Caravelas

Publicidade

Translator / Tradutor

Caravelas se tornou referência dentre as outras cidadelas e vilarejos rústicos do litoral sul baiano por ser a porta de entrada do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. De lá partem embarcações de lancha para os mais acomodados ou de catamarãs para os mais aventureiros. O parque é um arquipélago com várias ilhas que detêm a maior estrutura de corais do Atlântico Sul com paredões que chegam a 20 metros no fundo do mar (chamados de chapeirões) possíveis de observação através de mergulhos estratégicos. É também um dos melhores pontos para mergulho, por este motivo atraem mergulhadores profissionais e iniciantes o ano todo, principalmente, de dezembro a março quando se tem melhor visibilidade de cardumes e outros animais marinhos.

Logo de cara, ao chegar no Parque é impossível não se deparar com atobás-mascarados (aves marinhas) e tartarugas marinhas que mostram sua graça nas águas esverdeadas. As ilhas no entorno do parque são: Redonda, Guarita, Siriba, Recife dos Timbebas e Sueste. Porém, o desembarque apenas é permitido em Siriba. Os passeios podem ser realizados em um único dia ou com pernoite no barco para os fãs de mergulho e ansiosos por observar baleias e outras espécies que surgem no oceano.

Em Caravelas também se encontram praias cristalinas que se misturam entre agitadas e desertas, as mais visitadas são a Iemanjá e Grauçá que abrigam quiosques e animação. Porém praias como a Barra do Sul, Barra Nova, Pontal do Sul, Quitongo e Ponta da Baleita também reservam seus atrativos. Para recuperar as energias longe das águas visite o centro histórico da cidade com construções antigas que abrigam sobrados e casinhas coloridas.

Gostou? Divulgue este artigo para seus amigos!

Cadastre-se

Procurando dicas de viagens
pelo Brasil?
Cadastre seu email e
receba dicas exclusivas:

Editorial - Contato - Anuncie Grátis - Área de Anunciantes - Seja um colaborador

© Copyright 2013 - 2017 - Guia Viagens Brasil - Mapa do Site