São dois casarões que foram o Museu Júlio de Castilhos. Aqui você encontrará um acervo gigantesco de objetos com importância histórica para Porto Alegre. A parada aqui por alguns minutos vai fazê-lo conhecer muito da história e costumes de Porto Alegre.

Saindo do museu, você pode seguir pela mesma avenida e encontrará a Praça da Matriz. Na verdade, essa praça tem o nome oficial de Praça Marechal Deodoro e, nos antigos registros da capital, aqui só existia um grande cemitério. Com a construção da Igreja Matriz, passou-se a habitar mais a região, até que em 1789, a capital do Rio Grande do Sul que até então era Viamão, passou a ser aqui, ganhando o nome de Porto Alegre.

catedral porto alegre

E é a Igreja Matriz, ou Catedral Metropolitana, nossa última parada na Rua Duque de Caxias. As grandes catedrais das capitais brasileiras são incríveis e essa não poderia ser diferente. A igreja guarda ainda seus traços originais, de arquitetura renascentista e uma cobertura toda em bronze que chama a atenção de quem passa por aqui.

Visita guiada pelo Theatro São Pedro

Bem próximo da Praça Matriz está o teatro mais importante de Porto Alegre e uma das casas de espetáculo mais belas do Brasil. O Theatro São Pedro mostra um pouco o estilo barroco português, presente em alguns prédios antigos da cidade.

Theatro-São-Pedro

Para ver a programação, acesse o link oficial do Theatro.

A singularidade do Viaduto Otávio Rocha e da Avenida Borges de Medeiros

Não são todos os destinos que oferecem um viaduto como atrativo turístico e cultural. Único, o Viaduto Otávio Rocha é cartão-postal de Porto Alegre e chama a atenção pela sua arquitetura com uma mescla de balaústres e outros detalhes que datam do início dos anos 1900.

viaduto-e-avenida-borges-de-medeiros

Hoje, são os pequenos comércios que dão destaque e vida ao viaduto. Por ser um Patrimônio Histórico e Cultural da cidade, cada detalhe, de ponta a ponta do Otávio Rocha é preservado. A única mudança que aconteceu desde a sua inauguração foi em 2008, com a inauguração do Passeio das Quatro Estações, onde cada uma das escadarias do viaduto recebeu o nome de uma estação do ano. Vale parar aqui e registrar seu momento em cada uma delas.

O Viaduto Otávio Rocha fica na Avenida Borges de Medeiros, que faz uma viagem pela história e cultura de Porto Alegre. É onde fica o Cine Theatro, que hoje guarda todo o acervo audiovisual do Rio Grande do Sul.

Passeios imperdíveis

Sabe aqueles passeios tradicionais e imperdíveis? Aqueles que por mais que você volte em um destino, precisa ver? Aqui em Porto Alegre também tem alguns desses. Mesmo visitando muitas vezes, você sempre descobrirá nossas sensações e novidades. Veja alguns exemplos:

Orla do Guaíba: o pôr do sol mais belo que você verá em Porto Alegre

De todos os cantinhos que você pode observar o pôr do sol em Porto Alegre, a orla do Guaíba é mais que especial. O rio, que leva o mesmo nome da orla, banha praticamente toda a capital e tornou-se um dos cartões-postais do estado.

por-do-sol-guaiba-porto-alegre-rs

A paisagem daqui nos remete àquelas pinturas que só encontramos em galerias. A medida que o sol vai se pondo, o céu vai mudando de cor e as nuvens ganhando formas que é impossível não notar. É comum ver grupos reunindo-se no final da tarde por aqui para ver esse espetáculo.

Se você mora nas regiões mais ao norte do Brasil, precisa acostumar-se com uma particularidade do Rio Grande do Sul: a noite chega mais tarde por aqui na maior parte do ano. Então, enquanto na maioria dos estados o sol se põe às 17h30min, 18h, aqui ele vai se despedir do dia entre 19 e 20 horas.

Na Orla do Guaíba ainda há muitas barraquinhas para quem deseja fazer aquele lanche ou tomar uma cerveja gelada. Você encontra todo o suporte para passar algumas horas tranquilamente. Também, muitos vêm até aqui para dar aquele mergulho, já que em Porto Alegre não há praias.

Você está conferindo o Guia Completo de Porto Alegre! Se está gostando das dicas, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide os amigos!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

Parques Verdes por toda a cidade

Se tem algo que não falta em Porto Alegre são parques verdes. Cantinhos que preservam a ecologia local estão praticamente em todos os bairros. Alguns parques acabaram se destacando também como pontos de encontro e aquele passeio que você vai para relaxar e conhecer um pouco mais dos costumes da cidade. Claro, sempre rola aquela amizade espontânea com quem está passeando por aqui também.

