7 Motivos para conhecer Bonito – MS

Publicidade

Translator / Tradutor

Bonito é considerado um dos melhores destinos turísticos do país e referência mundial em ecoturismo, assim classificado pelo prêmio World Responsible Tourism Awards, (Melhor Destino de turismo responsável no Mundo), recebido em 2013.

Entre vales do Planalto de Bodoquena, no Mato Grosso do Sul, Bonito tem o privilégio de estar rodeado de belezas naturais incomparáveis, assim como o o próprio nome revela. Dizer que a natureza foi generosa com este lugar é pouco. É preciso falar da majestade dos rios de águas cristalinas e das cachoeiras, em meio a mata nativa – uma mistura de Cerrado e Mata Atlântica – que preserva a rica flora e fauna locais. Para fazer jus a notoriedade é preciso chamar a atenção também para as grutas e cavernas misteriosas e belas.

Bonito possui inúmeros motivos para qualquer pessoa querer vir correndo para cá. Entre estes, aqui estão os 7 mais citados e admirados.

1 – Conhecer a Gruta do Lago Azul

A Gruta do Lago Azul é chamada dessa forma devido a cor das águas que forma o lago em seu interior, resultado do processo de refração da luz do Sol em alguns horários do dia. A profundidade real do lago não se conhece, mas calcula-se ser maior que 87 metros, pois é o máximo que um mergulhador já conseguiu atingir.

Gruta do Lago Azul, em Bonito, MS. Foto de Thaisy Sluszz / www.guiaviagensbrasil.com

Gruta do Lago Azul, em Bonito, MS.
Foto de Thaisy Sluszz / www.guiaviagensbrasil.com

Cartão-postal da cidade, a Gruta do Lago Azul é um dos pontos mais visitado pelos turistas. Para chegar é necessário pegar uma estrada de chão, em boas condições, até sua entrada, que tem estacionamento e ponto de apoio. Depois, se percorre uma trilha de 300 metros até a entrada da gruta. Para chegar ao lago são 298 degraus, com direito a parada em um mirante que possibilita a melhor visualização do local. No decorrer do caminho são avistados muitos espeleotemas, mas o clímax do passeio é observar a beleza do lago e suas águas.

O passeio é organizado em grupos e só é permitida a presença de um número limitado de pessoas dentro da gruta diariamente. As visitas duram cerca de uma hora e meia e ocorrem entre 7 e 14 horas.

2 – Flutuação no Rio Sucuri

O Rio Sucuri, com suas águas cristalinas, nasce na Fazenda São Geraldo, local que oferece a flutuação. É preciso percorrer uma trilha leve de 400 metros até a nascente, em um caminho muito agradável. A luz solar incidindo sobre a água propicia a visualização de uma cor azulada encantadora.

Um ponto interessante deste passeio é se deparar com espécies da fauna próxima à mata ciliar. Pulando de galho em galho podem ser vistos macacos-prego; em meio à vegetação surgem bugios e lontras; e à margem do rio até pequeninos jacarés dão as caras. Não deixe também de apreciar a bela flora local espalhada por todos os lados.

Mas, o que todos esperam ansiosamente é a flutuação nas águas do rio. Deixar-se levar pela doce correnteza, boiar nas águas clarinhas com leves nuances de azul e observar todos os peixinhos coloridos é tudo de bom.

Cardume durante a Flutuação no Rio Sucuri, Bonito, MS. Foto de Thaisy Sluszz / www.guiaviagensbrasil.com

Cardume durante a Flutuação no Rio Sucuri, Bonito, MS.
Foto de Thaisy Sluszz / www.guiaviagensbrasil.com

A transparência do rio é tanta que pode ser visto o fundo branco calcário e a vegetação subaquática que cresce abundantemente. A impressão é de estar dentro de um imenso aquário.

Você não precisa se preocupar com equipamentos e guias para realização deste passeio, pois diversas empresas locais oferecem o serviço. O equipamento fornecido conta com roupas e botas de neoprene, coletes salva-vidas, máscaras de mergulho e snorkel. Os orientadores ensinam como proceder para “flutuar” nas águas do Sucuri em uma piscina, inicialmente, e após no rio, onde não é permitido pisar no fundo para proteção ambiental! Entretanto, flutuar é obrigatório e delicioso!

3 – Conhecer o Parque das Cachoeiras

O Parque das Cachoeiras fica a 17 quilômetros do centro de Bonito e possui boa infraestrutura para receber os turistas. O passeio é pela mata ciliar do Rio Mimoso, em um caminho de exuberante vegetação e com um objetivo: encontrar as sete cachoeiras e deliciar-se em um banho nas piscinas naturais.

O passeio é em grupo de tamanho limitado e que segue acompanhado por um guia especializado. As cachoeiras são formadas por tufas calcárias e pequenas cavernas e com águas cristalinas, típicas da região de solo calcário. Algumas são mais profundas e outras possuem pequenas piscinas às margens, onde os pequenos podem se divertir!

Depois de tanta diversão, nada melhor que retornar à sede do Parque para um almoço com pratos típicos e doces regionais, uma tentação. Se quiser passar o dia por lá, há ainda redário e opção de cavalgadas e trilhas pelos campos, matas e morros do local.