O Parque Farroupilha é, talvez, o mais significante espaço verde que tem em Porto Alegre. Também conhecido como Parque da Redenção, ele guarda árvores centenárias e nativas do Rio Grande do Sul. Além disso, também há fontes, um pequeno zoológico e um orquidário.

parque-farroupilha-porto-alegre-rs

Aqui também acontece uma feira tradicional todos os domingos, chamada pelos gaúchos de “Brique da Redenção”. Moradores da cidade vêm para cá vender artefatos usados e novos para quem se interessar. Você encontra desde itens de colecionadores até roupas, sapatos e acessórios.

bric-da-redenção

Próximo do Farroupilhas há também o Parque Moinhos de Vento, que fica no bairro de mesmo nome. Chamado de ‘Parcão’, dá para praticar diversas atividades por aqui. Há no espaço uma biblioteca infantil, atração principal do espaço.

Seguindo um pouco mais, o Parque Marinha do Brasil, onde acontece algumas festas na cidade, como foi o caso do Réveillon de 2015/2016. O Parque Marinha fica bem próximo ao Rio Guaíba, o que permite um passeio rápido pelos dois destinos. Aqui tem o Jardim das Esculturas, espaço criativo e bem curioso que vale parar para observar.

Passear pela boemia do bairro Cidade Baixa

Cheio de contrastes, o bairro Cidade Baixa é o destino certo para quem deseja diversão em Porto Alegre. Localizado também no Centro Histórico de Porto Alegre, você encontra ainda muitas casinhas antigas que são preservadas com seus formatos e cores. Muitas, inclusive, tornaram-se restaurantes e bares incríveis, além de algumas boates.

Por outro lado, há aquelas construções mais modernas, com uma arquitetura mais cheia de detalhes e cores mais sóbrias. Se você gosta de curtir a noite sem ter hora de voltar para casa, esse é o lugar certo para ir.

O Mercado Público e toda a mistura gaúcha que você jamais imaginaria

O Mercado Público de Porto Alegre veio como uma melhoria para o comércio da cidade. Ele foi inaugurado em 1844, concentrando apenas o comércio de carnes da capital. Já foi no final dos anos 1800 que outros tipos de produtos passaram a fazer parte dos pequenos boxes do prédio.

Hoje são mais de 100 lojas, vendendo os mais variados produtos. Você encontrará desde comida até acessórios para a casa. Se você quer levar aquela lembrancinha da cidade e comprar seu chimarrão, vai encontrar opções maravilhosas aqui. Se não pretende comprar nada, ainda vale a pena conhecer o lugar, pois há cafés e restaurantes com ótimas opções para o almoço ou happy hour.

A Rua Mais Bonita do Mundo é gaúcha

A Rua Gonçalo de Carvalho seria mais um endereço comum de Porto Alegre se não fosse a sua paisagem particular e o título-presente dado por um professor inglês que passou por aqui e se apaixonou completamente.

Rua-Goncalo-de-Carvalho

Muito arborizada, a rua ganhou o título de Patrimônio Histórico, Cultural, Ecológico e Ambiental do município em 2006, sendo parada obrigatória para turistas que estão na cidade. A Rua Gonçalo de Carvalho fica entre os bairros Floresta e Independência.

Cruzando Porto Alegre em um ônibus mais que especial

Dois ônibus especiais levam você para conhecer os principais pontos de Porto Alegre. É um passeio muito gostoso de fazer e que você pode dedicar uma manhã e tarde para ele. A primeira linha sai do bairro Cidade Baixa, fazendo um roteiro pelo Centro Histórico. As saídas dos ônibus acontecem entre 9h e 16h, com intervalo de uma hora entre eles.

Nesse primeiro roteiro você verá pontos estratégicos e ainda pode fazer descidas ilimitadas com o mesmo bilhete. Não deu para ver tudo no mesmo dia? Não tem problema! O ticket pode ser utilizado em um período de 24 horas, quantas vezes você desejar.

A segunda linha levará você para conhecer a Zona Sul de Porto Alegre. Nesse caso, todo o trajeto é feito sem paradas, para que você possa conhecer um lado bem diferente da cidade. Aqui a capital muda de ares, ganhando mais espaços naturais, casas mais tradicionais e de luxo, além de outros pontos como a Praia de Ipanema e o Santuário Nossa Senhora Madre de Deus.

zona-sul-poa

Para saber valores, horários e os pontos de partidas das linhas de turismo, você pode acessar a página desse passeio no site oficial de Porto Alegre ou ligar no 0800  51 7686.