4 – Curtir Passeio no Rio Formoso

O Formoso é um dos belos rios de Bonito onde é possível curtir momentos emocionantes! O passeio de bote (um rafting mais tranquilo) é o mais procurado.

Em um percurso de 6 quilômetros, o bote passa por três cachoeiras e duas corredeiras, em meio a uma natureza belíssima de mata ciliar. A parada para banho é de aproximadamente 20 minutos e a diversão é total! Este passeio e indicado para toda família, pois as empresas oferecem toda segurança. Outra opção é o Boia Cross, onde o trajeto é menos íngreme e feito em boias individuais.

Ao final do trajeto está a Ilha do Padre, que possui ótima infraestrutura com decks e cachoeiras para banho, além de lanchonete e restaurante.

Os passeios pelo Rio Formoso são guiados por várias agências locais e têm duração de meio dia.

Você está conferindo os motivos para incluir Bonito na sua lista de viagens. Se está gostando das dicas, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide os amigos!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

5 – Conhecer a Boca da Onça

Boca da Onça – o nome assusta não é? Mas, não se preocupe pois ninguém vai te levar para brincar com os felinos.  Trata-se de um paraíso ecológico onde está a mais alta cachoeira do Estado do Mato Grosso do Sul: a Boca da Onça. Um lugar que vale a pena conhecer.

São quatro quilômetros de caminhada pela mata preservada que levam até dez cachoeiras, dentre elas a Cachoeira Boca da Onça. No percurso visualiza-se toda a beleza da região, com riachos e piscinas naturais onde pode-se parar para refrescar-se com um bom banho. Ao final avista-se a Cachoeira Boca da Onça, com 156 metros de altura.

Os que curtem nadar, podem se esbaldar nas piscinas naturais formadas pela cachoeira e os mais sossegados podem ficar curtindo o belo cenário.

E os mais aventureiros podem ir mais longe e se arriscar em um rapel de quase 90 metros de altura em negativo. Este é nada menos do que o maior rapel de plataforma do Brasil e o cânion do Rio Salobra com seus paredões servem muito bem a esta aventura. A descida do rapel é proporcionada por agências da região que fornecem equipamentos, orientação e treino. Para facilitar a prática, existe uma estrutura metálica construída sobre o cânion, que avança sobre o precipício por 15 metros.

6 – Abismo Anhumas

Fortes emoções aguardam os turistas no Abismo Anhumas. Uma imensa caverna submersa. Um abismo que parece sem fim. Mas, para curtir o passeio, é preciso ter coragem! A aventura começa com uma descida de rapel por uma fenda estreita por 72 metros até chegar a um lago de águas cristalinas.

Abismo Anhumas, Bonito, MS. Foto Banco de Imagens / www.guiaviagensbrasil.com

Abismo Anhumas, Bonito, MS.
Foto Banco de Imagens / www.guiaviagensbrasil.com

A descida já merece toda atenção pelos paredões repletos de estalactites incríveis, formados durante muitos anos. Ao chegar ao fundo é realizado um mergulho e flutuação nas águas cristalinas. Uma visão sensacional. Durante o mergulho observe a ilusão de ótica provocada pelos cones imensos formados por sedimentos calcários.

Para a descida é preciso contatar agência capacitada a prestar este serviço e passar por treinamento um dia antes. Por isto, é preciso planejar bem este passeio.

7 – Visitar o Parque Ecológico Baía Bonita

A nascente do Rio Baía Bonita fica protegido no parque ecológico de mesmo nome e que proporciona muita diversão e passeios sensacionais! A principal atração, é, sem dúvidas, a flutuação. O local é praticamente um aquário natural, com águas cristalinas e rica fauna e flora. Famílias inteiras se divertem flutuando junto a cardumes de peixes de várias espécies e plantinhas aquáticas que crescem no rio pela presença da luz solar até o fundo, de tão límpida é a água. Até os pequenos podem se aventurar com equipamentos corretos e atenção dos adultos!

Flutuação no Rio Baía Bonita, Bonito, MS. Foto de Thaisy Sluszz / www.guiaviagensbrasil.com

Flutuação no Rio Baía Bonita, Bonito, MS.
Foto de Thaisy Sluszz / www.guiaviagensbrasil.com

No Parque ainda há a trilha dos animais, onde podem ser observadas as espécies locais, algumas ameaçadas de extinção. Emas, jacarés, pacas, bugios e macaquinhos são presença garantida. No local ainda há restaurante, piscina e uma área de descanso deliciosa. Passeio para dia inteiro!

Convencido de colocar Bonito na sua lista de destinos? É um lugar que relaxa, descansa a mente e proporciona enorme contato com a natureza em todos os aspectos.

Por Guia Viagens Brasil Texto: Fotos:  07 de janeiro de 2016

Receba dicas de viagem


Insira seu email para receber artigos exclusivos e dicas de passeios imperdíveis!





Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Deixe o seu comentário

DICAS RECENTES DO BLOG

GUIAS DE VIAGENS GRÁTIS - BAIXE AGORA O SEU!

Loja
Encontre os melhores ebooks de dicas de viagem pelo Brasil

Procurando dicas de viagens pelo Brasil?
Cadastre seu email e receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site