Santuário Nossa Senhora Madre de Deus e a sua vista privilegiada da cidade

O santuário fica no alto do Morro da Pedra Redonda, na Zona Sul de Porto Alegre. Esse é um passeio que vai exigir muita disposição se você quiser fazê-lo caminhando. O motivo é que a subida até aqui é bem íngreme e cansativa. Se você não tem um bom preparo físico, a dica é fazer paradas até chegar lá em cima e poder aproveitar a vista melhor.

Daqui é possível ver toda a cidade de Porto Alegre em uma vista de 360 graus. É um ótimo ponto para se tirar foto e registrar a paisagem. Se você quiser, pode também conhecer o santuário, mas somente nos dias em que ele estiver aberto para visitação e celebrações.

Uma boa opção para quem quiser conhecer esse ponto turístico é usar a linha de turismo, como indicamos no tópico acima. Por outro lado, não será possível parar e descer para conhecer o espaço.

Usina do Gasômetro e a visita ao maior cartão-postal de Porto Alegre

Visitar Porto Alegre e não conhecer a Usina do Gasômetro é como ir ao Rio de Janeiro e não ver de perto o Cristo Redentor, ou ir em Salvador e não circular pelas ladeiras do Pelourinho. Algo praticamente impossível de acontecer.

Esse é o cartão-postal mais famoso da capital gaúcha, localizado na orla do Rio Guaíba, o que permite também um único passeio quando você for admirar o pôr do sol da cidade. É aqui também que acontecem os réveillons e grandes eventos gratuitos da cidade.

Além de abrigar um pequeno museu que conta a história da antiga usina, o Gasômetro também conta com salas para exposições permanentes e temporárias. Periodicamente também acontecem cursos, palestras e workshops, em sua maioria gratuitos.

Gasômetro II

Em 2015, o prédio foi fechado para uma revitalização, com data prevista para reinauguração apenas no final de 2017. Ainda assim é possível ver de perto o espaço e registrar o seu passeio.

De frente ao Gasômetro saem os passeios de barco pelo Guaíba, que tem paradas e visitas a algumas ilhas da região, como a Ilha da Pintada. Passeio lindo e se for próximo ao pôr do sol, ganha um charme especial!

Vida Noturna

Porto Alegre, assim como outras grandes capitais, se destacam pela vida noturna, sempre eclética e movimentada. Os endereços mais famosos da cidade são a Rua Lima e Silva, no bairro Cidade Baixa; a Avenida Goethe e a Calçada da Fama, no bairro Moinhos de Vento. Os três locais são repletos de bares, pubs, cafés, restaurantes, casas de shows e danceterias. Entretanto, o público e os preços variam bastante. A Rua Lima e Silva é mais popular, com preços mais atrativos e sem muito requinte. Já a Avenida Goethe é uma área intermediária, com opções para todos os bolsos e um pouquinho mais de charme. E, por fim, se você é baladeiro e gosta de luxo e glamour, a Calçada da Fama é o seu lugar, com lojas de marca e estabelecimentos com fino trato!

Quando ir

Porto Alegre é um destino para o ano inteiro. De janeiro até final de março, o clima é mais quente e as chuvas são mais ausentes na cidade. Esse é um período muito bom para quem não está preparado para encarar o frio gaúcho, que já chegou a temperaturas negativas. Nesse período também o clima é mais seco. Venta pouco e o calor bem marcante, mesmo o sol não sendo tão forte. Sendo assim, aproveite para colocar mais shortinhos e roupas leves na bagagem porque você vai precisar.

De abril em diante o clima começa a esfriar um pouco mais. Durante o inverno, também pelo clima seco, a sensação de frio é bem intensa. Nesse caso vale investir mais em casados e roupas que aqueçam mais seu corpo. Até final de junho as chuvas são bem mais frequentes em Porto Alegre, o que pode ser um problema para seus passeios.

Onde ficar

Cada cantinho de Porto Alegre terá muito o que lhe oferecer. Ainda assim, indicamos que você busque opções de hospedagem pelo Centro Histórico da cidade ou bairros vizinhos como o Cidade Baixa e o Moinhos de Vento. Dá para encontrar facilmente opções de hotéis para todos os bolsos, inclusive os hostels, que são bem populares na cidade e uma ótima opção para quem viaja sozinho e não dispensa boas companhias para seus passeios.

***
Como você viu, a cidade de Porto Alegre é daquelas que oferece todo tipo de opção para as suas férias. Um destino bem especial para quem busca conhecer mais de nossas raízes e uma cultura bem diferenciada aqui mesmo no Brasil. Aproveite o destino e depois conta pra gente como foi suas férias!

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  16 de junho de 2016

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Deixe o seu comentário

DICAS RECENTES DO BLOG

GUIAS DE VIAGENS GRÁTIS - BAIXE AGORA O SEU!

Loja
Encontre os melhores ebooks de dicas de viagem pelo Brasil

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site